[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Stamp

Rick Bonadio: produtor critica funk brasileiro no Grammy, é detonado e se retrata

Por Igor Miranda
Postado em 15 de março de 2021

Rick Bonadio, produtor musical que já trabalhou com Charlie Brown Jr, Mamonas Assassinas, Los Hermanos, Titãs e NX Zero, chamou atenção nas redes sociais ao criticar o funk brasileiro. O comentário foi feito após as rappers Cardi B e Megan Thee Stallion tocarem uma versão funk da música "WAP", feita pelo DJ carioca Pedro Sampaio, no Grammy 2021.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em uma publicação no Twitter, que acabou removida em meio às críticas recebidas, Bonadio comentou que o Brasil "exportou" outros artistas no passado que, em sua visão, seriam melhores que os representantes do funk. O profissional de estúdio também lamentou o teor sexual das músicas do estilo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Já exportamos Bossa Nova, já exportamos Samba Rock, Jobim, Ben Jor. Até Roberto Carlos. Mas o barulho que fazem por causa de 15 segundos de Funk na apresentação da Cardi B me deixa com vergonha. Precisamos exportar música boa e não esse 'fica de quatro'", afirmou.

A fala de Rick Bonadio rendeu críticas. "Rick Bonadio, produtor de clássicos como 'me passaram a mão na bunda e ainda não comi ninguém' reclamando do verso "fica de quatro, tá bom", afirmou um internauta, citando "Vira-Vira", dos Mamonas Assassinas. "Isso é mais uma opinião racista sobre o funk dissimulada sobre qualidade e erudição musical", disse outro. "o sonho era ter exportado o álbum do ET e Rodolfo que produziu, né?", comentou mais um.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O nome do profissional de estúdio também entrou nos trending topics (assuntos mais comentados) do Twitter, com mais críticas. "O Rick Bonadio critica o funk não por não gostar e sim porque é um gênero musical que quebrou totalmente os negócios dele e tomou a fatia do mercado que ele dominava há anos", declarou um internauta. "Receber crítica de um produtor musical cafona, retrógrado e ultrapassado como Rick Bonadio deve ser considerado elogio", disse outro. "No mínimo contraditório o Rick Bonadio criticar o trecho 'fica de 4', enquanto ele produziu 'depois de uma semana ela voltou pra casa, toda arregaçada, não podia nem sentar' e 'toda vez que eu lembro de você, me dá vontade de bater, te espancar'", apontou um terceiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Diante disso, o produtor apagou a postagem e se explicou em outros tweets. "Não tenho nenhuma intenção de criar polêmica, muito menos desmerecer o trabalho de ninguém. Espero que evoluam e entendam as críticas. Só aplauso pode ser alienação", declarou, em uma publicação seguinte.

Ele continuou: "Eu sinto a necessidade de criticar algumas situações porque vejo uma alienação generalizada. O funk precisa evoluir. Os funkeiros precisam ousar, evoluir musicalmente para crescer. Não se pode fazer o mesmo sempre porque isso dá certo. Meu post anterior não teve a intenção destrutiva".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por fim, Rick pediu desculpas pela postagem que gerou controvérsia. "Não dá pra aceitar que sempre a mesma batida com letras de putaria seja algo necessário ou a 'cultura do país'. De qualquer forma eu respeito todos do funk por suas batalhas e vitórias. Desculpem se ofendi, nunca é minha intenção. O que eu espero é que ao fazer sucesso, o funkeiro busque melhorar, estudar música, letra e crescer musicalmente para então tornar o gênero crossover definitivamente, mas com qualidade", afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.
Mais matérias de Igor Miranda.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS