RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemManowar confira apresentação única em São Paulo para setembro

imagemAs frases que Taylor Hawkins disse repetidamente para Ozzy Osbourne semanas antes de morrer

imagemJohn Lennon queria regravar todas as músicas dos Beatles, segundo produtor George Martin

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemA inesperada opinião de Bell Marques (ex-Chiclete com Banana) sobre o rock progressivo

imagemSite chileno cita data do Iron Maiden no país e medalhões como possíveis bandas de abertura

imagemAngra anuncia sua turnê "The Best Of 30 Years" com setlist renovado

imagemCristina Scabbia se queimou com óleo fervendo e ficou com "mapa da Europa" no rosto

imagemThiago Bianchi explica sucessão de problemas durante show de Paul Di'Anno

imagemPaul McCartney: a banda de Metal que o levou ao lado negro da força

imagemC.J. sobre seu primeiro show com os Ramones: "Foi Cuspe, moeda, garrafa, sapato…"

imagemPink Floyd: Nick Mason comenta as músicas que formam a trilha sonora de sua vida

imagemA nobre razão pela qual Kerry King parou de beber antes dos shows do Slayer


Exilio Angel

Gibson: 10 guitar heroes nomeiam seus guitar heroes

Por Paulo Giovanni G. Melo
Fonte: Gibson
Postado em 12 de junho de 2014

Guitarristas sempre têm ídolos que os levaram a tocar o instrumento. Às vezes essas influências são diretamente ligadas ao tipo de música que eles acabam seguindo, mas, em alguns casos, o contato com o mundo do Rock ou do Blues pode ser apenas um ponto de partida e eles acabam seguindo uma direção completamente diferente. Mas o que dizer sobre os heróis da guitarra que os inspiraram? Nesta lista estão dez guitarristas influentes que falam sobre seus próprios heróis da guitarra.

1. Billy Gibbons

Pode não ser surpresa que Gibbons tenha se inspirado em Robert Johnson. "Todos prestavam atenção em suas faixas. Mas assim como muitas vezes foram feitos covers, regravações e reinterpretações de Robert Johnson, nenhum guitarrista conseguiu recapturar o DNA interno dele", disse Gibbons em uma entrevista à NPR sobre a primeira vez que ouviu Johnson. "Você pode pegar a mesma guitarra, ir ao mesmo quarto de hotel, mas fazer como R.J. fez em 1936 - esqueça. Não rola."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

2. Eddie Van Halen

Em sua primeira grande entrevista como músico profissional em 1978, Eddie Van Halen falou à revista Guitar Player sobre suas influências: "minha principal influência foi Eric Clapton. Percebo que meu estilo não soa como o dele, mas conheço cada solo que ele já tocou, nota por nota, até hoje. Meus favoritos são os das versões ao vivo de "Spoonful" e "I'm So Glad" do CREAM. Também gostava muito dos solos de Jimi Hendrix."

3. Slash

"Basicamente, todo o meu estilo de tocar é influenciado por guitarristas de Blues. Pode parecer surpreendente, mas é daí que surge toda a minha viagem. [...] Então também tem Jimi Hendrix, Mick Taylor, Jeff Beck - toda minha instrução vinha de guitarristas clássicos dos anos 60 e 70. [...] Percebi que a levada era essencialmente a mesma que eu estava ouvindo o tempo todo - apenas o contexto era diferente. Escutei vários grandes guitarristas de Blues, mas os dois caras mais consistentes que me lembro são Albert King e BB King. O estilo deles nunca desaparece", disse Slash em entrevista ao MusicRadar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

4. Joe Bonamassa

Ter uma boa vibrato [técnica usada em instrumentos de corda] é importante para todos os guitarristas, ainda mais para músicos de Blues, que basicamente usam a guitarra para transmitir sentimentos ao público. Joe Bonamassa falou de suas influências quando o assunto é vibrato em uma entrevista à Guitar Center: "aprendi sobre vibrato basicamente com três pessoas: BB King tem o vibrato mais identificável, você sabe que é ele de cara. Também aprendi com Clapton e Paul Kossoff do FREE. Kossoff realmente mandava ver e conseguia o máximo de emoção em cada frase. A coisa mais importante que aprendi com esses três guitarristas é que a vibrato é, basicamente, sua impressão pessoal ou sua marca. Qualquer um pode tocar só as notas sem vibrato, mas seu estilo linguístico e sua vibrato são seu DNA sonoro."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

5. Zakk Wylde

Quando a Gibson questionou Zakk Wylde sobre suas influências, o guitarrista revelou como ele veio a tocar uma Les Paul: "bem, tinha Jimmy Page, Randy Rhoads, Hendrix, Gary Moore, todos eles tocaram Gibsons. Além disso, eu já vi fotos de Clapton e Keith Richards com Les Pauls. Eu disse a mim mesmo, 'beleza, essa é a guitarra para mim'. É só a melhor guitarra do mundo. O espectro de sons que você pode obter com uma Les Paul é imbatível. Você pode tocar Al Di Meola com levada ou intensidade super metal. Você não pode fazer isso com qualquer outra guitarra. De maneira nenhuma."

6. Jack White

Velhos grandes nomes do Blues como Robert Johnson e Blind Willie McTell exerceram uma profunda influência sobre Jack White. Em entrevista ao The Guardian, ele explicou sobre estas raízes do Blues que o inspiram: "como compositor, mesmo se você estiver cantando sobre outras pessoas ou fazendo um personagem, ainda é o seu trabalho diante do mundo e tudo começou nas décadas de 1920 e 1930 com estes cantores de Blues. Foi a primeira vez na história que uma única pessoa foi gravada contando uma história qualquer para o mundo." Mas Jack não está totalmente focado no passado. Quando ele foi entrevistado pelo ex-baixista do GUNS N'ROSES, Duff McKagan, para o Seattle Weekly, ele revelou que foi inspirado pela ex-banda de Duff em sua juventude: "escutei muito sua música quando era mais jovem, o que por sinal foi uma grande influência sobre mim."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

7. Mattew Bellamy

Sem dúvida que o frontman do MUSE se baseia em uma série de influências de vários gêneros quando está escrevendo canções para sua banda. Mas quando o assunto é tocar guitarra, existe uma pessoa em particular que o inspira, como ele contou à NME: "a primeira vez que realmente me animei com guitarras foi quando tinha 12 anos. Naquela época não estava por dentro da música pesada. Tudo rolava sobre coisas que meu pai tocava - Dick Dale, Simon & Garfunkel. Mas então vi um vídeo de Jimi Hendrix tocando na famosa apresentação no Festival Monterey Pop. Mais do que as músicas, o que mudou minha vida foi a liberdade, a expressão que ele deu à performance. Havia uma sensação de selvageria, perigo irresponsável, que chegou ao auge quando ele quebrou e colocou fogo em sua guitarra no final."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

8. Richie Sambora

Em uma entrevista ao The Hollywood Reporter, Richie falou sobre o que o inspirou a tocar em seu álbum solo "Aftermath of the Lowdown": "houve uma ferocidade de comunicação entre nós que você realmente pode ouvir neste disco. Eu decidi deixar aquelas jams estendidas. Aquelas foram minhas influências, os Jimi Hendrix do mundo, Eric Clapton e Jeff Beck - caras que tocavam suas guitarras elétricas e movidos unicamente por você."

9. Joe Perry

O guitarrista do AEROSMITH revelou à Premier Guitar que a primeira encarnação do FLEETWOOD MAC com Peter Green no comando afetou demais seu estilo como guitarrista: "realmente tenho o estilo, a atitude e o som de Peter Green. Esses caras não se importavam em ser estrelas do Rock. Tudo era música para eles. Virei um grande fã do FLEETWOOD MAC. Creio que você poderia dizer que eu fui muito influenciado pela segunda onda de bandas britânicas, como o THE YARDBIRDS, FLEETWOOD MAC e o THE WHO."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

10. Dan Auerbach

Não é surpresa que Dan Auerbach do THE BLACK KEYS é fortemente influenciado pelo falecido guitarrista de Blues Junior Kimbrough. Afinal, o THE BLACK KEYS lançou um álbum com covers de Kimbrough em 2006, chamado "Chulahoma". Em entrevista à Guitar World, Dan falou sobre o que o inspira na música de Kimbrough: "Junior mudou tudo para mim. Quando ouvi seu álbum 'All Night Long', saí da faculdade e comecei a tocar sério. É uma estranha música dançante do Mississipi. Ele apareceu com um estilo próprio, influenciado por culturas locais. Ele teve a coragem de tentar algo diferente."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Bo Diddley: Gretsch G6199 "Billy-Bo" Jupiter Thunderbird

ZZ Top: uma foto de quando os pêlos ainda eram raros

ZZ Top: como uma banda de barbudos tem um cara chamado Frank Beard que não é barbudo?


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Paulo Giovanni G. Melo

Mineiro de Belo Horizonte. Fã de Hard Rock e Heavy Metal, especialmente a partir dos anos 80, não dispensa um disco ao vivo destes estilos. Entre várias de suas bandas preferidas estão Ratt, Aerosmith, Buckcherry, The Cult, Whitesnake, Whitecross, Guns N' Roses e Motley Crue.
Mais matérias de Paulo Giovanni G. Melo.