Black Sabbath: mulher da capa do primeiro álbum é descoberta 50 anos depois

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Rolling Stone
Enviar correções  |  Ver Acessos

Apesar do álbum de estreia do Black Sabbath ser um dos mais icônicos da história do rock e considerado por muitos o "marco zero" do heavy metal, praticamente ninguém sabia quem era a mulher que estampava a capa. A imagem assustadora foi feita em frente ao Mapledurham, situado no rio Tâmisa, em Oxfordshire, Inglaterra.

Paul Está Morto?: Um Beatle morreu em 1964? O maior boato da históriaBruce Dickinson: "Prefiro errar letras a usar monitores!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O segredo foi encerrado por uma reportagem da revista "Rolling Stone". Após irem atrás de Keith "Keef" Macmillan, artista responsável pela capa, eles descobriram que a modelo se chamava Louisa Livingstone - nem mesmo os integrantes do Black Sabbath sabiam quem ela era, embora achassem que o nome da mulher fosse Louise e citassem que, em determinada ocasião no passado, ela chegou a visitá-los no camarim de um show, se apresentando aos músicos.

Durante sua entrevista, Keith "Keef" Macmillan contou que nunca deu nenhuma entrevista por vontade própria sobre a capa do álbum. No passado, ele falou do assunto somente em outras duas ocasiões, sem dar muitas informações.

Keef disse que ficou impressionado com a sonoridade obscura do Black Sabbath e quis reproduzir isso na capa. Louisa Livingstone foi contratada para uma sessão de fotos e o artista visual disse que chegou a trabalhar em um set onde ela aparecia nua, mas abandonou a ideia.

"Ela não estava usando nenhuma outra peça de roupa embaixo daquela capa, pois estávamos fazendo algumas coisas um pouco mais arriscadas. Porém, decidimos que nenhuma opção havia funcionado.. Qualquer sensualidade tiraria aquele clima agourento", afirmou.

Também foi revelado por que Louisa Livingstone foi contratada e o motivo é curioso: ela mede cerca de 1,50m. Para a capa, Keef queria que tudo parecesse enorme em volta dela.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Louisa Livingstone, que disse que nunca havia concedido nenhuma entrevista sobre a capa do álbum de estreia do Black Sabbath, se lembra pouco daquela sessão fotográfica. Ela revelou que a recordação mais vívida é do frio que sentia na ocasião.

"Tive que acordar por volta das 4h da madrugada. Keith estava correndo com gelo seco, jogando na água. Não parecia estar funcionando, então, ele acabou usando uma máquina de fumaça. Foi apenas: 'fique parada aí e faça tal coisa'", disse.

A modelo fotográfica não tem qualquer relação com o heavy metal além da capa do álbum de estreia do Black Sabbath - e do encarte de "Jazz", disco do Queen, onde, de fato, aparece nua. Além de se definir como atriz e astróloga, ela tem um projeto de música eletrônica, chamado Indreba.

Na época, Louisa Livingstone tinha entre 18 e 19 anos de idade. Hoje, passadas cinco décadas, estima-se que ela esteja com quase 70 anos.


Black Sabbath: Quem é a mulher na capa do primeiro álbum?

Black Sabbath: artista visual do primeiro álbum queria que mulher da capa ficasse nuaBlack Sabbath
Artista visual do primeiro álbum queria que mulher da capa ficasse nua

Black Sabbath: bruxa da capa aparece nua em disco do QueenBlack Sabbath
Bruxa da capa aparece nua em disco do Queen

Todas as matérias sobre "Black Sabbath: Quem é a mulher na capa do primeiro álbum?"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Black Sabbath: Quem é a mulher na capa do primeiro álbum?"Todas as matérias sobre "Black Sabbath"


Paul Está Morto?: Um Beatle morreu em 1964? O maior boato da históriaPaul Está Morto?
Um Beatle morreu em 1964? O maior boato da história

Bruce Dickinson: Prefiro errar letras a usar monitores!Bruce Dickinson
"Prefiro errar letras a usar monitores!"


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280