Vocalistas: Dez estreias inesquecíveis - Parte 1

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar correções  |  Ver Acessos

A mudança de vocalista normalmente costuma ser um fato marcante na carreira de bandas conceituadas. Em alguns casos, essas mudanças trazem resultados que não são exatamente satisfatórios, e talvez o maior exemplo disso seja a troca de Bruce Dickinson por Blaze Bayley no posto de vocalista do IRON MAIDEN.

Morbid Angel: "banda satânica, eu jamais voltaria", diz SandovalChester Bennington: a tocante carta que ele escreveu para Chris Cornell

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por outro lado, algumas trocas foram grandes acertos, e isso em alguns casos já foi mostrado ao mundo no primeiro trabalho. Confira abaixo dez estreias inesquecíveis de vocalistas em grandes bandas de Heavy Metal e Rock And Roll!

1 - Bruce Dickinson
Banda: IRON MAIDEN
Álbum de estreia: "The Number Of The Beast" (1982)

Após dois ótimos discos, o IRON MAIDEN decidiu trocar Paul Di'Anno por Bruce Dickinson, que era vocalista do SAMSON. O estilo de Bruce deu uma nova cara para o som da banda, e ajudou o Maiden a se transformar em um dos maiores nomes da historia da música pesada.
O primeiro trabalho de Bruce com a banda é o ótimo "The Number Of The Beast" relembrado até hoje como um dos melhores trabalhos do Maiden, e que conta com grandes clássicos, como a faixa título, "Run To The Hills", "Hallowed Be Thy Name", "Children Of The Damned" e"22 Acacia Avenue".

2 - Brian Johnson
Banda: AC/DC
Álbum de estreia: "Back In Black" (1980)

A missão de Brian Johnson era pesada, afinal, o AC/DC vinha de um álbum sensacional ("Highway To Hell"), e o antigo vocalista, Bon Scott, havia morrido de forma trágica. O estreante Brian Johnson não só deu conta do recado como gravou um dos discos mais vendidos da historia da música.

3 - John Bush
Banda: ANTHRAX
Álbum de estreia: "Sound Of White Noise" (1993)

A entrada de John Bush mudou radicalmente o som do ANTHRAX, o que deixou muita gente de cabelo em pé, porém, trouxe uma leva de novos fãs para a banda. O álbum da estreia de John é o ótimo "Sound Of White Noise", que traz uma das melhores músicas do ANTHRAX, a magistral "Only".

4 - Andi Deris
Banda: HELLOWEEN
Álbum de estreia: "Master Of The Rings" (1994)

Outro caso em que a banda mudou o estilo do som. Apesar de muita gente torcer o nariz no início, Andi Deris aguentou bem, e se tornou o vocalista com mais tempo de banda, graças aos trabalhos que escreveu nesses vinte e cinco anos de historia.

Seu primeiro trabalho é o magnífico "Master Of The Rings", repleto de ótimas músicas, como "Sole Survivor", "Where The Rain Grows", "Why?", "In The Middle Of A Heartbeat" e "Perfect Gentleman".

5 - Dio
Banda: BLACK SABBATH
Álbum de estreia: "Heaven And Hell" (1980)

Substituir a voz da maior banda de Metal da historia é uma bucha e tanto. Não para uma das maiores vozes que o planeta já presenciou.
O baixinho ajudou o Sabbath a mudar seu som de maneira significativa, e "Heaven And Hell" é um dos maiores discos de Metal de toda a historia.

6 - Mike Patton
Banda: FAITH NO MORE
Álbum de estreia: "The Real Thing" (1989)

O versátil vocalista entrou no FNM já gravando aquele que se tornaria o maior trabalho da banda, o genial e insano "The Real Thing", um álbum que já nasceu clássico. Músicas como "Epic", "Falling To Pieces", "From Out Of Nowhere" e "Zombie Eaters" transformaram o FNM em um fenômeno, e Mike Patton tem uma grande parcela de "culpa" em todo esse processo.

7 - Sammy Hagar
Banda: VAN HALEN
Álbum de estreia: "5150" (1986)

A missão de substituir um ícone do tamanho de David Lee Roth está longe de ser algo fácil, mas Sammy Hagar a cumpriu com muita competência. Seu primeiro trabalho com a banda, o excepcional "5150", que além de trazer maravilhas do tamanho de "Why Can't This Be Love", abriu caminho para uma nova fase na carreira do VAN HALEN.

8 - Timo Kotipelto
Banda: STRATOVARIUS
Álbum de estreia: "Fourth Dimension" (1995)

Após alguns álbuns contando com os vocais de Timo Tolkki, a banda finlandesa apresentou ao mundo o jovem Timo Kotipelto, que ajudou (e muito) o STRATOVARIUS a se tornar uma das maiores bandas de seu estilo em todos os tempos.

O grandioso "Fourth Dimension" traz ótimos temas, como "Distant Skies", "Stratovarius", "Against The Wind" e "Winter".

9 - Steve "Zetro" Souza
Banda: EXODUS
Álbum de estreia: "Pleasures Of The Flash" (1987)

Após a saída do grandioso Paul Baloff, a missão de segurar o rojão ficou a cargo de Steve "Zetro" Souza, que acabou se tornando o vocalista com mais álbuns gravados com o EXODUS. O primeiro álbum de Steve com a banda é "Pleasures Of The Flesh", uma ótima continuação para o fundamental "Bonded By Blood".

10 - Tim "Ripper" Owens
Banda: JUDAS PRIEST
Álbum de estreia: "Jugulator" (1997)

É verdade que Tim "Ripper" gravou só dois álbum com o Judas. É outro fato também que substituir Rob Halford não é uma tarefa das mais simples. Porém, Tim "Ripper" mandou ver, e tem que ser MUITO xarope pra falar que "Jugulator" (um verdadeiro chute na cara) é um disco ruim.

Em breve, a parte II.

E aí, qual sua sugestão?


Vocalistas - As estreias inesquecíveis

Vocalistas: Dez estreias inesquecíveis - Parte 2Vocalistas
Dez estreias inesquecíveis - Parte 2

Todas as matérias sobre "Vocalistas - As estreias inesquecíveis"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Maiores e MelhoresTodas as matérias sobre "Vocalistas - As estreias inesquecíveis"Todas as matérias sobre "Iron Maiden"Todas as matérias sobre "Black Sabbath"Todas as matérias sobre "Judas Priest"


Morbid Angel: banda satânica, eu jamais voltaria, diz SandovalMorbid Angel
"banda satânica, eu jamais voltaria", diz Sandoval

Chester Bennington: a tocante carta que ele escreveu para Chris CornellChester Bennington
A tocante carta que ele escreveu para Chris Cornell


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

Goo336x280