Sodomizer: baixista fala sobre a banda, planos e carreira

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Luis Augusto Bueno de Amorim, Fonte: Metal Sem Frescura
Enviar correções  |  Ver Acessos

A zine virtual no Facebook "Metal Sem Frescura" conversou com Leatherface do Sodomizer, e nessa entrevista surgiram detalhes bacanas sobre os discos da banda e até mesmo o nome do próximo play dos caras. Confiram abaixo o que rolou!

Heavy Metal: os vinte melhores álbuns da década de 80Separados no nascimento: Paul Stanley e Sidney Magal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Carnage - Como foi o começo do Sodomizer? Como escolheram o nome?

Leatherface : Eu e warlock fundamos o Sodomizer em 1999, no começo tudo foi muito difícil, arrumar bons equipamentos, locais de ensaio, dinheiro para custear as primeiras gravações, e estabilizar uma formação solida ( com pessoas serias ). Eu escolhi o nome Sodomizer, esse nome é uma blasfêmia, soa forte, fica na cabeça dos die hards hellbangers e encaixa perfeitamente na proposta da banda

Carnage - Como foi o processo de gravação daquela demo "HellKult And Sodomy"?

Leatherface : Um pouco bagunçado ( devido a ser nossa primeira experiência em estúdio, gravando ), mas divertida também, tenho boas lembranças da gravação, foi menos estressante que nosso primeiro álbum ( Tales Of The Reaper ), amo essa demo tape, tudo nela me agrada, os timbres dos instrumentos, o peso, a atmosfera de horror, mesmo os erros, não mudaria nada nessa demo tape. Apenas eu e Warlock gravamos essa demo tape, Warlock ficou a cargo das guitarras solo, base, baixo, bateria e vocal eu fiquei na outra guitarra base e backing vocals. Foi a matriz de medo e demência de onde nascemos.

Carnage - "Tales Of The Reaper" é o debut de vocês. Na época deste lançamento vocês tiveram uma boa divulgação do álbum? Fizeram shows? Se fizeram qual era a frequência?

Leatherface : Uma divulgação underground, o LP foi lançado pela Dark Sun rec e o cd depois pela Holokaostor rec. Distribui alguns lps em gravadoras europeias como a Horror rec , a Dark Sun e depois a Holokaostor rec fizeram o mesmo espalhando dentro do underground nosso primeiro registro. Shows eram raros nessa época, ainda hoje tocamos pouco no Brasil, o ano de 2012 foi um ano bom para shows, tocamos em Belo Horizonte, Natal, Piraju ( interior de São Paulo ), São Paulo, Rio de Janeiro ( abrindo para o Suicidal Angels ).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Recusamos oferta de muitos "promotores", porque muitas vezes o mínimo que pedimos para realizar um show é negado e assim tocamos menos, mas em eventos de qualidade que verdadeiros promotores cumprem com o prometido.


Carnage - Em 2007 vocês lançaram uma Split com o Farscape que é outra banda cruel do Rio, como é a relação de vocês com os caras do Farscape?

Leatherface : Uma boa relação, são caras bem legais e o guitarrista toca conosco no Sodomizer, esse split ( The Horror Can't Stop ) saiu em um compacto ( vinil 7 ep ), pela Iron Bone Head, esgotou rápido em menos de um mês, uma faixa de cada banda.

Carnage - "The Dead Shall Rise To Kill" de 2007 foi o Segundo álbum do Sodomizer. Ele demonstra uma sonoridade diferente do antecessor "Tales Of The Reaper". Há uma espécie de lapidação no som. Vocês denominam isso uma evolução ou apenas uma adaptação para outro estilo de som?

Leatherface : Na verdade esse álbum resgata nossas raízes de horror, a demo tape esta infestada de elementos de horror que definem nossos estilo, em Tales Of The Reaper estávamos mais metal e não havia tanto a característica do horror nesse álbum, no The Dead Shall Rise To Kill você percebe uma evolução e volta as raízes, ali foi um divisor de águas, Warlock voltou para os vocais ( em Tales Of The Reaper havia um vocalista Ripper, seu vocal era mais na linha do UDO e TIM BAKER ), gritando como um demônio, estávamos mais nervosos e queríamos retomar o caminho maldito que tínhamos nos desviado, isso você nota do começo ao fim desse álbum monstruoso, desde a rápida e speed metal Blessed By Virus Of Death, passando pela suja death, thrash, Undead Revenge ate o desfecho lento totalmente mórbido de Katalepsy II. Foi uma evolução e volta às raízes como eu disse.

Carnage - Caras esse som "Sexual Beast" é fodido de mais. Me lembra o Sextrash, não pela sonoridade, mas pela perversão da letra!

Leatherface : Você esta certo, A letra fala sobre todos os tipos de perversões, sexuais. É uma faixa rápida lembra um pouco os momentos ferozes do Kreator. Apesar de não ter tido influência nessa faixa Sextrash é uma de minhas bandas favoritas. Considero Sexual Carnage um álbum clássico do metal Brasileiro.

Carnage - Quais foram as maiores inspirações para compor as músicas do "The Dead Shall Rise To Kill"?

Leatherface : Ocultismo, escritores como Clive Baker, HP Lovecraft, Stephen King, Edgar Alan Poe, mas acho que filmes de horror e pornográficos estão no topo da lista, não traçamos um plano sobre isso, simplesmente acontece na música Unholy Force Of Darkness ( inspirada no filme Evil Dead ), fomos colocando samples de filmes de horror como intros e no meio das músicas, surgiu naturalmente. The dead Shall Rise To Kill é um álbum nervoso, pesado do começo ao fim sem pausas para respirar, é um monstro, um Frankenstein descontrolado.

Carnage - Eu posso até arriscar que vocês curtem muito filmes de horror.

Leatherface : Somos grandes fans de filmes de horror, principalmente do horror Italiano de Mario Bava, Lucio Fulci, Dario Argento e de diretores como Zé do Caxão, Rodrigo Aragão, George Romero, Wes Craven,


Carnage - Vocês lançaram uma Split com o Hellkommander (também do Rio) em 2011. São amigos hoje? Enchem a cara juntos? (rs)

Leatherface : Esse split ( Making The Devil Work ) saiu em cd pela Morbid Tales rec. e terá uma edição em lp pela Dying Victms rec ( Alemanha ). Eu toco baixo no Sodomizer e Hellkommander, Poison Hell toca guitarra no Sodomizer e no Hellkommander ele toca guitarra e esta nos vocais e meu amigo Adrameleck que tocou comigo no nosso primeiro álbum ( Tales Of The Reaper ), esta na bateria.

Carnage - O som "Desespero" apesar do nome, é um som em inglês como os outros, você poderia falar sobre este som que está no split "Making The Devil Work" em particular?

Leatherface : Essa música foi inspirada no livro de Stephen King ( DESESPERO ), os samples foram tirados do filme ( cujo qual os capítulos foram unidos e lançado direto nas locadoras como filme ), eu fiquei com o nome Desespero em português na cabeça e decide que a faixa seria batizada assim mesma, talvez pela historia passar numa região árida nos EUA e a colônia latina que reside lá, ou talvez tenha sido o titulo em português do livro que me fez tomar essa decisão, é uma coisa que veio do meu subconsciente, eu não sei a reposta ao certo.

Carnage - Em 2011 tivemos o lançamento daquele álbum que na minha opinião, é o melhor da banda até aqui. "Jesus Is Not Here Today". Como ficou a agenda de shows depois desse lançamento, que veio reforçando a sonoridade expressada outrora de forma tão arrasadora?

Leatherface: Cada um tem uma opinião sobre nossos lançamentos, alguns gostam muito do Tales Of The Reaper, outros do segundo ou nosso ultimo ( como você ), Jesus is Not Here today, é mais obscuro não tão thrash, death e sim mais speed e com muitos elementos de horror, a respeito dos shows eles aumentaram mas não em quantidades ( acho que depois do desse álbum tocamos cerca de 3 a 4 shows por ano ), eu organizei as duas tours Europeias sendo a ultima a Unholy Carnage Tour, oito datas na Europa, ao lado do Hellkommander, tocamos na Inglaterra ( Londres e Newcastle ), Alemanha ( Berlin ) , Austria ( Viena ) , Romênia ( Bucareste ) , Dinamarca ( Copenhagen e Fredericia ) e Suécia ( Estocolmo ).

Carnage - Dentre todas as músicas que o Sodomizer já fez acho que a minha favorita é mesmo "Lucio Fulci". E eu ainda perguntei anteriormente se vocês curtiam filmes de terror. Cada acorde daquele som parece estar ligado à algo maldito, macabro, insano.

Leatherface : Essa música é dedicada a um dos nossos diretores de filmes de horror favorito, Lucio Fulci ( Italiano ), cada acorde foi feito para reverenciar esse maestro do horror que deixou seu legado de violência e horror em filmes como ZOMBIE, CITY OF LIVING DEAD, HOUSE BY THE CEMETERY, THE BEYOND. Cada imagem amaldiçoada das mortes e mortos vivos saindo de suas tumbas para devorar suas vitimas passam como um filme em minha cabeça quando ouço, toco num ensaio e especialmente ao vivo essa música, o legado de Lucio Fulci vai viver eternamente e nós tínhamos a obrigação de homenagear ele, tanto na música como na capa desse álbum em que Fulci aparece como um Zumbi.


Carnage - Vocês já estão trabalhando em um novo álbum?

Leatherface : Sim ele vai se chamar CONFESSIONE DI UN CANIBALLE ( novamente reverenciando o terror Italiano, no titulo e algumas letras ) e será lançado em pela Dying Music ( Natal ) e em lp pela Horror rec ( Dinamarca ). Devemos entrar no estúdio logo para registrar os novos pesadelos sônicos.

Carnage - Quando vocês tocam aqui em São Paulo-SP de novo?

Leatherface : Estamos concentrados no novo álbum, mas queremos fazer um show de lançamento ai, São Paulo é nossa casa e sempre será. Amamos São Paulo. Assim que o álbum novo for lançado vamos organizar um show destruidor ai, é uma promessa.

Carnage - Você poderia citar quais são as bandas que mais inspiram o Sodomizer?

Leatherface : Black Sabbath, Exorcist, Deceased, Piledriver, Sarcófago, Goblin, Motorhead, Venom. São muitas as bandas e fontes das quais amamos e nos inspiramos, compositores como Fabio Frizzi também estão em nossa lista.

Carnage - Agradeço muito a atenção, e desejo um sucesso ainda maior para o próximo disco. Espero que vocês voltem a desembarcar na Europa, pra levar essa desgraceira de som para fora do país também.

Leatherface: Obrigado pelo espaço e voltaremos para Europa assim que nosso quarto álbum, Confessione Di Un Caniballe for lançado, queremos tocar no Brasil em lugares como Bahia, Recife e muitos outros quais infelizmente não tivemos a oportunidade de espalhar nossa praga sonora, Hellbangers interessados em nossos lançamentos assim como camisas, entrem em contato pelo e-mail :thesodomizer@hotmail.com
HORROR E MORTE SEMPRE... 666 !!!!!!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Sodomizer"


Heavy Metal: os vinte melhores álbuns da década de 80Heavy Metal
Os vinte melhores álbuns da década de 80

Separados no nascimento: Paul Stanley e Sidney MagalSeparados no nascimento
Paul Stanley e Sidney Magal


Sobre Luis Augusto Bueno de Amorim

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline