Rock Brasileiro: uma lista das 10 maiores bandas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Diego Martins Salomão
Enviar correções  |  Comentários  | 

O rock brasileiro tem inúmeras facetas, e é impossível listar todos os seus grandes nomes sem cometer alguma injustiça. Por isso, a lista a seguir só foi até o número dez, para falar das mais relevantes bandas que já surgiram por aqui. Bom divertimento e boas discussões!

5000 acessosGuitarras e Baixos: Perguntas e Respostas5000 acessosIvete Sangalo: "Ouço muito SOAD, Linkin Park, Slipknot e Rush"

1-Legião Urbana

Em 2014, completam-se 18 anos da morte de Renato Russo... E a Legião Urbana ainda é um dos nomes mais rentáveis da EMI Odeon. Afora isso, suas músicas ainda são hinos tocados e cantados em qualquer canto do país. Porque são fáceis, dizem os críticos. Dane-se! O fato é que o sucesso estrondoso do grupo e a relação messiânica que os fãs ainda têm por Renato é algo digno da maior banda de rock do Brasil. Muito maior que suas limitações técnicas.

2-Titãs

Nunca, em tempo algum, o Brasil viu uma banda tão diferente e tão versátil. O fato de serem oito integrantes – sendo cinco cantores – era algo quase irrelevante perto da heterogeneidade de seu repertório: pop, brega, new wave, punk, música eletrônica, hard rock, heavy metal, acústico... Os Titãs fizeram de tudo e muito mais; afinal, por onde se olha, você vê um disco ou música produzida, composta ou arranjada por uma dessas oito cabeças geniais!

3-Os Mutantes

Corriam os anos 60, quase entrando nos 70, e o Brasil ainda parecia estagnado na Jovem Guarda, até surgirem os Mutantes. Talvez, a primeira das grandes bandas de rock tupiniquins, que ensinou ao nosso país os efeitos da distorção, as sonoridades dos anos 70 e – por que não dizer? – os efeitos das drogas nos primórdios do rock progressivo. Ah, isso sem falar em Rita Lee; a Rainha do Rock Brasileiro, que começava ali sua trajetória.

4-Sepultura

Futebol, samba, mulheres, praias... E Sepultura! Sim, os metaleiros mineiros são até hoje a banda brasileira mais famosa no exterior. Ao longo de 20 anos de carreira, cantando em inglês, eles levaram a bandeira verde e amarela aos quatro cantos do mundo, dando uma nova e inédita face ao nosso rock’n roll. Não precisavam de mais nada para ocupar o quarto lugar.

5-Os Paralamas do Sucesso

O Clash fez. O Police fez. Mas foram os Paralamas que melhor resolveram o eterno namoro entre o rock e o reggae. O grupo que começou adolescentemente reclamando que “não pegava ninguém” acabou se tornando quase uma unanimidade, com seus teclados e metais tão bem encaixados ao peso do bom e velho “baixoguitarraebateria”. Tecnicamente, são provavelmente a melhor banda desta lista.

6-Barão Vermelho

Tem gente que torce o nariz. Dizem que a carreira-solo do Cazuza é muito melhor, que eles nunca teriam sido nada se não tivessem um vocalista filho do presidente da Som Livre... Conversa fiada. Uma banda de rock com blues nas veias, ou uma banda de blues mais roqueira que as demais, gerou uma das parcerias mais produtivas da nossa música: Cazuza/Frejat.

7-RPM

Talvez a coisa mais próxima que o Brasil tenha tido de uma “beatlemania”, o RPM foi revolucionário em vários aspectos. Em primeiro lugar, nunca uma banda brasileira teve tanto teclado e esteve tão próxima do rock progressivo. Em segundo lugar, eles jamais tiveram medo de ser comerciais, colocando, sem medo de ser feliz, um galã descamisado, como front man, sem deixar cair a qualidade do som. No fim, o grupo foi consumido pelas drogas e egos, mas suas vendagens absurdas e as legiões de fãs enlouquecidas não deixam o mito ruir.

8-Secos e Molhados

O disco de estreia. Os Secos e Molhados não precisaram de mais do que isso para virar mitos. Lendas dizem que suas pinturas de rostos inspiraram o Kiss. Não sei e sinceramente não acho que importe. Inovaram visualmente e musicalmente, com músicas que são, até hoje, verdadeiros hinos. Do riff contagiante de O Vira à letra genial de O Patrão Nosso de cada dia, tudo ali marcou época. Especialmente a fantástica voz de Ney Matogrosso.

9-Ratos de Porão

João Gordo diz que não é mais punk, e seus fãs o cobram por isso. Mas como esquecer das origens dessa banda, que surgiu em meio ao movimento proletário de São Paulo e conquistou o mundo? Como esquecer que eles foram a primeira grande punk do Brasil? Pois, se aqui, hoje em dia, seus shows não atraem mais de mil e poucas pessoas, lá fora os Ratos ainda são cultuados como referências do hardcore. E disso ninguém deve se esquecer.

10-Mamonas Assassinas

Eles não foram os primeiros e certamente não serão os últimos a misturar música e humor. Mas possivelmente são os melhores. Não conseguiam fazer músicas sérias e começaram a fazer piadas, liderados por um dos grandes imitadores do Brasil. Seu único disco de estúdio é, até hoje, um marco, com as melhores referências que se possa imaginar, trabalhadas por uma banda incrivelmente competente. A tragédia que lhes tirou a vida, às vezes influi em seu valor, mas como ouvir seu disco de estreia e não – no mínimo – respeitá-los?

Os responsáveis são citados no texto. Não culpe os editores. :-)

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

0 acessosTodas as matérias da seção Maiores e Melhores

Guitarras e BaixosGuitarras e Baixos
Perguntas e respostas sobre os instrumentos

Ivete SangaloIvete Sangalo
"Ouço muito SOAD, Linkin Park, Slipknot e Rush"

MulheresMulheres
10 músicas que ajudarão a conquistá-las

5000 acessosInstagram: as fotos mais legais do perfil de James Hetfield5000 acessosEm 10/08/1993: Euronymous é assassinado por Varg Vikernes5000 acessosVinil: quais são os dez discos mais valiosos do mundo?4988 acessosAbrindo o jogo: entrevista com Edu Falaschi5000 acessosKerry King: pensou em abandonar tudo por causa do Limp Bizkit5000 acessosOzzy Osbourne: fotos mostram madman peladão com banda hippie em 1969

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Diego Martins Salomão

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online