Rotting Christ: entrevista com Sakis no All That Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Guilherme 'NokturnaL' - ATM, Fonte: All That Metal
Enviar Correções  

publicidade

Conforme informado anteriormente através da página oficial do blog All That Metal, Sakis do Rotting Christ nos concedeu uma entrevista. Sempre gente boa, se propôs a nos responder praticamente de forma imediata. Confira abaixo um trecho da entrevista:

ATM - Rotting Christ lançará um novo álbum este ano, intitulado: "True to His Own Spirit" (nome em inglês, sendo o real: "Κατά τον δαίμονα εαυτού"). O que podemos esperar do som nesta nova obra de arte? Todos nós sabemos que existe uma evolução em cada lançamento desde o incio até hoje.

publicidade

Sakis - Fiéis a nossas idéias de nos evoluir álbum por álbum e dar o melhor de nós para os ouvintes. Eu sinto que nós criamos o nosso lançamento mais sombrio desde sempre. Um álbum que inclui 11 novas faixas elevados ao nosso melhor e em minha opinião nosso álbum de melhor qualidade. Como você disse uma obra de arte. Se um número de pessoas fizerem o mesmo então eu sentirei que criei algo bom e ofereci algo que vale a pena tirar uma hora do seu tempo para escutá-lo.

publicidade

In Yumen / Xibalba

publicidade

ATM - Como sempre as letras são tão importantes quanto o som, nesse novo lançamento teremos as letras focadas em algo? Eu lhe pergunto, pois o nome do álbum e o nome das faixas não estão em inglês, tornando um pouco misteriosas o significado destes.

Sakis - Sim, era isso que eu queria. Fazer com que vocês procurem. Sim, sem títulos em inglês, mas você sabe que há várias outras linguagens mundo a fora e especialmente linguagens antigas que criam uma atmosfera mais secreta. "Κατά τον δαίμονα εαυτού" é uma viagem, uma jornada no conhecimento da civilização antiga adentrando o ocultismo que emerge do lado negro de cada um de nós. Há referencias a essas civilizações como os Incas, Maias e também há referências aos mitos dos Gregos e Eslávico, línguas antigas que podem ser ouvidas aqui e ali e que com isso finalizam um quebra-cabeça multi cultural que caracteriza este álbum a o torna diferente dos anteriores. Este foi o estado emocional que me levou a esta novo álbum.

publicidade

Para conferir a entrevista na íntegra, acesse a página diretamente no blog, clique no link abaixo:

http://allthatmetal.blogspot.com.br/2013/01/rotting-christ-e...

publicidade


WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin