Matérias Mais Lidas

imagemA melhor música de heavy metal lançada a cada ano desde 1970, em lista do Loudwire

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos

imagemAntes do Led Zeppelin, Robert Plant tentou entrar em outra banda famosa

imagemPantera tocará no festival Knotfest Brasil, segundo jornalista

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemLed Zeppelin: O motivo pelo qual Jimmy Page não gosta de "All My Love"

imagemA reação do pai de Neil Peart quando ele se juntou ao Rush

imagemRolling Stones: Keith Richards compara tocar com Brian Jones, Mick Taylor e Ron Wood

imagemMustaine diz que tentou criar ambiente agradável para gravação de novo álbum do Megadeth

imagemO motivo pelo qual Frank Zappa não gostava de Jim Morrison e o The Doors

imagemMetallica e as músicas fantásticas que sempre ficam escondidas nas playlists

imagemTitãs: como surgiu o título do hit "Bichos Escrotos", segundo Nando Reis

imagemSteve Grimmett não estava doente antes de morrer, diz esposa

imagemA reação de Stevie Ray Vaughan ao ouvir Jimi Hendrix pela primeira vez


Stamp
2022/07/09

Lou Reed: em biografia, ele revela como foi ser submetido a terapia de choque

Por André Garcia
Em 19/01/22

A terapia de choque é um tratamento psiquiátrico utilizado em casos extremos, que consiste na emissão de descargas elétricas por eletrodos aplicados diretamente na cabeça do paciente. Até meados dos anos 60 ainda era muito comum, e justamente nessa época Lou Reed foi submetido a ela.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Já nas primeiras páginas da biografia Mate-me Por Favor, de Legs McNeil e Gillian McCain, Sterling Morrison, seu companheiro de banda no Velvet Underground, relatou que "vivia com medo dos pais de Lou". "O único envolvimento que eu tinha com eles" recorda o guitarrista, "era a ameaça permanente de eles agarrarem Lou e jogarem ele num manicômio."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

John Cale, baixista e único integrante da banda que possuía formação musical, lembrou do caso em maiores detalhes: "Quando ele era garoto, os pais o puseram num hospital onde ele passou por um tratamento com choque elétrico."

Ele explicou que quando Reed estava na Universidade de Siracuse, teve que escolher entre ingressar na equipe de ginástica ou no treinamento de oficiais da reserva. "Ele alegou que não podia fazer ginástica porque quebraria o pescoço", lembrou o músico.

"Ele foi pra corporação e ameaçou matar o instrutor. Então ele deu um soco numa janela ou coisa parecida, e aí foi posto num hospital para doentes mentais." John Cale finalizou alertando: "Não sei a história toda. Toda vez que Lou me conta, ele muda alguma coisinha."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os pais de Lou Reed não toleravam sua homossexualidade e sua busca pela carreira musical em vez de uma profissão tradicional. Com o incidente da universidade, eles decidiram tomar medidas drásticas, e uma das recomendações da terapia de choque era justamente "inibir impulsos homossexuais".

O compositor contou que antes do procedimento eles "enfiam uma coisa pela sua goela abaixo pra que você não engula a língua e colocam os eletrodos na sua cabeça". Nos dias seguintes, por conta dos devastadores efeitos colaterais, "você perde a memória e vira um vegetal. Não pode ler um livro porque chega na página dezessete e tem que voltar pra primeira página de novo."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O episódio foi narrado no arrepiante clássico "Kill Your Sons", de seu álbum "Sally Can’t Dance" (1974), já em seus versos iniciais.

"Esses psiquiatras de meia tigela aplicando terapia de choque
Eles prometem que você vai viver em casa com papai e mamãe
Ao invés de um hospital psiquiátrico
Mas sempre que você tenta ler um livro
Você não consegue chegar nem na página 17
Porque você esquece até onde está
E não consegue nem ler
Vocês não sabem que eles vão matar seus filhos?"

Confira a música no vídeo abaixo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/08/18


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Kirk Hammett diz que tem medo de ouvir "Lulu", álbum que o Metallica gravou com Lou Reed

Lou Reed: os 71 anos do artista em sete músicas

AC/DC: Mick Wall não gosta do vocalista Brian Johnson

Lars Ulrich: "'Lulu' faz 'Justice' parecer o 1º do Ramones"

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

A importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars


Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.

Mais matérias de André Garcia.