Matérias Mais Lidas

imagemSlash falhou em seguir o conselho de Keith Richards, que mesmo assim foi lá e o apoiou

imagemO dia que Ivete Sangalo arrasou cantando Slayer com João Gordo na TV aberta

imagem"Raimundos nunca quis ser manual de conduta para ninguém", diz Digão

imagemA opinião de Rita Lee sobre a fenomenal Cássia Eller

imagemA visionária melhor música do Genesis na opinião de Steve Hackett

imagemA hilária crítica de Roberto Frejat contra fala cheia de "pretensão" do Bon Jovi

imagemNoel Gallagher revela seu único arrependimento em sair do Oasis

imagemJulian Lennon relembra quando Paul McCartney escreveu "Hey Jude" para ele

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemO motivo que levou Michale Graves a fugir da própria turnê na América Latina

imagemO impagável apelido que Andre Matos deu a Luis Mariutti por sua pontualidade

imagemUriah Heep: a audição de David Coverdale para substituir David Byron

imagemDicionário do Metal: cinco bandas com a letra A

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemJohn Frusciante conta como "espíritos" auxiliam seu processo criativo


Samael Hypocrisy
Lift Detox

Cannibal Corpse: site elege os cinco melhores álbuns

Por Francisco Silva Júnior
Fonte: About.com
Postado em 30 de janeiro de 2011

O CANNIBAL CORPSE é uma das poucas bandas de death metal que recebeu atenção da grande mídia e é conhecida fora do meio metálico. Eles levantaram a ira do candidato presidencial republicano Bob Dole, foram proibidos de tocar músicas mais antigas na Alemanha, entraram nas paradas da Billboard em meados da década de 1990 e fizeram uma aparição no filme de Jim Carrey "Ace Ventura - Um Detetive Diferente". Mais importante do que toda a badalação do mainstream é a sua música. A banda é talvez a mais influente, a que mais vende e a mais antiga banda de death metal (embora alguns irão dizer que é o DEICIDE). Aqui estão os seus cinco melhores álbuns, segundo o site About.com.

1. The Bleeding (1994)

O último álbum do CANNIBAL CORPSE com o vocalista Chris Barnes (sem contar as gravações prévias do álbum "Created To Kill", mais tarde renomeado "Vile") não tem a técnica apurada dos seus álbuns sucessores, mas ainda assim é o seu melhor. É mais lento e tem mais groove do que os seus álbuns anteriores, mas as músicas são muito melhores. Três das músicas: "Staring Through The Eyes of the Dead", "F—ed With a Knife" e "Stripped, Raped and Strangled" tem sido tocadas nos shows desde 1994. Barnes oferece o seu melhor desempenho vocal e lírico de sua longa carreira no death metal. Neste álbum, Jack Owen e Rob Barrett (substituindo o guitarrista original Bob Rusay) despejam alguns dos mais memoráveis riffs do death metal dos anos 90. É o melhor do CANNIBAL CORPSE e um clássico do death metal.

2. Kill (2006)

A mudança do CANNIBAL CORPSE para o death metal técnico se iniciou a sério quando George "Corpsegrinder" Fisher entrou para a banda e culminou com este álbum. O baixista Alex Webster durante vários anos foi perguntado sobre a tão bem conhecida mestria musical, letras e capas de álbuns da banda. Em "Kill", as letras e as artes são deixadas de lado. A música é a fonte de toda a carnificina aqui – principalmente em músicas como "Make Them Suffer". "Kill" foi o primeiro álbum da banda produzido pelo guitarrista da banda HATE ETERNAL Erik Rutan, que também trabalhou no "Evisceration Plague".

3. Tomb of the Mutilated (1992)

Este álbum tem seguido toda a carreira do CANNIBAL CORPSE graças à arte de sua capa muitas vezes censurada e os títulos macabros de suas músicas. A banda ainda estava aprendendo o seu ofício, por isso algumas das músicas soam confusas e repetitivas. Mas este é o álbum mais famoso da banda e contém a música que é sua marca registrada "Hammer Smashed Face", isto garante esta posição.

4. Gallery of Suicide (1998)

O CANNIBAL CORPSE teve avanços realmente criativos no final dos anos 1990. Este é o segundo álbum com George Corpsegrinder Fisher na banda, e o primeiro com o guitarrista Pat O'Brien. O álbum foi um pouco controverso devido a direção mais experimental em músicas como "Blood Drenched Execution" e "Gallery of Suicide". A entrega de Fisher é implacável e O'Brien já chega acrescentando profundidade. Este álbum contém o destaque "From Skin To Liquid".

5. Gore Obsessed (2002)

Um grande salto na evolução técnica do CANNIBAL CORPSE, "Gore Obsessed" inclui músicas como "Pit Of Zombies" e "Hatchet To The Head". Álbuns anteriores como "Butchered At Birth" e "Eaten Back To Life" receberem mais atenção do que este álbum, uma jóia esquecida no catálogo da banda.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Stamp
Summer Breeze

publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Cannibal Corpse: segurança não conhecia a banda e se assustou com o que ouviu

"Eu realmente amo a voz de King Diamond", diz George Corpsegrinder

Metal extremo: 10 músicas que todos deveriam ouvir ao menos uma vez na vida

As 13 músicas mais assustadoras do heavy metal, em lista do Heavy Consequence

Spotify: a música mais tocada de 20 bandas de metal extremo

Top 5 Pescoços do Metal por Ian Garbinatto, "O Cara do Metal"

Cannibal Coffee: lendária banda de death metal lança seu café

Baterista do Cannibal Corpse quebra tudo (descalço) em "A Skull Full Of Maggots"

Drummers From Hell lança drumcam do Cannibal Corpse tocando "A Skull Full of Maggots"

Inteligência artificial cria clipe assustador do Cannibal Corpse com Homer Simpson

Slayer: não é tão grande para ser headliner, diz batera do Cannibal

Cannibal Corpse: baterista fala sobre participação no Ace Ventura

Cannibal Corpse: uma resenha de show feita como história em quadrinhos

Lynyrd Skynyrd: a história da espetacular "Simple Man"

David Gilmour largou vício maléfico após ouvir erro em disco do Pink Floyd


Sobre Francisco Silva Júnior

Francisco é natalense, casado, pai de um filho, doutor em Engenharia Elétrica e trabalha como professor da área de computação desde 2006. Seus maiores hobbies são o rock e o futebol. É corintiano fanático, colecionador de CDs e fã de muitas bandas de rock e metal, dos mais variados estilos, como Nirvana, Oasis, Muse, Pink Floyd, Iron Maiden, Metallica, Megadeth, Judas Priest e outras. Atualmente tem se interessado mais por bandas de metal extremo como Belphegor, Inquisition, Deicide, Incantation, Marduk, Dark Funeral e outras.

Mais matérias de Francisco Silva Júnior.