Destruction: o Metal deve permanecer no underground

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William
Enviar Correções  

Schmier, vocalista do Destruction, falou sobre o Heavy Metal em conversa com a Audio Ink Radio: "Ouço todas essas entrevistas com pessoas dizendo que o heavy metal está morto e o rock está morto. Estou na estrada há quase 40 anos, e sempre dizem isto. Quando começamos não havia uma cena, éramos poucos. Claro, houve alguns momentos nos anos 80 onde o Metal foi popular, mas eu não gostei muito pois trouxe muitas pessoas que não pertencem à cena. Então nos anos 90 tudo morreu de novo com os 'descolados' passando a ouvir grunge e techno. Acho que toda essa discussão que o Metal e o Rock estão morrendo não é verdade. Eu vejo muitos fãs de Metal onde tocamos em todo o mundo e hoje em dia é possível ir para muitos países loucos que você não conseguia naqueles tempos. Eu acho que o Metal não precisa ser uma coisa super moderna, e eu não quero que isso aconteça também. Eu acho que o Metal deve ficar no underground, e a cena está boa... acho que estamos em uma posição muito boa, na verdade. Há 20 anos tudo parecia muito pior do que está agora".

Góticas: 10 grandes bandas do gênero na Inglaterra dos anos 80

Metallica: NME elege as 10 melhores músicas do grupo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Schmier também opinou sobre as bandas de heavy metal que se tornam muito bem-sucedidas comercialmente e atraem um público totalmente novo neste processo. "Sim, mas não sei se realmente quero que isso aconteça, que as massas estejam ouvindo minha banda favorita. Porque o que geralmente acontece é que a banda fica mais comercial e perde o ponto, daí deixa de ser a minha banda favorita. Eu era um grande fã do Metallica mas com o 'Black Album' ele se tornaram uma outra banda, basicamente. Eles se tornaram muito mais bem-sucedidos. As pessoas sempre pensam que o sucesso significa melhor, mas para mim, não é tudo sobre dinheiro. Às vezes trata-se também de integridade e honestidade e não de vender apenas pelo dinheiro. É por isso que eu realmente não quero que o metal se torne a nova coisa hipster, porque senão ele entraria em decadência novamente, já que as tendências vêm e vão. Lá nos 80s, quando o Metal estava na moda, meus amigos começaram a ouvir o gênero, todos se tornaram metalheads. Alguns anos mais tarde eles deixaram de ouvir Metal, cortaram o cabelo e embarcaram na nova tendência do momento. Não acho que o Metal precise disto, ele é bom do jeito que é. Tudo bem pros caras do Metallica que a banda tenha se transformado em algo mais comercial, é o jeito deles fazerem as coisas. Mas eu penso de modo diferente".

Fonte: Blabbermouth
https://www.blabbermouth.net/news/destructions-schmier-heavy...




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Góticas: 10 grandes bandas do gênero na Inglaterra dos anos 80Góticas
10 grandes bandas do gênero na Inglaterra dos anos 80

Metallica: NME elege as 10 melhores músicas do grupoMetallica
NME elege as 10 melhores músicas do grupo


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Goo336x280