Guns N' Roses: as dez melhores (segundo a Loudwire)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Loudwire, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

A loudwire publicou mais uma de suas listas do tipo "as dez mais". A banda desta vez está também, com certeza, entre as dez mais de qualquer lista de mais importantes bandas de rock, o GUNS N' ROSES. Lembramos que as escolhas abaixo foram feitas pelos colaboradores da Loudwire e apenas traduzidas aqui.

874 acessosGuns N' Roses: visita dos músicos a Jerusalém é cancelada5000 acessosContra-baixo: as melhores introduções do Heavy Metal

10 'Nightrain'

De: 'Appetite for Destruction' (1987)

Slash e Izzy receberam os créditos para os riffs incríveis que impulsionam essa música, mas Christopher Walken pode ficar muito feliz com a quantidade de chocalhos que Steven Adler usa na faixa. Slash disse em sua autobiografia, "Essa música tem um ritmo que desde o início sempre me fez ficar louco ... Quando tivemos um palco enorme, eu corria o comprimento dele inteiro, saltava os amplificadores e deixava tudo solto cada vez que eu a tocava".

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

9 'Civil War'

De: 'Use Your Illusion II "(1991)

O que há com Axl Rose assobiando? Não temos certeza, mas a cada vez que ele faz isso, ele nos balança completamente. Em "Civil War", no entanto, há muito mais que isso, o que a faz uma das nossas 10 melhores músicas do GUNS. Talvez seja a inclusão do discurso do "Cool Hand Luke" no início. Talvez sejam os riffs obscuros, melódicos e comoventes de SLASH. Ou pode ser apenas por que Rose bate forte ao discutir a batalha pelos direitos civis, conflitos militares e assassinatos motivados pela política. Seja qual for o motivo, "Civil War" simplesmente é um show.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

8 'Used To Love Her'

De: 'GNR Lies' (1988)

'Used To Love Her' pode não ter sido tão controversa como "One in a Million", mas esta faixa acústica cativante do EP 'Lies' recebeu muita atenção negativa para sua letra, 'Eu costumava amá-la / Mas Eu tive que matá-la / Ela fez tanta putaria / Ela me deixou louco". No entanto, a canção é declaradamente sobre o cão de Axl Rose, não uma mulher. Conteúdo polêmico aparte, a música ofereceu um groove inesquecível e é a canção perfeita para cantar junto quando afogando suas mágoas após um rompimento.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

7 'Mr. Brownstone "

De: 'Appetite for Destruction' (1987)

"Eu costumava levar um pouco, mas um pouco não seria suficiente / Então o pouco se tornou cada vez mais", disse tudo. A canção sobre abuso e dependência de drogas, e foi uma ode, de certa forma, a um traficante de drogas que fornecia as “poções mágicas”. Slash e Izzy Stradlin chegaram com riffs bluesy não usuais e a recusa de Rose em evitar um tema tabu nas letras, mais uma vez produziu uma canção que ficou gravada em nossos crânios por causa de seu turbilhão melódico e o desejo geral da banda em estar na nossa cara. Isso é o que os fez tão perigosos.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

6 'Estranged'

De: 'Use Your Illusion II "(1991)

“Épica” nem sequer começa a descrever 'Estranged'. Em 1991, a banda tinha alguns planos grandiosos para seus discos 'Use Your Illusion' e “Estranged” definitivamente caiu no lado mais experimental. A faixa não tinha refrão perceptível e contava com várias mudanças de estilo, mas foi genial. Dos riffs de guitarra memoráveis de Slash ao estilo de Matt Sorum de tocar bateria, 'Estranged' pegava as reflexões melancólicas de Axl Rose e as transformava em um triunfo.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

5 'Paradise City'

De: 'Appetite for Destruction' (1987)

Este hino flamejante certamente nos fez querer arrumar as malas e ir para o lugar onde "a grama é verde e as garotas são lindas". Rose cantava com uma fúria que é quase inigualável e Slash rasgava com riffs definitivos estrategicamente colocadas no início , meio e fim da música. Em última análise, o GN'R criou uma faixa com o tipo de escalada de tensão que você simplesmente não pode fingir. No momento em que atinge o crescendo, você mal consegue se segurar. Ela se move em um ritmo tão acelerado que ele embaralha os miolos dentro de sua cabeça. Uma canção de rock perfeitamente executada.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

4 'November Rain'

De: 'Use Your Illusion 1 "(1991)

'November Rain' é uma das baladas mais épicas, expansivas e exuberantes, ricas e complexas jamais escritas por uma banda de rock, então é por isso que é um dos 10 melhores canções do GUNS. Rose toca piano e coloca suas cartas emocionais com a face para cima na mesa, dando-nos quase 10 minutos de acesso irrestrito ao seu lado não-muitas vezes visto vulnerável. A música é cheia de picos e vales, e na hora que temos o crescendo "Você não acha que precisa de alguém", estamos muito felizes e exaustos. Esse é o poder da boa música. Essencialmente, é do "Stairway to Heaven" do GUNS.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

3. "Welcome to the Jungle '

De: 'Appetite for Destruction' (1987)

Você está na selva, baby. Você vai morrer!!!!! "Welcome to the Jungle" vem do debut do GN'R e foi a primeira experiência de muitos fãs de rock com a banda. Ela veio chega nos portões chutando, gritando e pedindo para ser ouvida com a sua abertura numa guitarra airhorn, lembrando a todos os pais lá fora, de tudo o que eles temiam sobre roqueiros com suas filhas. Musicalmente, mistura punk rock e metal, um coquetel molotov de juventude, habilidade, raiva, hormônios e do desejo de ficar cara-a-cara com o desconhecido. Ele vai te deixar de joelhos.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

2 'Patience’

De: 'Lies' (1988)

Uma balada em todos os sentidos da palavra, "Patience" traz o mais despojado e simples que já vimos ou ouvimos falar de Axl Rose. Os nervos estão expostos desde o início, quando a canção abre com um assobio melodioso. Ela vê Axl alternar entre um vocal baixo limpo, que ele carrega através dos dois primeiros terços da canção, ao fascinante e assustador final, onde ele admite "Eu tenho andado pelas ruas à noite / Só estou fazer as coisas direito" e "eu não tenho tempo para o jogo / Porque eu preciso de você ". Isso demonstra o poder redentor da música e da catarse que é possível através do rock.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

1 'Sweet Child O' Mine'

De: 'Appetite for Destruction' (1987)

O riff que abre a música é momento mais definitivo de Slash no GUNS. Foi a música que fez mães e irmãs gostarem do GUNS N’ ROSES, ao mostrar o lado mais suave da banda mais perigosa do rock. Na verdade, esses momentos mais sensíveis só serviram para provar o quão perigoso o rock and roll do GN’R realmente era. “Sweet Child O'Mine” não está apenas entre os 10 melhores canções do GUNS N’ ROSES, é uma das melhores canções já gravadas.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Os responsáveis são citados no texto. Não culpe os editores. :-)

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 20 de outubro de 2012
Post de 22 de outubro de 2012
Post de 10 de abril de 2014
Post de 10 de abril de 2014
Post de 10 de julho de 2016

Guns N RosesGuns N' Roses
Visita dos músicos a Jerusalém é cancelada após ataque terrorista

1429 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's1574 acessosFabio Lima: 13 músicas pelo Guns N' Roses0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

Guns N RosesGuns N' Roses
A ideia era ter lançado um novo álbum em 2016

Guns N RosesGuns N' Roses
Axl não gostou do Chinese e isto desanimou Stinson

Guns N RosesGuns N' Roses
A controversa frase de Axl em 92

0 acessosTodas as matérias da seção Maiores e Melhores0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"

Contra-baixoContra-baixo
As melhores introduções do Heavy Metal

Black SabbathBlack Sabbath
Mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill Ward

SlipknotSlipknot
Ana Maria Braga surpreende em abertura do Mais Você

5000 acessosSkank: banda foi enganada ao participar de programa da Xuxa5000 acessosMarilyn Manson: "perdi tudo por causa de Columbine"5000 acessosDuff sobre Axl: "Ele é só um cara preso a acontecimentos!"5000 acessosBlack Metal: o lado mais negro da cena brasileira5000 acessosMegadeth: Dimebag Darrell quase foi guitarrista da banda5000 acessosAndreas Kisser: não tenho por que não ouvir as bandas do Max

Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online