Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemAC/DC: Angus Young conta como é para ele o antes, o durante e o depois de um show

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemBenny Anderson toca música do Foo Fighters por ter visto Dave Grohl homenageando Abba

imagemRush: Geddy Lee comenta as dificuldades da gravação de "Hemispheres"

imagemA categórica opinião de Dave Mustaine sobre religião "abusiva e falsa" de sua mãe


Airbourne 2022

The Agonist: "Alissa tenta matar a banda desde que foi demitida", diz Vicky Psarakis

Por Igor Miranda
Fonte: Rock Confidential
Em 03/09/19

A atual vocalista do The Agonist, Vicky Psarakis, fez críticas à antiga cantora da banda, Alissa White-Gluz, hoje no Arch Enemy, em entrevista ao Rock Confidential. Os comentários foram feitos após Vicky ter sido perguntada a respeito do atraso para lançar o álbum "Orphans" - o trabalho, que chega em 20 de setembro, será disponibilizado três anos após o antecessor "Five" (2016).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Inicialmente, Vicky Psarakis explicou que o álbum demorou para ser lançado porque o The Agonist estava sem gravadora. Ela também citou "razões que transcendem a música". "Algumas pessoas não queriam que lançássemos esse álbum e nós tentamos muito, chegamos a considerar o lançamento de forma independente, o que não seria uma boa decisão em termos de mercado. Após seis meses tentando, ficamos frustrados, mas a Napalm apareceu e nos fez uma proposta por meio de seu sub-selo, Rodeostar. Usaremos todos os recursos da Napalm, então, aceitamos", afirmou.

Em seguida, perguntaram a Vicky quem são as pessoas que não gostariam de ver o The Agonist lançar o novo álbum. Ela respondeu: "Para quem acompanha, é óbvio que a pessoa que tenta nos impedir é Alissa (White-Gluz). No começo, ela falava mal dos integrantes em entrevistas. Isso é estranho, porque nunca a conheci, então é estranho falar disso. Não há como saber até que ponto o alcance dela impediria a banda. Sei de algumas coisas que ela fez e outras que são especulações. Posso dizer que ela está tentando matar essa banda desde que foi demitida".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Alissa White-Gluz foi anunciada como nova vocalista do Arch Enemy, na vaga de Angela Gossow (que assumiu a parte empresarial), em 17 de março de 2014. No mesmo dia, o The Agonist anunciou Vicky Psarakis como substituta.

Embora o The Agonist tenha divulgado uma nota desejando "o melhor" em sua nova trajetória, Alissa White-Gluz disse, também via comunicado, que tinha todo o intuito de fazer um novo álbum com o The Agonist, mas que os demais integrantes haviam decidido por seguir um caminho diferente.

Em entrevistas, Alissa White-Gluz não tem comentado sobre a sua saída do The Agonist. Porém, em entrevista ao podcast de Jamey Jasta, "The Jasta Show", ela disse que nunca suspeitou que seria demitida da banda. "Não concordo com a forma que fizeram. Nunca mais vou falar com eles. Foi a pior traição que já sofri. Roubaram muito de mim e isso não é correto", afirmou, na ocasião.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

The Agonist lança playthrough de baixo de "Ressurection"




Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.