RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemSite chileno cita data do Iron Maiden no país e medalhões como possíveis bandas de abertura

imagemZakk Wylde tira o corpo fora ao ser questionado sobre cancelamento de shows do Pantera

imagemRamones: C.J. conta que Johnny se recusou a visitar Joey em seu leito de morte

imagemA inesperada opinião de Bell Marques (ex-Chiclete com Banana) sobre o rock progressivo

imagemAngra anuncia sua turnê "The Best Of 30 Years" com setlist renovado

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemO clássico da banda Evanescence que a vocalista Amy Lee odiava

imagemThiago Bianchi explica sucessão de problemas durante show de Paul Di'Anno

imagemOzzy Osbourne aparece em público pela primeira vez após anunciar aposentadoria das turnês

imagemO dia que João Gordo xingou Ayrton Senna por piloto se recusar a dar entrevista a ele

imagemA inesperada banda brasileira que não sai dos ouvidos de Jeff Scott Soto

imagemManowar no Brasil? Banda posta bandeira brasileira e fãs ficam empolgados

imagemMustaine tentou fazer hit radiofônico e acabou escrevendo a "música mais idiota" do Megadeth


Exilio Angel

Titãs: traído, o baterista destruiu o quarto; Paulo Ricardo viu na TV a traição

Por Bruce William
Postado em 01 de dezembro de 2022

O trecho abaixo, extraído do vídeo onde o jornalista e historiador do Rock Nacional Júlio Ettore conta como aconteceram as saídas de cada um dos integrantes do Titãs, aborda a confusa troca de André Jung por Charles Gavin no posto de baterista. As informações e trechos exibidos no vídeo são da biografia "Titãs - A vida até parece uma festa" de Hérica Marmo e Luiz André Alzer.

Acompanhe com calma e atenção a história para não se perder nas reviravoltas: Júlio conta que, conforme a biografia, André Jung chegou a gravar o primeiro disco do Titãs, mas a banda não estava satisfeita com a sua performance pois achavam que o baterista tinha que ter uma pegada um pouquinho mais rock and roll. Eles achavam o André muito 'suave', queriam alguém mais 'porrada'. Então começaram a procurar um baterista até que um dia o Sérgio e o Branco assistiram um show do Ira! e quem estava na bateria era o Charles Gavin. Acharam a pessoa que buscavam.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Só que no intervalo de tempo que levou para o Branco ligar para o Sérgio fazendo o convite para ele ir para o Titãs, ele havia saído do Ira! e assumido a bateria do RPM. Então no dia 31 de dezembro de 1984 o Titãs fez um show no Rio de Janeiro, e na manhã do dia seguinte fizeram uma reunião no hotel onde estavam hospedados em Copacabana. Na reunião, André foi comunicado que ele seria dispensado da banda. "'Isso é um exercício de crueldade o que vocês estão fazendo! É o fim da picada decidirem me expulsar em pleno réveillon!' gritou o indignado baterista. Tentaram acalmá-lo dizendo que já haviam inclusive pensado no lado financeiro, o que deixou Andre ainda mais irritado: 'Porra, você ainda vem falar de grana!!!'. O sangue subiu na cabeça dele. O baterista deu um chute que arrebentou a porta da geladeira. Transtornado, ainda destruiu a porta do armário. Durante alguns minutos, o quarto parecia um estádio de futebol inglês com hooligans depredando tudo em volta". Nando Reis conseguiu levá-lo pra fora do quarto para que ele se acalmasse. Andre ainda por cima estava em lua de mel, havia acabado de se casar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Júlio conta então que Paulo Ricardo ficou sabendo pela televisão que o RPM havia perdido seu baterista, pois os Titãs iriam tocar em algum lugar e o jornal local fez uma chamada ao vivo com a banda, até que em um ponto a câmera vai pra bateria e mostra o Charles no posto. O Paulo Ricardo estava assistindo a TV, e até então o Charles não havia contado nem pro Paulo, nem pros outros integrantes do RPM que ele iria pros Titãs. "Segundo a biografia, o Paulo Ricardo ligou pra casa do Charles, falou com o irmão dele e disse que queria quebrar a cara do baterista".

Felizmente tudo se resolveu em bons termos, cada um foi pra seu lado e todos ficaram felizes. Inclusive Júlio diz ainda que existe essa lenda que o Ira! e Titãs trocaram bateristas, mas não foi exatamente o que aconteceu. Por coincidência, Nasi convidou Andre para integrar o Ira! ainda em janeiro e ele aceitou, e por isso temos a impressão que as bandas fizeram uma "troca de integrantes".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Titãs: Banda não é santificada em documentário


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!
Mais matérias de Bruce William.