Manticora: entrevista com o baixista Kasper Gram

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vicente Reckziegel, Fonte: Witheverytearadream
Enviar correções  |  Ver Acessos

O Manticora já apareceu aqui no blog Witheverytearadream alguns anos atrás com seu primeiro disco "Roots of Eternity", e agora tive a honra de fazer esta entrevista com eles. Com sete discos já lançados e uma carreira sólida, nesta conversa o Baixista Kasper Gram faz um resumo da trajetória da banda, inclusive recordando uma turnê conjunta com o Angra. Completam o Manticora Lars F. Larsen (Vocais), Kristian H. Larsen e Martin Arendal (Guitarras), e Mads Wolf (Bateria).

MTV Unplugged: As 25 melhores apresentações da históriaTrollagem: quando as bandas decidem zoar com o playback

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vicente: O Manticora está fazendo 15 anos de existência este ano. Conte-nos um pouco sobre todo este tempo na estrada:

KG: Hmmm... Por onde começar? Bem, o Manticora é uma banda que adora, tanto estar em turnê, como no estúdio. Ambos os processos fazem parte de ser uma banda, e eu acho que é importante fazer as duas coisas, para que você não se canse um do outro. Pessoalmente, eu realmente gosto de viajar, estar em turnê, conhecer novos lugares do mundo e fazer shows quase todas as noites. Mas estar no estúdio também é muito legal, porque você realmente começa a ver suas idéias e criações musicais evoluírem, de muitas maneiras emocionantes.

Vicente: Vocês lançaram em 2010 o seu sétimo álbum, "Safe". Como foi a divulgação? Quando e onde foi gravado?

KG: A divulgação do "Safe" foi muito pobre em comparação com os outros álbuns, já que só tínhamos duas gravadoras desta vez (Japão / EUA) para promover o álbum em todo o mundo. O álbum foi gravado e mixado em diferentes lugares na Dinamarca, a partir de Abril-Junho de 2010. Fizemos a maioria das gravações nós mesmos. Apenas a bateria e os vocais foram gravados no estúdio Jailhouse, onde Tommy Hansen também fez a parte de mixagem.

Vicente: E a reação dos fãs ao material?

KG: A reação dos fãs para "Safe" foi definitivamente boa. O álbum foi um pouco diferente do nosso material anterior, mas acho que os fãs antigos se mantiveram fiéis e nós ganhamos alguns novos também.

Vicente: Um novo álbum em breve?

KG: Não em breve. Mas estamos lentamente começando a escrever material novo agora, então vamos ver o quão rápido o processo evolui. Nestes dias estamos ensaiando para o show no Wacken, e alguns em que o Manticora será atração principal no Outono (na Europa) de 2012.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vicente: A banda já tocou em toda a Europa e também nos EUA. Vocês têm algum plano de tocar no Brasil em breve?

KG: Infelizmente não. Gostaríamos muito de ir, mas é muito caro, pois não sabemos quantos fãs realmente temos no Brasil. Nós só temos um disco oficialmente lançado na América do Sul (o "8 Deadly Sins") através da Hellion Records, mas nunca vi nenhum álbum, declarações ou dinheiro! Se algum festival brasileiro gostaria de nos escalar... Nós definitivamente iríamos.

Vicente: Em seus shows, quais são as músicas obrigatórias?

KG: "Playing God" e "Cantos" são canções muito populares quando tocamos ao vivo.

Vicente: Há alguns anos, vocês fizeram uma turnê com o Edenbridge e o Angra. Como foram esses shows?

KG: Foi uma turnê muito grande. A melhor que fizemos até agora! Tivemos um grande tempo com ambas às bandas, os locais dos shows eram legais e, em geral, toda turnê foi simplesmente fantástica!

Vicente: Como esta à cena na Dinamarca para as bandas de Rock e Metal?

KG: Tem se tornado cada vez maior. Bandas legais estão fazendo um ótimo trabalho, tanto a nível nacional como internacional, e pequenos festivais de Metal estão aparecendo em toda parte. E agora temos o grande festival "Copenhell" em Copenhague, que teve um público estimado em 12.000 pessoas.

Vicente: O que vocês sabem sobre o Rock e Metal aqui do Brasil?

KG: Eu sei que é muito maior do que aqui na Dinamarca! Vocês têm bandas como Angra e Sepultura. Além disso, não conheço muito (risos).

Vicente: Em poucas palavras, o que você pensa sobre essas bandas:

Angra: banda muito legal, eu sou fã mesmo, os caras realmente são legais... Ainda tenho contato com eles após a nossa turnê de 2005!

Edenbridge: Não gosto da música, mas são pessoas muito agradáveis. Tivemos um bom tempo compartilhando o ônibus na turnê que fizemos juntos.

Savatage: Esta questão deveria ter sido atendida pelo Kristian (Guitarrista da banda)... ele ama Savatage! Eu só gosto de algumas músicas... Mas tivemos um grande momento em turnê com o "Jon Oliva's Pain".

Iced Earth: Realmente já gostei muito deles! Ainda ouço seus álbuns de vez em quando.

Mercyful Fate: E esta questão deveria ter sido atendida pelo nosso vocalista Lars (risos). Realmente não conheço suficientemente o Mercyful Fate, além do fato de que eles são da Dinamarca.

Vicente: Quais são as suas maiores influências?

KG: Na banda o gosto é muito variado. Qualquer coisa de Slayer, Helloween, Blind Guardian, Iced Earth, Nevermore e Symphony X. Eu, pessoalmente, escuto bastante In Flames, Soilwork, Arch Enemy e Scar Symmetry hoje em dia.

Vicente: Por fim, deixe uma mensagem para todos os brasileiros que conhecem ou queiram saber muito mais sobre a música do Manticora.

KG: "Horns up" Brasil! Espero um dia ser capaz de tocar em seu país, com alguns shows do Manticora em um futuro próximo!

Vicente: Obrigado e boa sorte, você merecem.

KG: Muito obrigado e obrigado por algumas questões interessantes.

Kasper Gram

Link clipe "From The Pain Of Loss (I learned about the truth)":

Website:
http://www.manticora.dk/




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Manticora"


MTV Unplugged: As 25 melhores apresentações da históriaMTV Unplugged
As 25 melhores apresentações da história

Trollagem: quando as bandas decidem zoar com o playbackTrollagem
Quando as bandas decidem zoar com o playback


Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.

Mais matérias de Vicente Reckziegel no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280