Matérias Mais Lidas

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemÁlbum histórico do Iron Maiden estampa capa da revista Metal Hammer

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte

imagem"Eu realmente não tenho fé na humanidade", diz Schmier, vocalista do Destruction

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977


Apocalyptichaos: entrevista com Ellen para o Depressão Doomster

Por Ellen Maris
Fonte: Sunset Metal Press
Em 01/05/13

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

A página do Facebook "Depressão Doomster" realizou uma entrevista exclusiva com a vocalista da banda APOCALYPTICHAOS, fundadora da União Doom Metal Brasil e Sunset Metal Press, Ellen Maris. A matéria saiu no início da noite desse sábado. Confira abaixo um trecho da conversa com Diego Augusto Mendonça que realizou perguntas sobre a cena nacional, a banda Apocalyptichaos, novidades sobre a União Doom e muito mais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Face of Death: Hoje nossa entrevista é com uma das pessoas mais importantes da cena BR, hoje conversaremos simplesmente com a Ellen Maris vocal da ApocalyptichaoS, coordenadora da União Doom Metal Brasil e da Sunset Metal Press, a entrevista é dividida em 2 partes, uma sobre a banda e outra sobre a União Doom BR, então se acomode e vamos a leitura:

1) O que é a Apocalyptichaos? (não só musicalmente, mas o que representa em sua vida).
"A Apocalyptichaos é o resultado de um sonho de duas pessoas (Sandro Pessoa e eu) que tivemos ainda no início dos anos 2000 e que foi se lapidando com o tempo. Neste período passou por reformulações, mudanças de formação e hoje ainda está em fase de desenvolvimento.
Acredito que a banda, em particular, viva essa fase de reformulação durante o tempo em que existir. Somos pessoas em crescimento, nossos objetivos, pensamentos, ideias sempre estão se desenvolvendo e aplicamos isso também em nosso trabalho."

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

2) A banda até então lançou só singles. Como foi a gravação, e quais os problemas enfrentados para a gravação de um full? Falta de apoio acaba matando bastantes sonhos.
"A banda lançou 2 singles. Um terceiro está praticamente pronto, mas não deve ser lançado antes do EP. O problema está exatamente na instabilidade da formação. Nunca tivemos problemas de convivência com os músicos que tocaram conosco. No entanto, os que saíram, tinham outros projetos e prioridades que sempre estiveram acima dos planos que temos pra esta banda. A dedicação, a paciência, a insistência e o abrir mão. Estas são leis da Apocalyptichaos. Durante um tempo, tivemos uma formação linda e foi lá que desenvolvemos todas as músicas de nosso setlist. Mas a mesma se desintegrou, mais uma vez.
A questão do apoio pesa, mas no nosso caso, o problema de fato é a formação instável.
Sobre o processo das gravações foi bastante simples, rápido. Nós já tocávamos as músicas a anos e talvez por isso soou mais simples. Adoro estúdio, gravar. No entanto, o profissional que irá nos acompanhar nessa etapa tem que nos deixar livres pra colocar nas músicas exatamente o que queremos passar. Essa falta de liberdade já me estressou uma vez."

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

3) Quais influências musicais ajudaram a moldar o som da banda e quais são suas bandas preferidas no estilo?
"O Sandro responderia melhor. Ele quem compõe quase todas as músicas, com a ajuda do restante da banda. Mas como vivemos sob o mesmo teto (risos) acredito que seja o som que sempre ouvimos. Os clássicos como My Dying Bride, Paradise Lost, o Anathema ( até o Judgement) e no meu caso, o Katatonia que é a banda que me inspira em sentimentos.
Atualmente o Sandro tem apostado em ouvir um som mais atual, esse mesmo que muito metaleiro conservador as vezes detesta. Existem coisas preciosíssimas a serem aproveitadas neles e com certeza nós iremos buscar o que há de melhor. Apocalyptichaos não é um som do passado e sim, do futuro. Nossos planos são todos pra amanhã…o agora nós ainda estamos preparando ( isso já fazem uns bons anos) e vamos aplicar a atualidade nele sempre que pudermos fazer isso, sem perder nossas raízes verdadeiras, claro."

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

4) Quais são os planos futuros da banda?
"Lançar de uma vez por todas o nosso primeiro álbum. Já conseguimos grandes coisas somente com 2 singles. Fizemos uma mini tour nacional, além de tocar em nossa região. Agora esta é a nossa prioridade e por conta disso, até os shows estão suspensos no momento. Futuramente queremos atravessar fronteiras. Quem sabe, começar aqui mesmo na América do Sul e depois… depois o tempo dirá."

5) Qual sua visão sobre a cena brasileira no Doom Metal?
"Está melhorando, eu acredito. Já foi mais carente de shows, apoio e principalmente de público. Já falei algumas vezes sobre a cena Doom nacional ser " bastarda " ou sem pai nem mãe. Não é abraçada por estilos como o Heavy, Death, o Thrash, o Black metal. É um som que ainda causa desconfiança e soa " cult " ou estranho para muitos. Mas já a algum tempo tem ganhado apoio, principalmente após o surgimento da União Doom Metal Brasil. Com o lançamento da coletânea ( que foi um primeiro passo bem sucedido) percebo, mesmo que lentamente, as coisas tomando forma, novos projetos surgindo e mais pessoas interessadas."

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A segunda parte sobre a União Doom!

1) Quais foram as ideias que iniciaram a vontade de criar a União Doom Metal BR? Quais foram os objetivos em mente?
"A cena doom parecia inexistir. Carecia de espaço e confiança dos produtores, do próprio público em geral. As bandas existiam, lançavam seus materiais e conseguia respaldo fora do país. Pra conseguir se encaixar em um evento ou festival nacional, a banda praticamente não tinha chances, mesmo tendo qualidade. E quando tinha, era como se fosse um favor do produtor para com a banda. Uma jornada sofrida, suada, que muitas vezes já desanimou grandes bandas nacionais a continuar o percurso.
A ideia surgiu dessas conversas entre as bandas. Todos reclamam da mesma coisa, dos mesmos problemas pra conseguir um show e estava mais do que óbvio que precisávamos nos unir naquele momento e começarmos a nos apoiar, dentro de um círculo primeiramente, que depois de organizado, agregaria novas bandas. Os objetivos eram justamente o de buscar aqui, o que já conseguíamos lá fora. A valorização, o espaço, enfim."

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Confira matéria na íntegra originalmente na página "Depressão Doomster" no Facebook.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Garimpeiro das Galáxias: Beldades globais e sua paixão pelo rock


Sobre Ellen Maris

Jornalista, assessora de imprensa, manager, produtora, letrista e cantora. Colaboradora ativa da cena underground no Brasil desde 2001. Fundadora e idealizadora da União Doom Metal Brasil. Apaixonada por música, praia e leitura.

Mais matérias de Ellen Maris.