RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO hit da Legião Urbana que traz crítica contra "Escolinha do Professor Raimundo"

imagemDigão diz a Jão que não quer treta mas não tem sangue de barata

imagemA banda que desbancava Roberto Carlos na época da Jovem Guarda, segundo Miguel Plopschi

imagemBanda cancela show porque perdeu laptops e Sebastian Bach alfineta; "Isso é uma piada?"

imagemMegadeth: Chris Poland teve que trabalhar como garçom após ser demitido

imagemJão, do Ratos de Porão, chama Digão para resolver as diferenças em um ringue

imagemA banda que Mustaine achou que pudesse ser a nova encarnação dos Beatles (e não foi)

imagemDave Mustaine cascava o bico das bandas de new metal que faziam turnês com o Megadeth

imagemA opinião curta e grossa de Tony Iommi sobre documentário de Ronnie James Dio

imagemA curiosa analogia de Kiko Loureiro sobre Uber e F1 para explicar importância da prática

imagemPrince "não sabia lidar com as pessoas", segundo seu antigo empresário

imagemBaixista do Avatar, que abriu shows do Iron Maiden, tem tatuagem do Brasil

imagemNovo produtor do Slipknot esperava mais do grupo, afirma guitarrista

imagemO desenrolo que Alissa White-Gluz precisou fazer para trabalhar na pandemia

imagemThom Yorke em 1992: "Tenho um desprezo patológico por Jim Morrison"


Stamp

Caue Leitão: Para ser bom não é preciso tocar à velocidade da luz

Por Vicente Reckziegel
Fonte: Witheverytearadream
Em 13/08/14

Caue Leitão é uma das provas que, para ser bom, não é necessário solar a velocidade da luz, mas sim dosar de maneira correta a técnica com o feeling, seja em seu projeto solo quanto em sua banda, Andragonia. E, para falar de seus projetos, de sua carreira e sobre a música em geral que realizei esta entrevista, onde também fala sobre suas influências e como foi ter aulas com o mestre Mozart Melo...

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Vicente - Vamos falar sobre seu disco solo "Lab Guitar Experience". Como foi a gravação e o processo de composição do mesmo?

Caue Leitão - O "Lab Guitar Experience" foi um sonho realizado, desde pré-adolescente tinha um sonho que algum dia ia ter meu CD solo instrumental, cresci ouvindo guitarristas como Steve Vai, Malmsteen e vários outros, e pensava que algum dia ia conseguir fazer o meu álbum de guitarra instrumental. O processo de composição e gravação foi bem natural, não preparei o disco inteiro e fui gravar, fui gravando uma, depois de um tempo outra e assim até fechar o disco, tive muita ajuda do meu parceiro guitarrista e produtor musical Thiago Larenttes, e fiquei muito feliz com o resultado que alcançamos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vicente - E a resposta que obteve dos fãs e da mídia especializada, foi à esperada?

Caue Leitão - Olha, confesso que foi muito além do que esperava, o disco me rendeu em 2013 o titulo de sexto melhor guitarrista do Brasil pela revista Roadie Crew, fui entrevistado para o site da revista Guitar Player, ganhei muitos admiradores fora do Brasil, realmente é um sonho realizado!

Vicente - Como chegou aos músicos que tocaram em "Lab Guitar Experience"?

Caue Leitão - São todos amigos e parceiros, cada música tentava enxergar onde poderia colocar uma participação, foi bem tranquilo e natural o convite para os músicos, são amigos que convivo diariamente, seja pessoalmente ou virtualmente, e tenho muito orgulho de todo o time que reuni neste disco.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Vicente - O disco possui músicas com sonoridades diferentes uma das outras, não se prendendo a um único estilo musical. Acredita que ele traduza bem todas as suas influências musicais?

Caue Leitão - Acredito que talvez sim, gosto de ser versátil e não se prender a um estilo, quem ouve o disco do começo ao fim vai passear por vários climas e estilos diferentes, ao mesmo tempo em que gosto de muito peso, eu também gosto de baladinhas com feeling e grooves swingados. A ideia era tentar fazer boa música e buscar ao máximo uma identidade.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Vicente - Você teve aulas com Mozart Melo, certo? Como foi essa experiência para você?

Caue Leitão - Era um sonho de criança fazer aula com o Mozart, sou muito privilegiado de ter conseguido, ele foi uma pai pra mim e dedicou muito do seu tempo a me ajudar, ele sabia que vim de outra cidade morar sozinho em São Paulo com um foco e objetivo, e com bem pouca grana, então ele falava pra mim que na hora que precisasse dele era só falar. Foi uma experiência incrível conviver com o mestre mais de 3 anos, sou muito grato ao Mozart por todos os ensinamentos que vou levar para minha vida inteira.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Vicente - E os planos futuros, tanto para você como guitarrista como para a Andragonia?

Caue Leitão - Com o Andragonia estamos gravando o terceiro disco, e estamos muito contentes com as novas composições e sonoridades que estamos explorando, muita coisa boa está pra acontecer com a banda. E sobre meu trabalho solo ainda estou em fase de vendas e divulgação do "Lab Guitar Experience", tenho alguns workshops pra fazer e a ideia é continuar trabalhando nele até 2015, depois disso talvez comece trabalhar em novas músicas para quem sabe um novo disco solo.

Vicente - Qual foi aquele artista ou banda que ouviu e te fizeram pensar "pronto, é isso que quero fazer da minha vida"?

Caue Leitão - Quando era garoto via o Malmsteen tocando e ficava pensado, como esse cara consegue tocar assim, e depois foi o Steve Vai, aquela música Bad Horsie, o que era aquelas alavancadas que o cara fazia, era impressionante, os dois foram bem decisivos para a minha escolha.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Vicente - Em poucas palavras, o que acha dos seguintes guitarristas:

John Petrucci: É o cara do Progressivo, no que ele faz realmente é o melhor;
Steve Vai: Onde a guitarra deixa de ser somente um instrumento e cria voz própria;
Hugo Mariutti: Grande músico e profissional;
Joe Satriani: Um dos grandes revolucionários da guitarra dos anos 80;
Michael Romeo: Meu guitarrista favorito quando o assunto é Prog Metal.

Vicente - Uma mensagem para os fãs e amigos que curtem o seu trabalho e para aqueles que gostariam de conhecer melhor seu som e apostam na música feita em nosso país.

Caue Leitão - Muito obrigado pela oportunidade, sou muito grato pelo carinho e reconhecimento de todos, na minha página www.facebook.com/caueleitao e no www.youtube.com/caueleitaoofficial. Vocês podem conhecer e acompanhar melhor o meu trabalho solo, e o trabalho do Andragonia acompanhem no www.facebook.com/andragonia e no www.youtube.com/andragoniaofficial, e muita gratidão a todos que valorizam e ainda apostam em artistas brasileiros!

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

NFL Steve Harris


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Mick Jagger: em cerimônia na escola do filho em São Paulo

Oh, não!: clássicos do Rock Heavy Metal e que foram "estragados" pelo tempo


Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.

Mais matérias de Vicente Reckziegel.