Arquivo do Rock: Homenagem às Mães do Rock and Roll

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Ferrara, Fonte: Radio Catedral do Rock
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em mais uma edição temática para o mês de maio, o Arquivo do Rock desta vez resolve homenagear às mães do rock and roll. Só que esse título é tão amplo e subjetivo que tentar focar em um deles seria falhar na tentativa de se fazer uma homenagem. Portanto, com o intuito de homenagear de fato quem é mãe do rock and roll, seja em qual definição for, o Arquivo do Rock vai se dividir em três tipos de mães do rock and roll.

Van Halen: reunião com David Lee Roth teve início graças a Wolfgang, diz fotógrafoFotos de Infância: Anselmo, Dimebag, Rex Brow e Vinnie Paul

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O primeiro tipo de mãe do rock and roll é o da interpretação mais óbvia de todas, a verdadeira mãe do estilo que chamamos de rock and roll. É difícil definir com precisão quem foi a mulher que possa ser intitulada mãe do estilo que tanto amamos. Talvez por falta de registros históricos, talvez por opções pessoais para não ser associada ao controverso estilo musical aos olhos de quem é de fora. Todavia, ouso afirmar que a mãe do rock and roll nasceu no Arkansas no dia 20 de março de 1915. Batizada como Rosetta Nubin, foi sob o nome artístico de Sister Rosetta que ela ficou famosa.

Filha de um casal de cantores de música gospel da igreja God in Christ, Rosetta começou a cantar e arranhar na guitarra aos quatro anos, sendo então considerada uma criança prodígio. Ao seis, começou a acompanhar a trupe evangélica da mãe, onde tocava e cantava entre os sermões. Seguindo sempre o cenário musical gospel com a mãe, aos 23 anos, Rosetta gravou pela primeira vez acompanhada pela orquestra de jazz de Lucky Millinder. Foram apenas quatro faixas, mas uma delas fez toda a diferença no mundo da música. A canção Rock Me é citada como inspiração por Elvis, Little Richards, Chuck Berry e Jerry Lee Lewis. Aliás, foi em 1945 que Rosetta viu um rapaz então desconhecido chamado Little Richards participar de um show de talentos. Ela gostou do que viu e o convidou para tocar em uma apresentação com ela.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Faixas como Rock Me e This Train, as quais misturam música gospel com arranjos velozes, começaram a se popularizar. Nomes de outros estilos musicais, como Aretha Franklin, passaram a reconhecer o valor de Rosetta para a música de uma forma geral. Uma música em homenagem a ele foi gravada no álbum de parceria entre Robert Plant e Alisson Krauss com o nome de Sister Rosetta Goes Before Us.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em vida, Rosetta gravou 9 álbuns de estúdio com o nome de Sister Rosetta Tharpe. O sobrenome veio de um erro de digitação no registro após se casar com Thomas Thorpe. Sua influência nas fundações do rock and roll é tão grade que até hoje é citada por lendas do rock como Jeff Beck, Eric Clapton, Keith Richards e Johnny Cash que a listou como cantora favorita da sua infância em seu discurso quando foi nomeado para o Rock and Roll Hall of Fame em 1992. Aliás, Sister Rosetta foi nomeada como membro do Rock and Roll Hall of Fame em 2017. Ela faleceu em 9 de outubro de 1973, aos 58 anos, por decorrência de diabetes e um derrame.

O segundo tipo de mãe do rock and roll é aquela mãe de músico de rock. E, se ser mãe de um rockstar já é motivo de orgulho, imagine ser mãe logo de dois. Ou melhor, mãe de duas lendas do rock and roll mundial. Esse é o caso de uma mulher chamada Eugene nascida na Ilha de Java, Indonésia. Eugene foi morar na Holanda ainda nova e por lá conheceu um holandês chamado Jan, com quem se casou e teve dois filhos. Estava formada a família Van Halen.

Jan Van Halen, o patriarca da família, era um músico multi-instrumentista que tocava clarinete, saxofone e piano. Desde cedo, Jan estimulava os seus filhos a estudarem música. Alex, o mais velho, tocava violão. Eddie tocava piano clássico e bateria. E foi por conta de implicância de irmãos que as coisas mudaram e a história começou a ser feita. Alex tocava a bateria do irmão escondido. Ao descobrir, Eddie disse que passaria então a tocar o violão do irmão. Pronto, os irmãos Van Halen estavam na forma como sempre os conhecemos.

Apesar de nascidos na Holanda, os irmãos, junto de seus pais, se mudaram novos para a Califórnia. A primeira banda surgiu em 1964, quando tinham 11 e 9 anos respectivamente, com o nome de The Broken Combs, mas mudou logo depois para The Trojan Rubber. Em 1972, com 19 e 17 anos, os irmãos Van Halen convocam o baixista Mark Stone para sua nova banda, Genesis. A banda começou a precisar de mais equipamentos e um colega deles, chamado David Lee Roth, tinha o necessário para alugar. Como Eddie já estava desconfortável com a posição de vocalista, chamar David para a banda juntaria a fome com a vontade de comer. Ao descobrir que o nome Genesis já era usado, a banda mudou o nome para Mammoth. Mas foi em 1974 que tudo mudou em definitivo. Os irmãos Van Halen chamaram um tal Michael Anthony, integrante da banda Snake, para assumir o posto de baixista e backing vocal e, também, mudaram o nome da banda para apenas Van Halen.

A banda passou a tocar em diversos locais da costa oeste. Em alguns, por muitas noites. Em outros, nem tanto, pois os gerentes achavam o som alto demais. O fato é que a banda estava chamando a atenção, inclusive de Gene Simmons que tentou emplacar uma fita demo, mas sem sucesso. Foi em 1977 que o produtor Ted Templeman, da Warner Bros, decidiu dar uma chance à banda e, finalmente, saiu o primeiro álbum. Com nome de Van Halen, o álbum fez o barulho que a banda queria, principalmente por conta do solo da faixa Eruption.

Com um histórico polêmico de troca de vocalistas e baixistas, a banda é indiscutivelmente um dos maiores nomes do rock, principalmente pela contribuição de Eddie Van Halen em sua técnica de solos. Ao longo da carreira, a banda já lançou 12 álbuns, dentre trabalhos de estúdio e registros ao vivo. A banda já ganhou um American Music Awards, um Grammy Awards e quatro MTV Music Awards. Com mais de 80 milhões de discos vendidos no mundo, a banda é a que mais colocou hits na lista Billboard Hot 100 na década de 80. Não bastante, é a 19ª banda em vendagem nos EUA com mais de 56 milhões de álbuns, além de estar na seleta lista das cinco bandas que possui dois álbuns que venderam mais de 10 milhões de cópias por lá.

Ainda dentro do grupo de mãe de rockstar, temos uma mãe de três que estão dividindo opiniões de maneira bem antagônicas, mas fazendo um sucesso incontestável. Karen Kiszka, casada com Kelly Kiszka, é mãe de quatro jovens, sendo três rapazes e uma menina. Os meninos, sob influência do pai, músico de jazz e blues, e da mãe, se iniciaram no mundo da música. Segundo a própria Karen, as crianças cresceram sob uma forte dieta à base de Eric Clapton, Led Zeppelin, Howlin’ Wolf e The Who. Daí, com o amigo Kyle Hauck, os garotos montaram uma banda chamada Greta Van Fleet em 2012.

A formação conta com Sam Kiszka, o mais novo, no baixo, os gêmeos Josh e Jake, respectivamente no vocal e guitarra, além de Kyle na bateria. Apesar de uma breve passagem pela banda, Kyle foi o responsável pelo nome da banda ao ver no noticiário uma senhora chamada Gretna Van Fleet. Eles gostaram da sonoridade do nome e apenas mudaram a primeira parte dele. A própria Gretna, uma senhorinha simpática de mais de 80 anos, gostou da ideia apesar de reconhecer publicamente que o som não é o favorito dela. Além de colaborar com a criação do nome, Kyle gravou duas canções, Cloud Train e Standing On. Ele saiu em outubro de 2013 para ser substituído por Danny Wagner, um grande amigo dos irmãos.

A banda conseguiu a atenção do público lançando gravações isoladas de algumas faixas, além de um pequeno registro ao vivo em 2014. Conforme ia ganhando a atenção, a banda ia ampliando seus horizontes, como em 2017 quando lançou seu primeiro single na Highway Tunes nas plataformas de streaming. Clipes também começaram a ser feitos para aumentar a divulgação. Durante o ano de 2017, a banda lançou alguns EPs e começou a subir na carreira com vendagem, entrada em paradas e prêmios. Até que, no final daquele, anunciou que iria gravar seu primeiro álbum.

Em 2018 foi lançado Anthem of the Peaceful Army. O álbum que contém 10 faixas inéditas, inclui o hit When the Curtain Falls que catapultou o quarteto ao estrelato. O álbum rendeu quatro indicações ao Grammy, sendo ganhador na categoria Álbum de Rock do Ano e chegou ao 3º da parada Billboard Hot 100.

Hoje a banda, que faz muito sucesso, sofre discriminação por ser considerada uma cópia do Led Zeppelin. Semelhanças à parte, é preciso reconhecer que tem anos que não surge uma banda com uma sonoridade setentista igual ao Greta Van Fleet. Num mundo em que as bandas surgem apenas dentro de um modelo que está tocando nas rádios, ter uma opção diferente, que ao mesmo tempo celebre outros estilos, é um sopro de variedade no cenário musical.

O terceiro tipo de mãe do rock and roll engloba as mães que fazem de fato rock em roll. Isto é, as mães que dividem a maternidade com gravações, turnês e carreira. E um bom nome é o de Christine Ellen Hyde. Nascida em 7 de setembro de 1951, no Ohio, foi sob o nome de Chrissie Hynde que ela alcançou fama como líder da banda The Pretenders. Contudo, sua lembrança se faz por ser mãe de duas mulheres, Yasmin Kerr e Natalie Ray Hynde.

A história de Chrissie com sua filha Yasmin reforça a necessidade de se homenagear as mães do rock and roll. Yasmin, filha de Chrissie com Jim Kerr, vocalista da banda Simples Minds, já falou publicamente que ser pai não é um talento de Jim. Abandonada por ele, hoje, Yasmin diz que o perdoa. De qualquer maneira, Chrissie merece o nosso reconhecimento por sozinha ter de criar uma filha em paralelo com carreira profissional, situação bastante corriqueira até hoje.

A carreira profissional de Chrissie se iniciou quando aluna da Firestone High School, local em que se graduou sem ter se dedicado como ela mesmo assume: "Nunca fui às festas, não tive encontros e tão pouco estudei. Seguia frequentando aquele local por conta das bandas, principalmente quando tinha apresentações como a de Brian Jones e Iggy Pop". Foi aí que ela entendeu que queria trabalhar com música.

Sua primeira banda foi no início de 1970. Chamada de Sat. Sun. Mat., a banda não durou muito. Tanto que em 1973, Chrissie se mudou para Londres onde fez amizades e estabeleceu conexões. Ela quase se casou com Sid Vicious para conseguir o visto permanente. Tentou a sorte pela França, mas acabou voltando para Cleveland, onde fez uma fita demo que chamou a atenção da Real Records. Em 1978, Chrissie montava a banda The Pretenders com Martin Chambers na bateria, James Honeyman-Scott na guitarra e teclado, além de Pete Farndom no baixo. O nome da banda foi inspirado na música The Great Pretender de Sam Cooke.

A banda possui na sua discografia 11 álbuns, mas apenas dois foram com a formação inicial, pois Farndon e Honeyman-Scott faleceram precocemente por uso abusivo de drogas. Muitos desses álbuns podem ser considerados trabalhos apenas de Chrissie com uma banda de apoio para manter o nome The Pretenders. Não que precisasse, pois, fora da banda, ela possui uma carreira consistente com parcerias com INXS, UB40, além do álbum Valve Bone Woe de 2019 que alcançou o topo das paradas britânicas na categoria jazz/blues.

Chrissie, como membro do The Pretenders, entrou para o Rock and Roll Hall of Fame em 2005. Juntando seu trabalho solo com a carreira pelo The Pretenders, Chrissie tem uma quantidade significativa de discos de platina pelo mundo por ter vendido mais de 20 milhões de discos.

Se o fato de ser mãe enquanto líder de banda rendeu uma citação, imagine então uma banda com duas mães? Esse é o caso da banda Heart liderada pelas irmãs Ann e Nancy Wilson. Ambas com dois filhos cada. Ann é mãe de John e Dustin. Nancy é mãe dos gêmeos Curtis e Willian com o diretor de cinema Cameron Crowe.

A carreira das irmãs Wilson começou quando seu pai, um fuzileiro naval, se aposentou e pode finalmente estabelecer moradia definitiva em Seatle. Em 1971, elas conheceram Roger Fisher, músico famoso nos bares da região, e iniciaram uma banda chamada Hocus Pocus. Nesse tempo, Ann se apaixonou por Mike, irmão de Roger, que morava no Canadá e resolveu passar um tempo por lá com ele. Nancy e Roger que já estavam envolvidos toparam a ideia e foram juntos. Por lá, com outros músicos, fundaram uma nova banda, White Heart.

Em 1976, com o nome da banda reduzido para apenas Heart, eles assinam com a Mushroom Records e lançam seu primeiro álbum, Dreamboat Annie. O trabalho conta com Crazy on You e Magic Man, singles que entraram para a parada Billboard Top 40. No ano seguinte, após briga com a antiga gravadora, a banda consegue assinar com a Portrait e lançar seu segundo álbum, Little Queen. Com o single Barracuda que chegou a 11ª posição nos EUA, a banda alcançou notoriedade definitiva, com direito às irmãs Wilson na capa da Revista Rolling Stone daquele ano.

A banda Heart, que na essência possui como membros fixos apenas as irmãs Wilson, é um dos maiores nomes das bandas que surgiram e sobreviveram aos anos 70. Citada na lista das 100 maiores bandas de todos os tempos do canal VH1, Heart entrou para o Rock and Roll Hall of Fame em 2013. A banda, que possui ainda na sua discografia sucessos como Alone, Theses Dreams e If Looks Could Kill dentre uma vasta lista em que 9 deles chegaram ao Top 10 dos EUA, vendeu mais de 35 milhões de cópias pelo mundo.

A proposta deste Arquivo do Rock foi apenas homenagear os três tipos de mães do rock and roll que o termo implica. Por ser impossível listar todas, artistas pontuais foram escolhidos para homenagear todas. Obviamente que um tipo de mãe do rock and roll ficou de fora até então. Falo das nossas mães. As mães dos fãs do rock and roll que ficam aflitas quando saímos para as festas e shows e voltamos tarde. Essas também merecem nosso reconhecimento neste singelo artigo temático.


O Arquivo do Rock é um programa de 1 hora de duração que vai ao ar na Rádio Catedral do Rock todo sábado às 14 horas. O Episódio 14: Homenagem às Mães do Rock and Roll foi ao ar no dia 9 de Maio de 2020 e está disponível no formato de Podcast no Spotify e Deezer.

Rafael Ferrara é locutor da Rádio Catedral do Rock (90,1 FM – Petrópolis) onde apresenta o programa Arquivo do Rock.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Sister Rosetta Tharpe"


Van Halen: reunião com David Lee Roth teve início graças a Wolfgang, diz fotógrafoVan Halen
Reunião com David Lee Roth teve início graças a Wolfgang, diz fotógrafo

Van Halen: Panama em episódio de Family Guy que tem Peter vestido como David Lee RothVan Halen
"Panama" em episódio de Family Guy que tem Peter vestido como David Lee Roth

The Circle: banda de Sammy Hagar e Jason Bonham toca Whole Lotta Rosie, do AC/DCThe Circle
Banda de Sammy Hagar e Jason Bonham toca "Whole Lotta Rosie", do AC/DC

Eddie Van Halen: Quando o músico colocou uma arma na cabeça do vocalista do Limp BizkitEddie Van Halen
Quando o músico colocou uma arma na cabeça do vocalista do Limp Bizkit

Passion: banda britânica lança EP com covers de Van Halen, Ratt e mais

Fred Durst: Eddie Van Halen meteu arma na cara do vocalista vestido de RamboFred Durst
Eddie Van Halen meteu arma na cara do vocalista vestido de Rambo

Reggae e rock: banda de Sammy Hagar grava versão para clássico de Bob Marley; assistaReggae e rock
Banda de Sammy Hagar grava versão para clássico de Bob Marley; assista

Van Halen: Sammy Hagar diz que teclados na fase Van Hagar não são culpa deleVan Halen
Sammy Hagar diz que teclados na fase Van Hagar não são culpa dele

Sammy Hagar: vocalista homenageia Bill Withers

Anthrax: Charlie Benante homenageia Alex Van Halen tocando Hot For TeacherAnthrax
Charlie Benante homenageia Alex Van Halen tocando "Hot For Teacher"

Seguro Desemprego: 15 músicos que foram demitidos de bandas famosasSeguro Desemprego
15 músicos que foram demitidos de bandas famosas

Sammy Hagar: sobrando após mensagem de aniversário para Alex Van HalenSammy Hagar
"sobrando" após mensagem de aniversário para Alex Van Halen


Fotos de Infância: Anselmo, Dimebag, Rex Brow e Vinnie PaulFotos de Infância
Anselmo, Dimebag, Rex Brow e Vinnie Paul

Iron Maiden: Nicko McBrain conta sobre sua conversão ao cristianismoIron Maiden
Nicko McBrain conta sobre sua conversão ao cristianismo


Sobre Rafael Ferrara

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280