David Coverdale: casamento, dinheiro e meditação

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 


1101 acessosJohn Sykes: capa e detalhes de novo disco solo do guitarrista5000 acessosSlayer: Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido

Por GRANT MOON

“Acabei de ser flagrado em excesso de velocidade por sua causa, filho da puta!” Por um momento, parece que DAVID COVERDALE possa estar genuinamente furioso, até que uma gargalhada familiar encerre o insulto. O vocalista do Whitesnake fora multado enquanto acelerava do estúdio para sua casa em Lake Tahoe, para falar com a revista inglesa Classic Rock. Ele agora está de bom humor, e radiando sua verve ‘macho alpha’, prestes a discutir questões mais existenciais.

Você acredita em deus?

Com certeza. Um ser supremo. Sempre acreditei, apesar de nunca ter sabido como articular isso. Eu estou em uma jornada espiritual altamente empolgante, e nos últimos 15 anos, tem ficado cada vez mais claro, desde que eu comecei a meditar. Se há algo que eu recomendo às pessoas para seus filhos, é dar a eles as ferramentas para meditar. É uma ajuda incrível que ajuda você a começar o dia de modo focado, equilibrado, particularmente nessa indústria, que é basicamente um circo com três picadeiros com todos os artistas se apresentando ao mesmo tempo.

Qual é a ideia mais injusta que as pessoas tem de David Coverdale?

Quer saber? Eu realmente não me importo. Eu sempre sinto que estou me revelando em minha música. É realmente uma indicação e que sou um homem sensível, guiado por meu coração. A maioria dos meus primeiros sucessos eram músicas sobre coração partido, mulheres más. Nos últimos 20 anos, com meu casamento incrivelmente positivo, agora são ótimas músicas, positivas. E eu me saio bem com elas. Sua concepção errônea de mim é inteiramente a porra que você quer que seja. Eu sou apenas o que sou, e eu gosto de quem eu sou.

Qual o segredo de um casamento feliz?

Precisa de duas pessoas dispostas. Essa é uma empreitada em grupo. Tudo que eu já havia vivido antes – sem querer desrespeitar qualquer uma que tenha se envolvido com minha vida no plano romântico ou ‘fisicamente conectado’ – foi tudo uma preparação pra que eu desse certo com essa pessoa em particular [Cindy, sua esposa há 15 anos]. Eu agradeço diariamente por minha vida ser tão boa como é. É uma plataforma pra eu me lançar, de um lugar de respeito, apoio e confiança. Que Deus impeça que eu faça qualquer coisa que comprometa essa confiança.

Qual foi seu maior desperdício de dinheiro?

Ah, eu torrei milhões!Em clipes, e divórcios. Felizmente, eles geraram bem mais na volta – eu escrevi sobre meus divórcios e recuperei esse dinheiro, então tudo que vai, vem. Eu sou um homem de Yorkshire, puta que o pariu. Nós conseguimos descascar bananas sem tirar as mãos do bolso.


Quais sãos as vantagens de envelhecer?

A idade não me incomoda mais. Se você me dissesse 30 anos atrás que eu ainda estaria saído em turnê e lançando coisas novas e seria mais entusiasmado do que nunca, eu teria rido e pedido outra garrafa de conhaque. Não é uma pretensão – se você usar meu rabo de tomada, eu ilumino [a cidade inglesa de] Manchester.

Eu perdi muita gente recentemente. Então é duro pra mim, ver uma foto da banda de ‘Slide It In’. Tantos deles já se foram. Então você não consegue deixar de pensar: meu deus, quem será o próximo. Eu me lembro de Jon Lord do modo que eu o vi 10 anos atrás, bebendo comigo no Sunset Marquis. Ritchie [Blackmore] e eu temos trocado emails recentemente, muito amistosamente, muito positivamente. Eu me comuniquei com algumas pessoas onde antes não havia uma relação muito agradável, porque não vale mais a pena. Toda essa animosidade, essa bagagem em excesso, não há mais lugar pra isso no meu jardim.

Entrevista completa: http://tinyurl.com/cqvgt5w

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 03 de abril de 2013
Post de 15 de dezembro de 2014

MudançasMudanças
10 bandas que não soam mais como em seus primeiros discos

1101 acessosJohn Sykes: capa e detalhes de novo disco solo do guitarrista0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Whitesnake"

David CoverdaleDavid Coverdale
Os álbuns com o cantor, do pior para o melhor

Propriedade privadaPropriedade privada
5 bandas de hard rock e metal com "um dono só"

Temperatura MáximaTemperatura Máxima
Músicas ideais para a "Hora H"

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Whitesnake"

SlayerSlayer
Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido

Zakk WyldeZakk Wylde
Foto do arsenal de guitarras do músico

Black SabbathBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

5000 acessosSlipknot: pornografia inspirou primeiro álbum da banda5000 acessosÓdio musical: os artistas mais detestados em lista da Spinner5000 acessosMetallica: Conheça a lista de exigências do camarim da banda5000 acessosDire Straits: um impressionante cover no centro de São Paulo5000 acessosFail: 10 vezes em que o heavy metal passou vergonha em reality shows5000 acessosSabaton: homenagem à Força Expedicionária Brasileira

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online