Matérias Mais Lidas

imagemSlash falhou em seguir o conselho de Keith Richards, que mesmo assim foi lá e o apoiou

imagemA visionária melhor música do Genesis na opinião de Steve Hackett

imagemJulian Lennon relembra quando Paul McCartney escreveu "Hey Jude" para ele

imagemRandy Rhoads gostava de tocar as músicas do Black Sabbath?

imagemTony Iommi: surpreendendo ao eleger seu "Deus do Rock"

imagemA opinião de Rita Lee sobre a fenomenal Cássia Eller

imagemO dia que Ivete Sangalo arrasou cantando Slayer com João Gordo na TV aberta

imagemAmilcar Christófaro diz que chegou a sondar Vitor Rodrigues para retornar ao Torture Squad

imagemNoel Gallagher revela seu único arrependimento em sair do Oasis

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemA hilária crítica de Roberto Frejat contra fala cheia de "pretensão" do Bon Jovi

imagem"Raimundos nunca quis ser manual de conduta para ninguém", diz Digão

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemTuomas Holopainen achou que o Nightwish fosse acabar após saída de Marko Hietala

imagemDicionário do Metal: cinco bandas com a letra A


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

Como foi o pedido de Lars Ulrich para silenciar baixo de "...And Justice For All"

Por Igor Miranda
Postado em 06 de janeiro de 2022

É famosa a história em que o Metallica silencia o baixo de Jason Newsted no álbum "...And Justice For All" (1988), justamente o que marcou a estreia do músico na formação. No entanto, poucos sabem exatamente como a situação se deu em estúdio.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista ao canal de Dean Cramer no YouTube, transcrita pelo Rock Celebrities, o engenheiro de som Steve Thompson revelou como recebeu o pedido para deixar o baixo de Newsted praticamente inaudível no disco. Thompson cuidou da mixagem das músicas ao lado de Michael Barbiero, enquanto a produção é assinada por Flemming Rasmussen.

Inicialmente, o profissional de estúdio destacou o baterista Lars Ulrich como a figura central do pedido. E tudo girava em torno de como o instrumento dele soaria.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Lars originalmente veio com todo um gráfico de equalização mostrando como queria que sua bateria soasse. Michael Barbiero, então, perguntou se eu não poderia cuidar da bateria e ele cuidaria do resto. Daí fui ouvir os sons e falei: 'você só pode estar de brincadeira, essa bateria soa uma m*rda", contou.

Steve Thompson acabou mexendo na equalização de forma um pouco diferente da sugerida por Lars Ulrich, para deixar "mais palpável", segundo ele. "Acabei subindo o volume do baixo. Formava um ótimo casamento com a guitarra de James Hetfield. Deixei tudo no jeito. Hetfield ouviu e aprovou, daí veio Lars, que ouviu por cinco a dez segundos e disse: 'pare aí mesmo, o que aconteceu com meu som de bateria?'", declarou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como Ulrich reprovou o trabalho de Thompson até ali, a bateria teve de ser novamente remixada. Foi aí que o baterista fez o inusitado pedido. "Lars chegou e disse: 'ok, você vê o baixo aí?'. Eu disse que sim. Então ele: 'abaixe tudo na mixagem'. Falei 'ok' e realmente abaixei, como uma brincadeira. Daí ele falou: 'abaixe mais cinco ou seis decibéis, é para ficar bem difícil de ouvir'. Perguntei se era sério mesmo. Olhei para Hetfield e ele estava fazendo um sinal negativo com as duas mãos", afirmou o profissional.

A situação era tão séria que Steve Thompson chegou a conversar com os empresários do Metallica, Cliff Burnstein e Peter Mensch. "Falei que amo aqueles caras, que a banda é incrível, mas não concordo com o que pediram. Disse que entendia, pois é o disco deles, eles podem ter o que quiserem e fomos contratados para isso, mas não me via fazendo isso", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas, claro, não adiantou. "Acabamos dando a eles o que queriam. Não é o meu disco, é deles, você precisa respeitar a opinião. Odiei fazer aquilo, pois sou um cara que curte baixo e gosto de obter os sons mais fortes de baixo possíveis", declarou.

A entrevista completa pode ser ouvida, em inglês e sem legendas, no player de vídeo a seguir.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Lift Detox
Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Metallica divulga vídeo com a letra de "Lux Aeterna"; assista aqui

Blackie Lawless relembra encontro inusitado com Cliff Burton em backstage

Regis Tadeu e os acertos da Sandy ao cantar "Nothing Else Matters", do Metallica

"Houve muita escuridão em minha vida", afirma James Hetfield

"Masculinidade tóxica preencheu o Metallica com besteiras", diz Kirk Hammett

O Metallica não tem mais o que provar, muito menos algo novo para oferecer

Lars Ulrich poderia tocar músicas do Rush com Geddy Lee e Alex Lifeson?

Metallica: o que Regis Tadeu achou de "Lux Aeterna", nova música da banda?

Regis Tadeu explica porque Sandy não deve cantar músicas do Metallica

Veja Sandy cantando Metallica na TV Globo em programa de Marcos Mion

James Hetfield sobre "Load" e "Reload": "Pareceu forçado"

James Hetfield sobre o "St. Anger": "Pelo menos é honesto"

Lars Ulrich diz que membros do Metallica são irmãos que ele nunca teve

James Hetfield comenta como a fama afeta as pessoas como um vício

"A masculinidade tóxica alimentou esta banda", diz Kirk Hammett sobre o Metallica

A7X, Metallica, Dragonforce: e se eles tocassem fora do tempo?

Músicos do Metallica ouviam Kate Bush na época da gravação de "Master Of Puppets"

Metallica: James e Kirk e as tretas passadas, St. Anger, Napster

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregos

Bruce Dickinson: ele revela os três vocalistas que nunca vai conseguir superar


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.