Almah: por que a banda parou, segundo o baixista Raphael Dafras

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: YouTube
Enviar Correções  

O baixista Raphael Dafras falou, em vídeo publicado em seu canal no YouTube, sobre o motivo pelo qual o Almah interrompeu suas atividades. Embora não tenha sido anunciado um fim definitivo, a banda deixou de fazer shows e lançar discos desde seu último trabalho, "E.V.O" (2016).

Metal: as oito maiores tretas entre músicos do gênero

Top 10: dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idade

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um ano antes, em 2015, Marcelo Barbosa se juntou ao Angra na vaga deixada por Kiko Loureiro, que passou a integrar o Megadeth. O baterista original Marcelo Moreira também saiu nesse mesmo ano. A última formação contou com Edu Falaschi no vocal, Barbosa e Diogo Mafra nas guitarras, Raphael Dafras no baixo e Perdo Tinello na bateria.

No vídeo em que responde perguntas de fãs, por volta do 15° minuto, Raphael Dafras selecionou o questionamento: "Te incomoda perguntarem muito sobre o Almah sendo que, fora da banda, vocês têm outros trabalhos?". O baixista disse que não há incômodo, mas que alguns fãs têm uma visão fechada sobre esses outros projetos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Não me incomoda, mas a galera parece que tem uma venda nos olhos, pois sabem que estamos trabalhando atualmente com o Edu, que está em carreira solo desde 2017 e todos estão empenhados. É natural, não dá para fazer duas coisas ao mesmo tempo. Alguns entendem, mas tem gente que fecha os olhos para isso", afirmou.

Em seguida, Dafras revelou por que o Almah interrompeu suas atividades. "O cenário da época não era muito favorável para o Almah fazer turnês. O Brasil teve uma crise ferrada e demos uma pausa. O Edu decidiu fazer esse esquema solo e estamos trabalhando nesse projeto agora. Não tem previsão de retorno para o Almah. Pelo menos para esse ano, não há projeto de retorno. Infelizmente, não dá para fazer tudo ao mesmo tempo", disse.

Assista:

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O projeto solo de Edu Falaschi conta com outros dois integrantes do Almah: Dafras e Mafra. Roberto Barros (guitarra), Fabio Laguna (teclados) e Aquiles Priester (bateria) completam a formação.

Em 2018, durante entrevista concedida ao Whiplash.Net, Edu Falaschi deu a entender que o Almah não está encerrado em definitivo. "Espero que em breve", respondeu, na ocasião, sobre um eventual retorno aos palcos. "Nós amamos o Almah! Mas eu e o Marcelo Barbosa estamos em um momento especial com outros trabalhos, aí fica mais difícil, mas eu tenho certeza que em algum momento estaremos juntos de novo", completou.

Edu Falaschi: os planos de agora em diante, Rebirth of Shadows, Almah e até ShamanEdu Falaschi
Os planos de agora em diante, Rebirth of Shadows, Almah e até Shaman




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Capas: confira 10 das mais belas do Rock/Metal NacionalCapas
Confira 10 das mais belas do Rock/Metal Nacional

Edu Falaschi: 10 discos que marcaram a vida do vocalistaEdu Falaschi
10 discos que marcaram a vida do vocalista


Metal: as oito maiores tretas entre músicos do gêneroMetal
As oito maiores tretas entre músicos do gênero

Top 10: dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idadeTop 10
Dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idade


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280