Matérias Mais Lidas

imagemO dia que Ivete Sangalo arrasou cantando Slayer com João Gordo na TV aberta

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemO dia que Digão assistiu ensaio da Legião Urbana sem saber que era a banda

imagemA hilária crítica de Roberto Frejat contra fala cheia de "pretensão" do Bon Jovi

imagemOs Raimundos traíram os Titãs? Sérgio Britto comenta e conta a versão dele

imagemO Metallica não tem mais o que provar, muito menos algo novo para oferecer

imagemO impagável apelido que Andre Matos deu a Luis Mariutti por sua pontualidade

imagemAerosmith cancela segundo show após Steven Tyler adoecer

imagemGuitarrista Brian Ray conta como é ter Paul McCartney como patrão

imagem"Houve muita escuridão em minha vida", afirma James Hetfield

imagemO malévolo King Diamond registra encontro com Michael Sweet, ícone do rock cristão

imagemUriah Heep: a audição de David Coverdale para substituir David Byron

imagemA foto do Kiss que lembra imagem promocional de banda de death metal

imagemDicionário do Metal: cinco bandas com a letra A

imagemRegis Tadeu explica porque Sandy não deve cantar músicas do Metallica


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

Thom Yorke em 1992: "Tenho um desprezo patológico por Jim Morrison"

Por André Garcia
Postado em 01 de outubro de 2022

O Radiohead se tornou um sucesso de venda e crítica em 1997, com o lançamento da obra-prima "OK Computer". No entanto, a banda, formada nos anos 80, já no começo da década seguinte fazia um certo sucesso com "Creep" se tornando um hit após o lançamento de "Pablo Honey" (1993).

Foto: Divulgação - Capa do Primeiro Álbum
Foto: Divulgação - Capa do Primeiro Álbum

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Conforme publicado pela Far Out Magazine, em 1992, quando "Pablo Honey" ainda estava terminando de ser masterizado, Thom Yorke deu uma entrevista para o fanzine The Scene. Essa entrevista ficou famosa por revelar o desprezo que o vocalista possuía por um dos grandes nomes do rock sessentista: Jim Morrison.

Yorke começou comentando os princípios do Radiohead: "Uma das principais razões de estar nessa banda é por causa das músicas, e porque nós mudamos muito, muito rápido. Nós temos uma sonoridade, mas, ao mesmo tempo, estamos sempre mudando."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em seguida, ele comentou a faixa "Anyone Can Play Guitar", dizendo ser "liricamente anti-ego rock. O segundo verso diz 'Eu quero ser Jim Morrison', e eu tenho um desprezo patológico por ele e tudo que cerca ele. Simplesmente porque aquilo afeta e tem afetado as pessoas nas bandas e o rock, fazendo as pessoas acharem que precisam ser uns babacas do c*ralho para seguir o mito."

"Jim Morrison é um gordo, um desgraçado sem talento, e está morto", prosseguiu impiedosamente. "Nada disso significa nada. É melhor ser você mesmo dentro da indústria do que satisfazer ao que é esperado de você. Eu estou lendo um livro de Lester Bangs, e tem uma parte brilhante sobre que o rock por um lado deve ser levado a sério, mas por outro deve esculhambar a si mesmo. Tipo The Stooges! Por um lado, eles são uma banda do c*ralho, mas por outro eles são esculhambados. Iggy Pop é pura esculhambação."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Além de Thom Yorke, Jim Morrison já foi detonado também como músico e poeta por nomes como Lou Reed e Frank Zappa. Danny Fields, que foi empresário de bandas como The Stooges e Ramones e já trabalhou com o The Doors, no livro Mate-me Por Favor detonou seu vocalista dizendo que ele "rebaixou o rock enquanto poesia".

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Robert Smith e o ponto em que ele "violentamente discordou" do Radiohead em 2007

Radiohead: Thom Yorke relembra depressão e bloqueio entre "Ok Computer" e "Kid A"

Por que Radiohead é o Pink Floyd dessa geração, segundo Marcelo Damaso

"Radiohead é o Pink Floyd dessa geração", diz produtor e curador cultural

Thom Yorke em 1992: "Tenho um desprezo patológico por Jim Morrison"

Slipknot busca influência no Radiohead e Beatles pra inovar sempre

Thom Yorke confessa não entender quem faz sexo ouvindo Radiohead

Radiohead: A melhor música em cada álbum, pela Far Out Magazine

Radiohead: a história de "Fake Plastic Trees"

Veja SP: show do Iron Maiden eleito como "pior de 2009"

Históricas: Fotos de encontros inusitados entre rockstars

Raul Seixas: O clássico inspirado em Dylan que driblou censura e criticou Roberto Carlos


Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.

Mais matérias de André Garcia.