Matérias Mais Lidas

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO dia que Cazuza pagou justo esporro para Sandra de Sá ao ver atitude da cantora em festa

imagemFãs não perdoam e reclamam da bateria de Lars Ulrich em novo single do Metallica

imagemMotörhead lança a música inédita "Bullet In Your Brain"; ouça aqui

imagemO clássico do Rock Brasileiro com erro gramatical que foi parar em curso pré-vestibular

imagemMetallica: e se "Lux Aeterna" estivesse no "... And Justice For All"?

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemTim Ripper Owens diz que nunca voltaria ao Iced Earth

imagemTitãs e o integrante que era visto como um líder mas saiu por estar em outra

imagemCharlie Benante não sabia de tour do Metallica com o Pantera

imagemO álbum clássico do Rush que Rafael Bittencourt não gostava nada

imagemA importância da ex-esposa de James Hetfield em sua luta contra o alcoolismo

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemO motivo pelo qual Steven Tyler disse que "daria na cara" de Elvis Presley

imagemKirk Hammett sobre o Metallica: "Masculinidade tóxica alimentou essa banda"


Samael Hypocrisy
Stamp

Almah: Edu Falaschi não quis esperar para ter o sucesso do Angra, segundo empresário

Por Emanuel Seagal
Postado em 21 de novembro de 2021

Paulo Baron, empresário da Top Link Music, produtora que já trabalhou com shows e turnês de bandas como Anthrax, Bon Jovi, Bruce Dickinson, Dio, Megadeth, Motörhead, Scorpions, Twisted Sister, e muitos outros em mais de 30 anos de atividade, participou de uma entrevista ao canal de Thales Queiroz no YouTube. No trecho abaixo, transcrito pelo Whiplash.Net, o empresário fala sobre seu trabalho com o Almah, banda que Edu Falaschi, ex-vocalista do Angra, teve entre os anos de 2006 e 2016, e elogia o álbum "E.V.O", lançado em 2016.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Quando escutei a demo do (álbum) 'E.V.O'... o Edu Falaschi já havia me convidado para empresariar ele algumas vezes e eu sempre falava 'cara, quando você chega com um álbum bom, 100% bom, que eu goste, eu entro', e quando digo bom eu quero dizer que eu goste, pode ser que outro não goste, que eu me vejo dentro disso", afirmou o empresário.

Almah: por que a banda parou, segundo o baixista Raphael Dafras

Ele acrescentou: "Tudo estava uma maravilha, e isso me ajudou a colocar ele em contato de novo com Angra e toda essa situação, só que a história anterior do Almah eu não sei o que aconteceu. Eu não sei quem foi o empresário, se tiveram um empresário ou não tiveram ou o que aconteceu. Eu sei que quando entrei eu tentei fazer as coisas só que isso é um processo, de uns dois ou três anos, e no meio desse processo o próprio Edu viu que não queria esperar dois anos para ter sucesso, ele queria voltar a ter o sucesso que havia tido com o Angra e isso que aconteceu."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Embora o Almah tenha começado como uma banda solo em seu disco de estreia de 2006, que contou com participação de músicos do Nightwish e Kamelot, entre diversos convidados, foi em 2016 que Edu Falaschi lançou seu primeiro álbum solo, intitulado "Moonlight", e agora em 2021 lança seu segundo álbum, "Vera Cruz", com um time que conta com Roberto Barros, os ex-integrantes do Almah Raphael Dafras e Diogo Mafra, além da dupla Fábio Laguna e Aquiles Priester que já tocaram ao vivo com o Almah.

Paulo Baron lamentou a decisão do Edu Falaschi de não persistir com o Almah, dizendo: "Eu adoro esse álbum 'E.V.O', eu acho ele muito bom. Eu acho que a banda, se tivesse esperado um pouquinho de tempo, poderíamos ter conseguido, mas cara, estava um momento muito estranho, o Edu revivendo essa situação com o Angra, e ele não gostou que o Marcelo entrou no Angra. Acredito eu que deve ter entrado uma sensação de 'agora entra o Marcelo, e eu, que fiz parte do Angra?', sei lá, coisas que cada um sabe, acho que é melhor que o próprio Edu fale sobre isso, sobre o que ele estava sentindo, mas em minha opinião o Almah era uma banda que devia ter seguido com ou sem o Marcelo, pois nesse álbum, todas as músicas são fantásticas."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Marcelo Barbosa: por que seria complicado estar no Almah sem outra fonte de renda

Confira o bate-papo completo no vídeo abaixo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Gustavo Di Pádua, ex-Almah, posta foto de quando integrou banda de Erasmo Carlos

O hit do Almah inspirado em Alice in Chains e composto por Gustavo Di Pádua

Rafael Bittencourt rasga elogios ao Almah: "Patrimônio do rock brasileiro"

A impensável ligação musical que existe entre Kelly Key e Almah

A característica de Edu Falaschi que seu ex-parceiro Gustavo Di Pádua mais admira

Edu Falaschi: os dez vocalistas brasileiros preferidos dele

Fotos de Infância: Felipe Andreoli, do Angra e ex-Almah

Edu Falaschi: vídeo com a banda Mitrium em 1993

Os Trapalhões: uma homenagem ao Heavy Metal em 1985

O hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.

Mais matérias de Emanuel Seagal.