Matérias Mais Lidas

imagemAs faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

imagemAs seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemJanis Joplin: última gravação dela em vida foi feita para um Beatle

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemAs 10 melhores versões metal de músicas pop dos anos 1980, em lista da Metal Hammer

imagemMax e Iggor Cavalera: setlists, fotos e vídeos de shows na Audio, em São Paulo

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemJoão Gordo relembra proposta de fazer propaganda de calmante com Dado Dolabella

imagemAmy Lee escolhe a melhor música do Evanescence para apresentar a banda

imagemEdu Falaschi comenta produção "nível banda europeia" da nova turnê e agradece fãs

imagemSincero, vocalista do Anvil diz que é feliz com o tamanho da banda

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemNando Reis e a linda música que Samuel Rosa dispensou por ter recebido na hora errada


Stamp

David Ellefson: a diferença de trabalhar com Max Cavalera e Dave Mustaine, segundo ele

Por Igor Miranda
Em 22/02/21

Enquanto esteve fora do Megadeth, entre 2002 e 2010, o baixista David Ellefson se envolveu em uma série de trabalhos diferentes. Um deles foi o Soulfly, banda liderada pelo brasileiro Max Cavalera (ex-Sepultura), até mesmo tocando em algumas músicas do álbum "Prophecy", lançado em 2004.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista à Guitar World, Ellefson se recordou do envolvimento com o Soulfly. O músico também fez uma comparação entre os métodos de trabalho de Max Cavalera e de Dave Mustaine, o líder do Megadeth.

Inicialmente, o baixista comentou que estava gravando com um projeto chamado F5 e atuando com a empresa de amplificadores Peavey quando recebeu um convite de Gloria Cavalera, esposa e empresária de Max. "Recebi uma ligação de Gloria Cavalera dizendo que o Soulfly queria que eu tocasse baixo em metade das músicas de seu novo álbum, 'Prophecy'. A outra metade seria tocada pelo baixista deles, Bobby Burns", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em seguida, David Ellefson destacou que "conhecia Gloria e Max um pouco" e que já havia escutado algumas músicas do Soulfly. "Fui ao estúdio de ensaio deles e fizemos uma jam", afirmou.

O baixista, então, sentiu a diferença entre trabalhar com Max Cavalera e Dave Mustaine. "Foi ótimo que Max estava tão tranquilo com relação às minhas partes de baixo. Eu perguntei o que ele queria que eu tocasse e ele respondeu: 'ei, você é David Ellefson, faça o que achar que é certo'", pontuou.

Para ele, o processo foi "muito casual". "Na verdade, foi o oposto do que eu estava acostumado com o Megadeth, onde todas as notas que eu tocava eram repletas de nuances e alinhadas umas com as outras", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Além das gravações de "Prophecy", David Ellefson trabalhou com o Soulfly em algumas semanas de turnê e nas gravações de um videoclipe, para a faixa-título do álbum. "Gravamos o clipe no deserto de Utah. Foi um grande prazer trabalhar com eles naquele álbum", declarou.

Por fim, Ellefson refletiu: "Em toda aquela década, trabalhei com músicos jovens que usavam essas afinações malucas, que eram completamente diferentes da afinação tradicional em Mi (E) que usávamos no Megadeth. Todas essas experiências abriram meus olhos para formas diferentes de se fazer música".

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

As seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

Megadeth divulga "Soldier On!", mais uma faixa do próximo disco; ouça aqui

Megadeth: 15 músicas que a banda de Dave Mustaine nunca tocou ao vivo - Parte III

Megadeth lançará mais uma música nova nesta sexta-feira; ouça prévia

Kiko Loureiro exalta determinação de Mustaine; "Nada pode destruir esse cara"

David Ellefson diz que baterista do Exodus fez Slayer tocar mais rápido

David Ellefson diz que você conhece seus amigos quando a m*rda bate no ventilador

Ingressos para o Wacken 2023 se esgotam em tempo recorde

Iron Maiden, Nervosa e Megadeth estarão na edição de 2023 do Wacken Open Air

O álbum do Megadeth que parecia ser do Metallica, até que um fã enquadrou Mustaine

Demissão de Ellefson foi um período delicado para integrantes do Megadeth, diz Mustaine

Cinco álbuns de heavy metal que serão lançados em setembro e merecem sua atenção

Dave Mustaine diz o que pensa sobre a própria voz e como se vê em vídeos

Megadeth: 15 músicas que a banda de Dave Mustaine nunca tocou ao vivo - Parte II

As 10 melhores baladas do thrash metal, em lista da Metal Hammer

Túnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que os headbangers idolatram 1986

Humor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileiros

Lista: os 100 melhores álbuns de metal dos anos 1990, segundo a Metal Hammer

Power Metal: os dez álbuns essenciais do gênero

Andreas Kisser: "Eloy Casagrande talvez não seja humano"


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.