Matérias Mais Lidas

imagemAndreas Kisser pede doação de sangue para sua esposa Patricia

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemRafael Bittencourt se sentiu traído e cancelado após saída de Edu Falaschi

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemCopa do Mundo do Rock: uma banda de cada país que vai disputar a Copa do Catar

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemDave Mustaine diz que perdoa Ellefson, mas nunca mais fará música com o baixista

imagem"Ninguém imaginava que o Metallica seria maior que o Iron Maiden", diz Scott Ian

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemJohn Frusciante responde qual foi o motivo de seu retorno ao Red Hot Chili Peppers

imagemNoel Gallagher sobre sua preferida do Pink Floyd: "Adoraria conhecer Roger Waters"

imagemNovo clipe do Megadeth ultrapassa meio milhão de visualizações no Youtube

imagemAC/DC: Angus Young comenta a capa de "Highway to Hell" e a morte de Bon Scott


Stamp

Integrantes do Rush relembram a época que abriram shows para o Kiss, em 1975

Por André Garcia
Em 24/05/22

Com dezenas de álbuns lançados e décadas de estrada, Rush e Kiss possuem duas das mais longas e vitoriosas trajetórias do rock.

O Rush é lembrado por seu som complexo grandioso que contrastava com sua formação de trio. Músicos versáteis, se destacaram em diversos gêneros, mais notavelmente o rock progressivo. Assim, a banda conquistou uma legião de fãs pelo primor técnico de seus integrantes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Já o Kiss até hoje não é levado a sério por muita gente, chegando às vezes a ser mais lembrado pelos grandes espetáculos e pelo merchandising do que pela música. O que é uma injustiça, já que lançou diversos grandes álbuns, principalmente nos anos 70.

Embora Rush e Kiss sejam completamente diferentes, seus primórdios possuem uma série de coisas em comum. Influenciadas por bandas como Led Zeppelin e Cream, ambas gravaram seu álbum de estreia em 1973 e o lançaram, autointitulado, no ano seguinte. Além disso, ambas chegaram ao sucesso comercial com um clássico lançado em 76: Kiss com "Destroyer" e Rush com "2112". Como se não bastasse, o trio canadense ainda abriu shows para o quarteto novaiorquino em 1975.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ou seja, se trata de duas bandas que se conheceram intimamente no começo da carreira. E a Rock and Roll Garage garimpou as entrevistas de Geddy Lee, Neil Peart e Alex Lifeson, para encontrar suas recordações do período em que dividiram o palco com Paul Stanley, Gene Simmons, Ace Frehley e Peter Criss, antes deles se tornarem astros.

Neil Peart

"O Kiss sempre foi uma totalmente focada corporação. Lá no começo, eu via Gene Simmons com um caderno do ensino médio com todas as fantasias do Kiss. Ele e Paul [Stanley] sabiam exatamente o que estavam fazendo, e o caminho que deveriam seguir. Já os de coração mais mole, como Ace e Peter, sabe, eles não conseguiam fazer aquele papel com o mesmo cinismo, e sofreram com aquilo de forma trágica. Por que eles eram pessoas tão amáveis, e isso é o que geralmente você vê acontecer."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Se você reparar nessas tragédias — e eu leio as biografias de Dennis Wilson e Keith Moon, por exemplo —, é triste porque eles eram tão amados como pessoa. Não apenas como bateristas, mas como pessoas, e sentiam que não eram merecedores daquele amor. Dá para ver esse defeito fatal neles."

Em entrevista para George Stroumboulopoulos, em 2011

Geddy Lee

"[O Kiss] estava ralando também, era a primeira turnê deles como atração principal. Mas eram shows pequenos, a gente estava tocando muito em teatros. Para a gente era um sonho, porque estávamos trabalhando regularmente, o que era ótimo, e viajando pelos Estados Unidos pela primeira vez. Na nossa cabeça era, tipo: 'Pode ser que a gente nunca mais volte a metade dessas cidades', então levávamos as chaves dos hotéis e coisas do Holiday Inn, sabe."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Então aprendemos muito sobre o quanto de trabalho duro você precisa dedicar a um show. Esse era o segredo deles, como Alex [Lifeson] dizia, uma baita ética de trabalho. Independentemente do que você acha da música deles, você tem que respeitar a banda por sua dedicação ao trabalho."

Em entrevista para George Stroumboulopoulos, em 2010

Alex Lifeson

"Nós tocamos com eles [Kiss] em sua primeira turnê como atração principal, em 1975. Eles estavam incríveis, era ótimo trabalhar com eles. Nós ficamos muito próximos naquela excursão, saíamos muito juntos, como uma grande família. Nossas equipes eram pequenas, obviamente, estávamos bem no começo. Nós pudemos ver o quão duro eles trabalhavam. É como Geddy costuma dizer, não há banda que trabalhe mais duro que o Kiss. Eles nos mostraram, e nós aprendemos muito com aqueles caras."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista para George Stroumboulopoulos, em 2010

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Gibson: nomes de cinco bandas antes da fama

Kiss: por dentro da mente de Paul Stanley

Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt


Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.

Mais matérias de André Garcia.