Forka: entrevista da banda ao site Metal Clube

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rômel Santos, Fonte: Island Press, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Os paulistas do Forka estão a todo vapor divulgando seu último trabalho, o disco "Enough" (2010). O trabalho conseguiu espaço em diversos portais especializados e tem espalhado o nome da banda pelo país.

Emo: gênero que todos amam odiar sem conhecer absolutamente nadaSeparados no nascimento: Paul Stanley e Ioná Magalhães

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Metal Clube conversou com Ronaldo (vocal) para saber quais os planos do grupo e como tem sido a repercussão do recente disco. Acompanhe!

Metal Clube - A sonoridade do Forka reúne misturas de Thrash Metal e Metal Core. Quais as grandes influências que moldaram o som de vocês? Como a banda trabalha para que essa sonoridade seja cada vez mais amadurecida entre um trabalho e outro?

Ronaldo - E aí pessoal do Metal Clube. Nossas influências são várias, podemos citar Sepultura, Slayer, Testament, Biohazard etc. Nossas influências são muito vastas, pois cada integrante tem suas peculiaridades, acho que isso acaba dando uma identidade e características próprias ao Forka. Nós estamos sempre ouvindo coisas novas, geralmente coisas que agreguem ao nosso som. Faço aula de canto, os guitarristas junto com o baterista e o baixista sempre conversam entre eles sobre timbragem, equipamentos e debatemos os shows. Nós somos uma banda focada quanto à evolução, em minha opinião, se torna algo natural.

Metal Clube - O segundo trabalho, "Enough" (2010), tem conseguido espaço em diversos zines e portais especializados em Metal. Qual o grande ponto forte desse registro na visão de vocês?

Ronaldo - A evolução da banda. No "Enough" a banda está mais amadurecida.

Metal Clube - A banda tem apostado bastante na internet para divulgar o último trabalho. Vocês consideram o melhor caminho para espalhar o nome do Forka pelo país? Apoiam os MP3's?

Ronaldo - Com certeza apoiamos. Hoje praticamente tudo gira em torno de publicidade principalmente na internet, o mundo está girando em torno disso, preferimos ter nossa música espalhada ao público. Sendo assim, nossos dois álbuns estão disponíveis para download no site da Trama Virtual. É só clicar no FORKA e mandar bala (risos).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Metal Clube - Já se passaram 10 anos do lançamento do primeiro trabalho, "Only Hate". Qual o grande incentivo do Forka para manter-se vivo na cena, uma vez que as dificuldades estão cada vez maiores no que diz respeito a espaço, divulgação e apoio do público aos grupos nacionais?

Ronaldo - Nós amamos o que fazemos. Nós já tocamos para 10,000 pessoas e para 2 também. A energia é a mesma. Hoje uma banda viver 10 anos na cena como a do Brasil é muito gratificante. Eu tenho esperança na cena do Brasil. E acredito que esteja crescendo. Banda boa não falta.

Metal Clube - O clipe de 'Knowing Your Suffering' foi veiculado na programação da MTV. Qual a importância para o cenário nacional ao ter uma banda sendo divulgada nas mídias de grande massa? Vocês consideram esse apoio fundamental?

Ronaldo - Quando eu era mais novo, vi uma vez um clipe do "Questions" na MTV e pensei: "Que foda!!!" E para mim serviu de inspiração, e pensei assim: "Um dia terei uma banda e estarei na mídia!" E aconteceu, mesmo sendo underground e independente, nós conseguimos. Com certeza é fundamental e deveria ser obrigação dela como uma Music Television colocar um programa do gênero.

Metal Clube - A banda carrega em sua trajetória de shows importantes, como a participação no festival Araquara Rock junto com a banda Biohazard e o ForCaos, em Fortaleza-CE. O que esses festivais trouxeram de crescimento para a banda?

Ronaldo - Todo show sempre traz alguma experiência para nós. Muitas vezes boas, algumas ruins. Nos festivais foram as melhores possíveis. Conhecer profissionais da música e por trás dela, como engenheiros de som, produtores, fãs etc. São festivais totalmente profissionais, isso agrega muito para a banda. Acho que o Forka não teve tantas experiências ruins de show. Ainda bem! (risos).

Metal Clube - Falando nisso, como tem sido a aceitação das faixas de "Enough" nos últimos shows?

Ronaldo - Nossa! O pessoal gosta muito. Nos shows já vejo as pessoas cantando alguns sons, como a 'Screaming In The Shadows'. Algumas pessoas tem nos cobrado algum som antes e durante o show, isso é realmente muito foda. Estamos contentes com os resultados das resenhas elogiando o nosso trabalho. Isso é o que nos dá animo e força para estar na estrada há dez anos.

Metal Clube - Para fechar, o que a banda espera de 2012? Quais os planos para o futuro?

Ronaldo - Esperamos lançar um novo play ainda este ano. E nossos planos é tocar muito e fortalecer ainda mais a cena. Nós acreditamos no potencial do publico e vamos que vamos, pois o som não pode parar. Agradeço o espaço e muita força para o metal nacional.

Veja a matéria original:
http://www.metalclube.com/novo/entrevistas/11383-ronaldo-forka.html




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Forka"


Emo: gênero que todos amam odiar sem conhecer absolutamente nadaEmo
Gênero que todos amam odiar sem conhecer absolutamente nada

Separados no nascimento: Paul Stanley e Ioná MagalhãesSeparados no nascimento
Paul Stanley e Ioná Magalhães


Sobre Rômel Santos

Proprietário da ISLAND PRESS, empresa especializada na divulgação de grupos musicais e artistas pertencentes ao universo do Rock 'N' Roll, Heavy Metal e Música Instrumental. A ISLAND PRESS tem como objetivo principal de realizar um trabalho diferenciado e manter uma relação profissional e harmoniosa com os clientes, com base no respeito mútuo.

Mais matérias de Rômel Santos no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline