Contempty: death/doom em ascensão

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Genilson Alves
Enviar correções  |  Ver Acessos

Da pequena Rio Pomba, cidade mineira de 17 mil habitantes situada na Zona da Mata, vem um promissor emergente do death/doom, o Contempty. Na ativa há apenas 1 ano, a banda - cujo nome é a junção das palavras inglesas 'contempt' (desprezo) e 'empty' (vazio) - mostra entrosamento e profissionalismo difíceis de se ver mesmo em algumas formações mais estabelecidas, como prova o EP de estreia do grupo, "Gaping Deception In Guiltless Eyes", lançado em fevereiro. Integram o conjunto o vocalista Gil, o guitarrista Tony Reis, o baixista Cleyton, o tecladista Anderson e o batera Joe, sendo os dois últimos nossos entrevistados.

Iron Maiden: Perguntas e respostas e curiosidades diversasIron Maiden: As 5 músicas mais fracas da carreira da banda

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por favor, um breve histórico da banda.

Anderson: Em 2002, Joe e eu começamos a tocar e montamos uma banda chamada Silence River Down, com a proposta de executar músicas próprias dentro do estilo doom metal. Éramos quatro amigos e chegamos a gravar uma demo, "And They Told Me To Try". Mas, no início de 2011, o vocalista e guitarrista mudou-se para Juiz de Fora e, devido à correria do dia a dia, ele teve de deixar a banda. Assim, o SRD acabava. Foi então que, em 2012, Joe e eu resolvemos formar o Contempty. Com uma proposta voltada ao death/doom, primeiro convidamos o Toninho e o Cleyton, que tocavam juntos em uma banda de pop rock chamada Matarrú. Por fim, chamamos o Gil, que também é de Rio Pomba, e com ele descobrimos um grande potencial nos vocais. Com a prioridade de compor e trabalhar músicas próprias, em 2013 lançamos o EP "Gaping Deception In Guiltless Eyes", que contém três faixas.

Como tem sido a resposta ao primeiro registro de estúdio?

Joe: Está repercutindo legal, o publico aceitou bem as três faixas e recebemos muitos elogios, e também algumas críticas. (risos)

Como é a cena musical em Rio Pomba e região? Algum nome local que gostariam de recomendar?

Joe: Em Rio Pomba a cena musical é muito fraca, a cidade é muito pequena, então não há muito apoio, mas há cidades vizinhas onde a situação é um pouco melhor.

O que acham da cena death/doom no Brasil, já que, aparentemente, não há por aqui um mercado tão forte para o estilo como há para outras vertentes do metal?

Joe: Bem, aqui é um tanto difícil devido à falta de espaço para bandas com proposta musical mais extrema. Até mesmo para aquelas que exploram outros estilos menos agressivos é muito complicado. Costumo dizer que dividimos a mesma falta de espaço.

Recentemente, a banda divulgou o vídeo de um ensaio (veja ao final da entrevista) de uma música que não entrou no EP. Vocês pretendem lançá-la oficialmente? Já estão trabalhando em novas composições?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Joe: Sim, temos planos futuros para outro EP, porque ainda estamos trabalhando de forma totalmente independente, e para gravar um álbum completo fica muito caro, e ainda não dispomos de verba para tal, mas, futuramente, pretendemos lançar um álbum. E até esse dia chegar, nós vamos mostrando um pouco do que está por vir através de vídeos de ensaios, etc.

Anderson: Estamos procurando um selo, já enviamos nosso EP para algumas gravadoras, mas ainda não obtivemos resposta. Espero muito poder fechar com alguma, seria essencial para nós.

Espaço aberto para suas considerações finais.

Anderson: Hoje a banda já conta com 11 músicas próprias, as quais tocamos nas apresentações. Queria agradecer imensamente às pessoas que nos deram apoio divulgando a Contempty em blogs, sites e redes sociais, fazendo resenhas com elogios ou críticas. O mais importante é continuar fazendo o som!

Bandcamp:
http://contempty.bandcamp.com/

Contempty - My Voiceless Heaven




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Contempty"


Iron Maiden: Perguntas e respostas e curiosidades diversasIron Maiden
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Iron Maiden: As 5 músicas mais fracas da carreira da bandaIron Maiden
As 5 músicas mais fracas da carreira da banda


Sobre Genilson Alves

Genilson Alves é jornalista e autor do blog Radio Sehnsucht.

Mais matérias de Genilson Alves no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280