Rock: as dez lendas mais macabras do gênero

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Ultimate Classic Rock, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Texto originalmente postado no Ultimate Classic Rock. Todos os direitos, até mesmo as reclamações, cabem ao primeiro autor, Sterling Whitaker.

Nem sempre é fácil ser famoso. Claro que possui suas vantagens, como o dinheiro, a fama e todo o excesso que vem com eles. Mas como desvantagem você tem que aturar vários rumores, alguns bem bobos, outros nem tanto. O rock sempre foi um moinho de fofocas e algumas destas histórias são não somente absurdas como também macabras. Elas são repetidas até tornarem-se lendas e algumas das mais nojentas acabam se tornando verdadeiras. Continue a leitura para descobrir tudo sobre as 10 mais macabras lendas do Rock e se elas são verdadeiras ou não.


10: A Língua de vaca de Gene Simmons

O KISS é uma banda que costuma fazer quase qualquer coisa por atenção, e ninguém o faz mais do que o baixista Gene Simmons. O extrovertido músico frequentemente brinca sobre as vantagens sexuais de sua grande língua, mas Simmons também é publicamente zombado nas macabras lendas do rock por supostamente possuir uma língua de vaca enxertada em sua própria, para criar este tão conhecido apêndice.

Veredicto: FALSO


09: A Transfusão de Sangue de Keith Richards

Não é segredo que Keith Richards realmente abusou do uso de drogas durante toda sua vida. O músico já foi protagonista de um violento rumor que não se esvai, que afirmava que ele estava tão desesperado para se limpar da heroína usada durante uma turnê européia em 1973 que ele teve todo seu sangue trocado por sangue limpo em uma clínica na Suíça. O guitarrista, porém, nega a história, afirmando que inventou tudo ao já estar irritado com perguntas sobre as drogas. Pessoas próximas, porém, afirmam que ele sofreu hemodiálise para “simplesmente” livrar seu sangue de toxinas.

Veredicto: Verdadeiro e Falso


8: Stevie Nicks e as drogas retais

Stevie Nicks é mais uma personalidade do rock que já admitiu seu passado de abuso extremo de drogas, especialmente cocaína. Mas a persistente lenda conta que a cantora desenvolveu uma tolerância tão alta à droga que ela só conseguia sentir seus efeitos se a absorvesse pelo seu reto, para obter uma dose mais pura. Este rumor a seguiu durante tanto tempo que foi preciso negá-lo publicamente.

Veredicto: FALSO


07: Mick Jagger e o chocolate

Em fevereiro de 1967, policiais seguindo denúncias, fizeram uma batida na casa de Mick Jagger em busca de drogas. Ao adentrar a residência encontraram o músico, a cantora Marianne Faithfull e outros na sala de estar. A polícia clama ter apanhado Jagger comendo um chocolate ( Mars) da vagina de Faithfull, que estava enrolada somente em um lençol, uma afirmação que ela vigorosamente negou em sua autobiografia, alegando ser somente a fantasia de um homem velho e pervertido.

Veredicto: FALSO


06: KISS deu o sangue para uma História em Quadrinhos da Marvel

Algumas vezes as lendas mais loucas acabam sendo verdade. O KISS foram inspiração para uma história em quadrinhos, dado seus tão carismáticos personagens e inigualáveis inclinação para sua própria divulgação. Em 1977, porém, a banda se superou quando deixaram seu sangue ser tirado e o adicionaram à mistura de tinta para a primeira edição da Marvel Comics Super Special KISS Comic Book. Os músicos foram até fotografados doando sangue para seu tão questionável projeto. Levando em conta todo seu passado sexual e abuso de drogas, você ia querer seu filho segurando uma HQ com o sangue do KISS?

Veredicto: VERDADEIRO


5: FRANK ZAPPA ganha concurso de nojeiras

Frank Zappa era muito excêntrico. Era fácil para seus fãs acreditarem em coisas estranhas sobre o músico. Uma das 10 lendas mais macabras do Rock afirma que uma vez Zappa ganhou um concurso de nojeiras no palco (alguns dizem que foi contra Captain Beefheart, outros ALICE COOPER), após comer as fezes de seu oponente que havia defecado no palco. Uma outra variação diz que Zappa apenas defecou no palco, mas ele explicou em sua autobiografia: “Para constar, caras, eu nunca caguei no palco, e o mais perto que cheguei de comer merda foi no Buffet do Hoiday Inn na Carolina do Norte em 1973”.

Veredicto: FALSO


04: Rod Stewart e a lavagem estomacal

A reputação de Rod Stewart com as mulheres o precede, e sua nova autobiografia não esconde a extensão de sua lendária vida sexual. Uma lenda, porém, afirma que Stewart teve que correr para o hospital em busca de uma drenagem no estômago, após ingerir muito sêmen de um grupo de marinheiros, e vários relatos afirmaram ser quantidades próximas a um galão.

Stewart atribui a história a um malicioso assistente recém-despedido “Nunca tive que receber uma lavagem estomacal. Seja de sêmen de marinheiros ou qualquer outro tipo”.

Veredicto: FALSO


03: Keith Richards cheirou as cinzas de seu pai

Em 2007, Keith Richards virou manchete internacional ao contar ao New Musical expresse que cheirou as cinzas de seu pai misturadas com cocaína. Ele afirmou mais tarde que a frase havia sido retirada do contexto, negando o ocorrido. Em sua autobiografia “Life”, o guitarrista confirmou que de fato cheirou seu velho pai, mas não misturado com cocaína. Richards alega que algumas cinzas de seu pai sopraram na mesa enquanto ele as espalhava, e cheirá-las parecia uma opção melhor do que simplesmente jogar os resíduos fora.

Veredicto: VERDADEIRO


02: Led Zeppelin e o incidente com o peixe

Os integrantes do LED ZEPPELIN estavam na Edwater Inn, em Seattle, durante sua primeira turnê nos Estados unidos. Aparentemente é verdade que alguns membros da banda, seu Road mananger e membros do VANILLA FUDGE estiveram envolvidos no ato de usar um peixe que haviam pescado para penetrar uma jovem groupie. Robert Plant negou a história logo em seu inicio, mas alguns dos outros presentes confirmaram tudo, e ainda disseram que haviam esposas assistindo tudo.

VEREDICTO: VERDADEIRO


01: OZZY morde uma cabeça de morcego

OZZY OSBOURNE ganhou infâmia do dia para a noite após um incidente ocorrido em janeiro de 1982 em Des Moines, Iowa. Durante o pico de seu problema com drogas, Osbourne estava tocando, quando um membro da platéia jogou um morcego no palco. Ozzy, acreditando que se tratava de um brinquedo de borracha, arrancou sua cabeça com os dentes, descobrindo da pior maneira que era um animal de verdade. O ocorrido não só alimentou sua lenda de “madman” do Rock, mas também fica em primeiro lugar neste top 10. Ainda devemos mencionar que Ozzy também arrancou a cabeça de uma pomba, foi preso por urinar no Álamo (antiga igreja no Texas), e cheirou uma carreira de formigas vivas. VIVA OZZY!

Veredicto: VERDADEIRO

Matéria relacionada:
5000 acessosBoatos no rock: auto-felação, satanismo, sexo bizarro?

Os responsáveis são citados no texto. Não culpe os editores. :-)

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Madman confessa qual o pior dos vícios que ele já teve

88 acessosEm 11/06/2010: Ozzy Osbourne lança o álbum Scream316 acessosOzzy e NIN: Headliners em festival nos EUA0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ozzy Osbourne"

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1983

Zakk Wylde e Dave GrohlZakk Wylde e Dave Grohl
A treta por causa de canções para Ozzy

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
No topo da lista das músicas mais difíceis de entender

0 acessosTodas as matérias da seção Maiores e Melhores0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"0 acessosTodas as matérias sobre "Kiss"0 acessosTodas as matérias sobre "Rolling Stones"0 acessosTodas as matérias sobre "Frank Zappa"0 acessosTodas as matérias sobre "Rod Stewart"0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"

Phil AnselmoPhil Anselmo
"Sou o rei da falsidade! É isso que a heroína faz!"

Guitar WorldGuitar World
Os 100 melhores guitarristas de hard rock

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1983

5000 acessosFama: 5 bandas que são grandes no exterior e nem tanto no Brasil5000 acessosLobão: show mais curto da história do Rock não pertence a ele5000 acessosDedo x Palheta: Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debate5000 acessosThe Beatles: As 10 canções mais (injustamente) subestimadas5000 acessosFechando com chave de ouro: As melhores faixas finais do metal melódico5000 acessosTommy Bolin: Os excessos estavam acabando com aquele cara

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 31 de outubro de 2012
Post de 02 de novembro de 2012
Post de 25 de junho de 2014
Post de 15 de agosto de 2014

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online