RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemTodos os rockstars que já recusaram ser condecorados pela rainha Elizabeth II

imagemO hit de Cazuza feito durante internação e que seria indireta para affair Ney Matogrosso

imagemManeskin e o grande temor que Gastão Moreira tem em relação à banda

imagemAxl e o pequeno gesto com Slash comprovando que as tretas do passado ficaram pra trás

imagemArnaldo explica por que saía do palco quando Titãs tocava hit de "Cabeça Dinossauro"

imagemO protagonismo do Sepultura em relação a Anitta, segundo João Gordo

imagemO revoltante motivo que fez gravadora não aceitar Jairo Guedz como baixista do Ministry

imagem"Hi Regis, I'm Paul!": o dia em que Paul McCartney ligou para Regis Tadeu

imagemMembro do Guns N' Roses vai na Galeria do Rock de SP e compra camiseta oficial

imagemPor que Casagrande precisou de escolta de psicóloga para participar de programa de Gordo?

imagemBob Dylan revela como conhecer seu maior ídolo o fez deixar de venerar pessoas

imagemRenato Russo tentava boicotar Legião marcando show em dia de jogo na copa de 1994

imagemA surpreendente música do Metallica que Trujillo mostraria para quem não conhece a banda

imagemO dia que Renato Russo colocou companheiro da Legião em saia justa após piti homérico

imagemBlack Sabbath: 4 obscuras influências musicais da formação original


Stamp

Os discos que mudaram a vida de Matt Tuck, vocalista do Bullet For My Valentine

Por Mateus Ribeiro
Postado em 26 de agosto de 2022

O músico galês Matt Tuck, guitarrista e vocalista da banda de metalcore Bullet For My Valentine, contou para Rich Hobson, colaborador da revista Metal Hammer, quais foram os discos que mudaram sua vida.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A seleção inclui álbuns gravados por grandes nomes da música pesada mundial, como Metallica, Sepultura e Pantera. Confira a seguir quais foram os trabalhos escolhidos e um breve relato sobre cada um.

"Vulgar Display Of Power" - Pantera (1992)

"‘A New Level’ é uma selvageria completa no seu melhor e teve um enorme impacto em mim. Eu sempre curti muitas bandas de metal na época, mas quando descobri o Pantera não havia nada parecido, foi um chute nas bolas."

"Roots" - Sepultura (1996)

"O álbum inteiro é esmagador – é tão sujo que você quer lavar seus ouvidos depois. Eles foram uma das primeiras bandas de metal que eu vi ao vivo também em 1996, eu tenho uma afinidade e apego real a essa banda. Eu tinha visto bandas antes deles como Metallica e coisas de hard rock, mas este foi meu primeiro show de metal sem restrições em Newport Center, no País de Gales."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Three Dollar Bill Y’All" - Limp Bizkit (1997)

"Eu descobri o Limp Bizkit na época em que ‘Three Dollar Bill Y'All’ saiu, eles estavam apoiando o Korn em Newport Center. Naquela época, eles eram novos e não tão comerciais ou pop como seriam mais tarde, então, esse álbum é muito mais como o ‘Roots’ em termos de ser sujo e pesado. Há algo sobre isso quando as bandas não estão tentando soar limpas ou populares, elas estão apenas fazendo o que fazem e toda aquela era Ross Robinson de bandas de nu metal capturou minha imaginação."

"Slipknot" - Slipknot (1999)

"Eu realmente amo toda aquela era do metal de meados dos anos 90, início dos anos 2000, onde a produção não era polida e não era bonita. O álbum de estreia do Slipknot é um ótimo exemplo; é muito cru, visceral e intenso e assim que ouvi, foi como um soco na cara (...). Todo o resto que eu ouvia era mais polido e tradicional, então, ter algo como ‘Scissors’ realmente mudou como eu me sentia em relação ao metal. É ‘horrível, da melhor maneira possível.’"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Korn" - Korn (1994)

"Eles eram o som de uma geração. Aquela coisa toda de guitarra de sete cordas afinada com esses vocais insanos (...). Era muito perigoso e cru, mas para um jovem de 14 anos eu não conseguia entender e não entendi até que eu fiquei mais velho e cresci com a banda que percebi o quão incrível aquele álbum é. Ainda resiste ao teste do tempo."

"Metallica" - Metallica (1991)

"O ‘Black Album’ do Metallica é a principal razão pela qual estou em uma banda. O álbum inteiro é icônico e muito lento, não há momentos reais de velocidade, mas ‘Holier Than Thou’ é a única faixa que realmente leva de volta ao que eles estavam fazendo em ‘…And Justice For All’ e nos discos anteriores. Eles tinham esses solos destruidores, mas essa música é um destaque para mim."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Alive Or Just Breathing" - Killswitch Engage (2002)

"‘Alive Or Just Breathing’ do Killswitch Engage estava se tornando realmente popular quando Bullet For My Valentine estava surgindo. Nós não éramos necessariamente os mesmos estilisticamente, mas o que eles estavam tentando fazer era o que queríamos também – um toque moderno e agressivo em músicas clássicas de heavy metal com riffs agressivos, refrões maciços e muitos riffs, assim como você pode ouvir em ‘My Last Serenade’. Tentando trazer o heavy metal chutando e gritando para o século 21.

‘Alive Or Just Breathing’ foi enorme para mim – por mais conexão que eu tive com Korn ou Metallica, havia algo mais relacionável sobre Killswitch para mim em termos de quem eles eram, de onde eles vieram e o tipo de música que os havia inspirado. Era como ‘esses caras entendem’. Eles foram uma grande parte de como o som do Bullet se tornou o que ele fez."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Burn My Eyes" - Maachine Head (1994)

"Lembro-me do impacto que ‘Old’ teve em mim – fiquei paralisado (...). Mais uma vez, a produção, o som da bateria, os timbres da guitarra, a agressividade… que disco de estreia. ‘Burn My Eyes’ é provavelmente o meu disco de estreia favorito de todos os tempos. Não consigo ver mais nada que possa vencê-lo.

Esse álbum mostrou inconfundivelmente quem era o Machine Head e teve um grande impacto no que o Bullet se tornaria – não que tentássemos ser eles, mas algo neles era tão pesado que nos inspirou. Esse álbum é o motivo pelo qual reduzimos nossas guitarras, é por isso que trabalhamos com o [produtor] Colin Richardson. É icônico e Robb [Flynn, guitarrista/vocalista do Machine Head] ainda está fazendo isso hoje, tocando sets de três horas. Do que esse homem é feito?!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Adrenaline" - Deftones (1995)

"Eu os descobri através da conexão Limp Bizkit/Korn. A primeira música que ouvi foi na verdade Bored e eu não gostei.

Eu peguei o álbum, descobri outras coisas que eram mais energéticas e fiz muito com as guitarras que realmente me tornaram um fã deles. Sou fã desde então – ninguém mais soa como Deftones. Muitas bandas foram influenciadas por eles e adotaram esse estilo, mas eles não podem fazer isso como os Deftones fazem."

"Divine Intervention" - Slayer (1994)

"Como você pode não ouvir Slayer quando você tem 15 anos e está cheio de raiva e energia? Eles são o que são e nunca foram outra coisa. ‘Dittohead’ é uma música retorcida do álbum ‘Divine Intervention’ e vai direto desde o primeiro segundo. Não há construção ou tentativa de ser legal ou inventivo, é puro estilo Slayer.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O vocal de Tom Araya é inconfundível, eu me esforcei para ouvir e entender no começo, porque é um soco puro na cara."

Para ouvir três músicas de cada disco, acesse a playlist a seguir.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

NFL Steve Harris


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Bullet For My Valentine é o "Falamansa do Metal", diz Regis Tadeu

Resenha - Bullet for my Valentine (Audio, São Paulo, 03/09/2022)

O álbum do Metallica que foi fundamental para a criação do Bullet For My Valentine

Os discos que mudaram a vida de Matt Tuck, vocalista do Bullet For My Valentine

Bullet For My Valentine divulga versão deluxe de seu álbum autointitulado; ouça aqui

Bullet For My Valentine lança seu novo single, "No More Tears To Cry"; confira aqui

Veja show completo do Bullet For My Valentine no Hellfest 2022

Metal: dez álbuns de metal que poderiam ter sido bons mas algo deu errado

Bullet For My Valentine: a melhor música de cada álbum de estúdio

BFMV: "foi uma mudança de vida", afirma líder sobre primeiros álbuns

Mick Jagger: em cerimônia na escola do filho em São Paulo

Oh, não!: clássicos do Rock Heavy Metal e que foram "estragados" pelo tempo


Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.

Mais matérias de Mateus Ribeiro.