Wendy O. Williams: "Opus In Cm7", a história de Karen Silkwood

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fabrício de Castilho, Fonte: Deja Vu Do Rock
Enviar correções  |  Ver Acessos

"Opus In dó menor com sétima" é a quinta faixa do primeiro disco solo de Wendy O. Williams ex vocalista do Plasmatics, e foi lançado em junho de 1984. A bela e forte canção é uma homenagem a Karen Silkwood.

Andre Matos declara: "O Angra tinha que acabar!"Alice In Chains: seria essa a última foto de Staley com vida?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nascida em 19 de fevereiro de 1946 em Longview, Texas, Karen Gay Silkwood começou a trabalhar no início dos anos 70 em uma fábrica de plutônio da Kerr-McGee perto de Crescent Oklahoma.

Karen, que também fazia parte do sindicato, descobriu várias violações no regulamento de segurança referente à saúde dos trabalhadores, como exposição a substâncias radioativas e armazenamento inadequado de resíduos.

Silkwood, que trabalhava na preparação de barras de combustível de plutônio para reatores nucleares, acabou sendo contaminada, e no verão de 1974, deu à Comissão de Energia Atômica dos Estados Unidos uma lista detalhada das violações da empresa. A Kerr-McGee foi processada por poluição ambiental e falta de segurança para seus funcionários.

Em 13 de novembro de 1974, Karen munida de documentos que comprovava as acusações de falsificação de controles de qualidade de barras de combustível nuclear, marca um encontro com um jornalista do New York Times para dividir publicamente esses documentos, porém, antes do encontro, acaba morrendo num acidente de carro.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A versão oficial do acidente diz que Karen dormiu no volante, no entanto, para muitas pessoas, Karen foi morta para silenciar suas acusações contra a empresa. Investigadores independentes afirmam que o carro foi atingido por trás, fazendo com que Karen perdesse o controle.

O caso impactou a opinião pública americana e serviu para alertar sobre os perigos da energia nuclear. Em 1982 um filme chamado "Silkwood (O Retrato de Uma Coragem)" foi lançado contando com bastante fidelidade essa história.

A música "Opus in Cm7" é uma canção pouco lembrada e até mesmo desconhecida pelo público Rock da atualidade. Aliás o álbum num todo é uma obra de arte e foi produzido por Gene Simmons. Aliás o disco tem participação de Paul Stanley, Ace Frehley e Eric Carr. Sem contar que foi a primeira vez que Gene Simmons tocou fora do Kiss, usando o pseudônimo de "Reginald Van Helsing".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Wendy O Williams"Todas as matérias sobre "Plasmatics"


Hard Rock: As bandas do gênero que ficaram para trásHard Rock
As bandas do gênero que ficaram para trás


Andre Matos declara: O Angra tinha que acabar!Andre Matos declara
"O Angra tinha que acabar!"

Alice In Chains: seria essa a última foto de Staley com vida?Alice In Chains
Seria essa a última foto de Staley com vida?


Sobre Fabrício de Castilho

Nascido em 29 de novembro de 1980 na cidade de Pindamonhangaba, estudou musica durante 2 anos na FASC. Durante a juventude esteve de forma ativa no cenário metálico do vale, fazendo parte do projeto MAD METAL, que dispunha de um programa de radio que também era exibido online, além de um programa de TV chamado VALE METAL exibido pela TV Vivax de Taubaté. Como músico Fabrício tocou no Brasil todo com a banda STEELGODS e gravou a demo "The First Demo Album". Fabrício também participou durante três anos como vocalista das bandas EXCALIBUR e SPACECRAFT. Atualmente Fabrício leciona aulas Particulares de Baixo, violão e canto.

Mais matérias de Fabrício de Castilho no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline