RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemO único megahit do RPM que Paulo Ricardo não toca mais no show por justo motivo

imagemMetallica anuncia novo álbum, "72 Seasons", nova turnê e libera uma música nova

imagemLed Zeppelin e a fala que Robert Plant tem vergonha mas não tem como apagar da história

imagemO motivo pelo qual Steven Tyler disse que "daria na cara" de Elvis Presley

imagemMetallica anuncia turnê mundial com Pantera, Architects, Five Finger Death Punch e outros

imagemBilly Sheehan diz que Mr. Big encontrou um novo baterista

imagemOzzy Osbourne: a chocante e nojenta cena mostrada no filme do Motley Crue

imagemA importância de James Hetfield ter desabafado sobre saúde mental em show no Brasil

imagemDeep Purple: Ian Gillan lamenta morte de esposa, com quem estava casado há 38 anos

imagemJoe Bonamassa: "Jimmy Page tem a sonoridade mais difícil de copiar"

imagemO motivo pelo qual Erasmo Carlos recusou gravar música de Serguei nos anos 60

imagemDavid Gilmour pilota o próprio avião para ir tocar em disco de Donovan

imagemA lenda de que Blackmore contratou seguranças para impedir Graham Bonnet de cortar o cabelo

imagemMetallica: camiseta exclusiva estará disponível por apenas 72 horas


Samael Hypocrisy
Stamp

Freddie Mercury: André Abreu, do Queen Celebration, fala sobre 30 anos da morte

Por Paola Correa
Em 25/11/21

[an error occurred while processing this directive]

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Há exatos 30 anos, no dia 21 de novembro de 1991, o mundo perdia Freddie Mercury, a voz mais perfeita e rara que a música já teve. Considerado um dos principais ídolos mundiais, único na personalidade e no talento, Mercury morreu vítima de broncopneumonia, um dia após assumir publicamente ser portador de HIV. Uma perda irreparável, uma voz e legado que nunca morreram.

Mesmo após três décadas da sua morte, o cantor reconhecido mundialmente como um dos maiores artistas de todos os tempos ainda arrasta multidões para shows cover e tributos ao Queen. Fato que o paulista André Abreu, líder do projeto Queen Celebration in Concert pode comprovar. Com mais de 150 apresentações já realizadas _antes da pandemia_ e com agenda cheia para os próximos meses, apresentando-se de norte a sul do País, o jovem de 33 anos é o intérprete de Freddie Mercury nessa que é a maior celebração ao Queen das Américas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

André Abreu, que tem formação superior em Música e também é multi-instrumentista, compositor e produtor musical, tinha apenas três anos de idade quando Mercury morreu, então nunca teve a chance de ver o ídolo ao vivo, mas passou a vida toda admirando, ouvindo e assistindo aos shows da banda por influência da mãe. Segundo Abreu, foi o vocalista do Queen quem serviu de inspiração para ele seguir a carreira na música. Quando se tornou cantor, demorou anos até ousar interpretar canções imortalizadas por Freddie Mercury e, finalmente, dar vida ao astro nos palcos, como André mesmo revela.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu sempre tive muito cuidado e respeito com a obra do Queen. Me preparei muito e de forma muito intensa. Quando eu vi esse meu gosto musical se tornar algo mais profissional, estudei novas técnicas vocais, ampliando meu conhecimento e alcance, porque o Freddie tinha um alcance vocal muito grande alcançando notas muito agudas e graves também. E ainda estudo muito para poder entregar o meu melhor", conta. "É uma grande responsabilidade porque estou ali interpretando uma das maiores lendas do rock, um dos maiores ícones da música mundial."

O Queen Celebration in Concert é um grande show em tributo ao legado da banda e seus exatos 50 anos de trajetória. Com figurinos idênticos aos usados por Freddie Mercury e trejeitos perfeitos, capazes de arrepiar qualquer fã, é na parte musical que o espetáculo ganha em cheio o coração do público. Os grandes sucessos do Queen, como "We Are the Champions", "Love of my Life", "Bohemian Rhapsody", "Somebody to Love" e "Don’t Stop Me Now", fazem um passeio na história musical da banda. O experiente guitarrista Danilo Toledo recria com competência os solos de Brian May. Completam o time de Queen Celebration in Concert o baixista PH Mazzilli e o baterista Guib Silva que juntos trazem para o palco a energia contagiante tal qual quando o quarteto britânico se apresentava. O acompanhamento de uma orquestra, sob a regência do experiente Andrei Presser, reforça a pegada clássica, dramática e performática do Queen que o projeto faz questão de trazer para o palco.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Formado por Brian May (guitarra e vocais), Freddie Mercury (vocais e piano), John Deacon (baixo) e Roger Taylor (bateria e vocais), o Queen, com um estilo incomparável, marcou época e se tornou eterno com músicas que se tornaram verdadeiros hinos para todas as gerações.

Segundo André Abreu, mais do que uma homenagem, Queen Celebration é uma imersão na história da banda que até hoje ocupa posições entre as que mais faturam no mundo, um show feito de um grande fã (no palco) para fãs (na plateia).

Nas próximas semanas, Goiânia (26/11), Brasília (27/11), Maceió (15/12), João Pessoa (16/12), Recife (17/12), Natal (18/12) e Aracaju (19/12) recebem o Queen Celebration in Concert. Para saber mais informações e acompanhar a agenda do espetáculo, basta ficar de olho nas redes sociais do projeto:

Mais informações:
https://www.instagram.com/queencelebrationinconcert/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Queen relembra Freddie Mercury, que faleceu há 31 anos

Cantor de ópera Andrea Bocelli exalta Elvis Presley e Freddie Mercury

Paulo Ricardo viu Freddie Mercury puto da vida e depois conheceu o Erasmo Carlos

Judas Priest: "Sad Wings of Destiny" definiu as principais características do heavy metal

Queen divulga edição especial do álbum "The Miracle", com faixas inéditas

Para Luiz Felipe Carneiro o filme sobre Cazuza é melhor que o filme do Queen

Queen divulga lyric video oficial da clássica "I Want It All"

O dia que Freddie Mercury namorou motorista brasileiro da TV Globo e foram ao La Mole

Brian May relembra como foi o dia em que conheceu Rory Gallagher

Brian May diz o que faltou para Rory Gallagher ser "um Bruce Springsteen ou um Aerosmith"

Brian May conta que aprendeu com Rory Gallagher a "não ser um c*zão"

Dez músicas gravadas por bandas de rock e heavy metal que tocam no fundo da alma

Queen divulga vídeo com a letra da música "The Miracle"

Alírio Netto lança versões de "Who Wants to Live Forever" e "Love of My Life" do Queen

Brian May: "O legal dos guitarristas é que ninguém é muito competitivo"

Queen: "Bohemian Rhapsody" salvou a banda, diz Brian May

Mike Portnoy: Led e Queen perderam integrantes, um parou e outro prosseguiu...

Os 20 maiores solos de guitarra de todos os tempos, segundo os leitores da Guitar Player

Iron Maiden: Bruce Dickinson e sua preferência pelo Brasil

O Whiplash.Net é um site lucrativo?