RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemA atitude punk da Legião Urbana que causou irritação e deu trabalho na gravação

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemO conselho realista de John Petrucci para bandas que estão começando agora

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagem"Quem não gosta de Beatles bom sujeito não é", diz João Gordo

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemDeep Purple: David Coverdale revela quem quis como substituto de Ritchie Blackmore

imagem5 motivos para assistir ao novo RockGol 2023 que estreia em fevereiro

imagemProdutor da turnê de Paul Di'Anno explica problemas no primeiro show

imagemAndi Deris tem problemas de saúde e shows do Helloween são adiados

imagemClipe de "From The Ashes" ultrapassa 1 milhão de views e Fernanda Lira celebra

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical


Stamp

Lars Ulrich: O motivo pelo qual o Big Four tocou "Am I Evil"

Por Sérgio Fernandes
Fonte: LA wekly
Postado em 26 de abril de 2011

Steve Appleford, do LA Weekly, conduziu em 2011 uma entrevista com o baterista do METALLICA, Lars Ulrich, um dia após o primeiro show do Big Four nos EUA, que aconteceu dia 24 de abril no Empire Polo Club, California.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Durante a entrevista, Lars falou sobre vários assuntos, como a escolha do set-list para cada show, o fato de o Big Four ser como uma celebração ao passado e às raízes das bandas que o compõem e o porquê da escolha de "Am I evil" para a Jam que acontece ao final dos shows:

"Por que vocês escolheram a música "Am I evil" do Diamond Head ?"

"Não tem exatamente um ‘por que’. Nós apenas sentimos que não deveríamos chamar o pessoal (das outras bandas) para subir no palco e tocar uma música do Metallica. Parece-me algo meio egoísta."

Em outro trecho da resposta, Lars fala sobre a declaração de Tom Araya, que afirmou, em entrevista para o própria Steve Appleford, não sentir que "Am I Evil" representa o espírito do festival:

"(...) Talvez essa música não tenha a mesma relevância para os caras do Slayer, mas tínhamos que escolher algo que ficasse no meio-termo. Vi que o Tom (Araya) comentou sobre a "The Four Horsemen". Convidar os outros para tocar uma música do Metallica não me parece certo (...)"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Sérgio Fernandes

Paulistano desde abril de 1988, Sérgio Fernandes é baterista da banda CARAPUÇA (www.youtube.com/tvcarapuca), diretor de imagem e produtor multimídia do portal Terra e formado em Rádio e TV pela UNISA em São Paulo no ano de 2009. Ouve rock desde pequeno por influência de seus pais. Entre suas bandas preferidas estão Sepultura, Rolling Stones, Rancid, Muse, Fresno, Slayer e qualquer outra que toque algo que lhe agradar os ouvidos, nunca se fechando a gêneros e estilo, mantendo a mente aberta a novas experiências sonoras. E-mail para críticas e sugestões: [email protected]
Mais matérias de Sérgio Fernandes.