Joe Lynn Turner: "Estou ansioso para ver todos vocês"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vicente Reckziegel, Fonte: Witheverytearadream
Enviar correções  |  Comentários  | 

Outra lenda do Rock. Assim pode ser definido o cantor Joe Lynn Turner, que mostrou sua grande voz em discos e shows de bandas como Deep Purple, Rainbow, Rising Force Yngwie Malmsteen, dentre tantas outras mais. E muito deste repertório poderá ser conferido no Brasil, em um show que será realizado no dia 26 de Setembro em São Paulo, ocasião em que todos poderão conferir grandes clássicos do Deep Purple e Rainbow, como o próprio Joe revela na entrevista a seguir:

5000 acessosIron Maiden: banda cai no riso em show nos EUA de 20085000 acessosAvril Lavigne: Aprenda com Rihanna como fazer um meet & greet

Vicente - Você vai tocar no Brasil em Setembro. O que você espera deste show aqui?

JLT: Bem... Desta vez é diferente. Vou tocar com o Walter da Rata Blanca e sua banda... Então tudo vai ser novo! Mas eu espero que os fãs venham e apóiem o show! Eu espero ver todos que amam a música lá!

Vicente - E o que os fãs podem esperar de você?

JLT: (risos) um grande show, é claro...

Vicente - Qualquer indício de que você vai tocar aqui neste show? Uma pequena parte do setlist?

JLT: Queremos fazer os clássicos! Não há quase ninguém mais a cantá-los, e você poderá ver e ouvir estas músicas fabulosas! Deep Purple e Rainbow.

Vicente - Você já tocou em muitos países no mundo em todos estes anos. Você acha que esses dias são melhores ou piores para as bandas em geral?

JLT: Parece que os artistas que tocam rock clássico na veia do Rainbow e Deep Purple, são apreciados como "superstars" em alguns países como o Brasil, Argentina, Rússia e outros países do leste europeu, os países escandinavos, Turquia, Bulgária. Isto significa que há oportunidades mais lucrativas para esse tipo de artistas tocar nesses locais e não perder dinheiro. Infelizmente, alguns grandes países, incluindo os EUA, não têm muitas oportunidades para artistas como eu, de tocar ao vivo da maneira que realmente gostaríamos.

Vicente - Fandango, Rainbow, Deep Purple, Yngwie Malmsteen Rising Force e uma grande carreira solo. Quando você olha para trás, o que você acha sobre toda sua carreira na música?

JLT: Eu sou humilde e grato por ter tido tanto sucesso fazendo o que eu absolutamente amo! Muitas pessoas têm grandes trabalhos ou situações de emprego, mas eles não "amam" o seu trabalho. Estou muito feliz. Adicione a isso o fato de que eu me tornei um membro de uma banda, Deep Purple, que foi uma das minhas maiores influências como um jovem músico, e eu posso dizer que eu tive uma grande carreira... E, graças aos fãs como os da América do Sul, ainda forte!

Vicente - Quando você começou na música, quais foram as suas maiores influências, que lhe inspiraram a ser um músico profissional?

JLT: Não eram muitas, mas eu tenho que dizer, Jimi Hendrix foi a maior influência de rock para mim. Também fui influenciado pelo Free e Paul Rodgers. Fico muito lisonjeado quando as pessoas comparam a minha voz cantando com a dele às vezes. Eu também tenho raízes no Gospel e muita Soul Music! O cara que realmente me vendeu a idéia de se tornar um "astro do rock" foi Mark Farner do Grand Funk Railroad. Quando os vi atuar em Nova Iorque como um jovem músico, eu soube então naquele exato momento, que era isso que eu queria fazer para ganhar a vida!

Vicente - Eu sei que você já respondeu esse tipo de pergunta muitas vezes, mas conte um pouco sobre o seu tempo com:

Fandango: Foi o meu primeiro contrato e turnê oficial. Eu posso dizer que eu iniciei de uma forma profissional com esta banda! Foi um aprendizado e uma incrível experiência! Na minha opinião, Fandango foi uma banda muito subestimada.

Rainbow: Rainbow foi a banda que me fez uma "estrela". Trabalhar com todos os membros do Rainbow com que eu trabalhei durante meu tempo com a banda foi ótimo, eram músicos incríveis, compositores, produtores! Ritchie Blackmore e eu tivemos uma ótima química, no palco e no estúdio, que nunca será esquecida.

Deep Purple: Eu cresci tocando em uma banda chamada Ezra e uma grande parte do nosso show era de covers do Deep Purple. Deep Purple foi uma influência enorme e para mim ter sido o vocalista do DP foi como um sonho que se tornou realidade.

Rising Force Yngwie Malmsteen: Eu continuo a dizer que Odissey é um dos melhores álbuns de Yngwie e é um dos melhores que eu pude fazer parte... Um destaque da minha carreira. Nós também tivemos algum sucesso importante em turnê, incluindo vários shows esgotados na Rússia.

Glenn Hughes: Eu chamo Glenn de um dos meus "irmãos". Glenn é extremamente talentoso e foi inspirador trabalhar com ele. Acho que ambos fizemos algumas das nossas melhores músicas de nossas carreiras juntos, com o Hughes Turner Project.

Vicente - Por fim, deixe uma mensagem para todos os brasileiros que realmente curtem a sua carreira.

JLT: Agradeço a todos do fundo do meu coração e alma por seu apoio contínuo, paixão e amor! Estou ansioso para ver todos vocês em breve!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 05 de setembro de 2012
Post de 06 de setembro de 2012

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Joe Lynn Turner"

Joe Lynn TurnerJoe Lynn Turner
"O Purple agora é uma espécie de Ian Gillan Band!"

Joe Lynn TunerJoe Lynn Tuner
"Dá para tocar bêbado mas não dá pra cantar bêbado!"

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Joe Lynn Turner"

Iron MaidenIron Maiden
Banda cai no riso em show nos EUA de 2008

Avril LavigneAvril Lavigne
Aprenda com Rihanna como fazer um meet & greet

MetallicaMetallica
A regressão técnica de Lars Ulrich

5000 acessosPoison: Bret passa o cambão na mãe da Hannah Montana?5000 acessosCristina Scabbia: "Símbolo sexual? Fico surpresa com isto!"5000 acessosBlack Sabbath: As 10 melhores músicas da banda segundo a Ultimate Classic Rock5000 acessosResenha - Marilyn Manson (Maximus Festival, São Paulo, 07/09/2016)5000 acessosGene Simmons: declarações polêmicas sobre bandas de sucesso5000 acessosTr00s Virtuais: Como se tornar um em 100 passos

Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.

Mais matérias de Vicente Reckziegel no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online