RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemAs queixas que colegas do Paralamas mais fazem sobre Herbert Vianna, segundo o próprio

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemQuando o Lynyrd Skynyrd irritou Mick Jagger ao abrir o show dos Rolling Stones

imagemApós dez anos, Jason Newsted procura guitarristas para montar um projeto de metal

imagemA bizarra lembrança que Kerry King tem do último show do Slayer

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemA reação de Jairo Guedz quando houve o racha do Sepultura no auge do sucesso

imagemA única música tocada no Festival de Woodstock que atingiu o primeiro lugar nas paradas

imagemO hit da Legião Urbana antiviolência cantado sob perspectiva de jovem da periferia

imagemJohn Lennon queria regravar todas as músicas dos Beatles, segundo produtor George Martin

imagemA vingança de Joana Prado (ex-Feiticeira) contra filhos briguentos que envolve RPM

imagem"A vida é curta", afirma Floor Jansen, vocalista do Nightwish

imagemManowar confira apresentação única em São Paulo para setembro


Stamp

Joey Ramone sobre as rádios: "Quando os Ramones surgiram, era nós contra eles"

Por André Garcia
Postado em 16 de janeiro de 2023

Os Ramones possuem uma relação de amor e ódio com as rádios. Seus membros todos cresceram se apaixonando pelo rock sessentista por meio delas (como escreveram em "Do You Remember the Rock and Roll Radio"). Quando formaram a banda, no entanto, as grandes rádios dos Estados Unidos os desprezaram — por anos se recusaram a tocar eles dizendo que aquilo nem música era (como escreveram em "We Want the Airwaves").

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Apesar disso, Joey Ramone e companhia mudaram o mundo da música entre sua formação em 1974 e sua separação em 1996. Em 2000, o vocalista, que morreu de câncer no ano seguinte, deu sua última entrevista, onde falou na maior parte do tempo sobre as rádios.

"Eu me lembro de ouvir às 8 da manhã a Free Form FM. [Aquela rádio] era empolgante, tinha sua própria aura, sabe? Eles tocavam álbuns na íntegra, eles foram os primeiros a tocar Jimi Hendrix, e essas coisas. [Led] Zeppelin e tal. Depois as coisas mudaram, creio que lá pelo começo dos anos 70."

"Quando os Ramones surgiram, era nós contra eles. Eram grandes corporações, mas ainda sim era uma rádio. E eles não queriam tocar mais nada, só queriam ficar na zona de conforto, sabe? Na época, o rock corporativo era Boston, Toto, The Eagles, Kansas... Aí surgiu a disco music com Dona Summers... Eu ainda me lembro daquilo tudo — infelizmente."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Mas havia aquela minoria que apostava em tipos como nós. Tinha alguns pioneiros aqui e ali com paixão pela música. Não era uma coisa voltada apenas para os negócios, sabe?"

"Para mim, fazer música ainda se trata de paixão, amor pela música. Ouvir algo assim nas rádios é raro. Quando me pedem para ser DJ em algum lugar, eu levo discos do MC5, levo de tudo. Eu tento fazer as pessoas se ligarem na música, coisa que, pra mim, é o que as rádios deveriam fazer. Elas não fazem mais isso, só seguem a fórmula.

"Como fã, eu me lembro claramente dos anos 80, os Ramones passavam muito tempo na California — era nosso segundo lar. Tinha uma rádio que tocava muita música boa, quando eu ia para San Francisco, o sinal dela ia ficando fraco, e eu tentava ouvir até a última gota. Hoje eu posso ir para cima e para baixo ouvindo a mesma estação."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2

Ramones: Morre o baterista e produtor Tommy Ramone


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.
Mais matérias de André Garcia.