Sacred Gate: entre forças do Tradicional Heavy metal alemão

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Écio Souza Diniz, Fonte: Sacred Gate, Press-Release
Enviar correções  |  Comentários  | 

Não é novidade que a Alemanha foi berço de grandes nomes do Metal mundial, e até hoje ainda há uma cena muito forte no país, como por exemplo, no Heavy tradicional. Formada em Mönchengladbach a SACRED GATE é uma das bandas recentes que tem se destacado no cenário alemão, com suas músicas compostas por bases fortes e bem feitas, e um clima cheio de energia. O guitarrista Nicko Nicollaids veio nos falar mais sobre a banda e seus planos para este ano que se inicia.

5000 acessosTrollagem: quando as bandas decidem zoar com o playback5000 acessosDoentio: Black Metal composto apenas com gritos de pacientes loucos

Olá Nicko. Atualmente, como é a cena alemã para o Heavy metal tradicional?

Oi Écio, primeiramente gostaria de agradecer à você por nos dar a oportunidade de promover a SACRED GATE com esta entrevista. Eu acho que nos temos uma boa cena do Heavy metal aqui na Alemanha, há algumas ótimas bandas underground que ainda não são muito famosas, mas ainda mantêm vivo o espírito do Metal. Há também alguns bons festivais como ‘Keep i true’, ‘Swordbrothers’, ‘Headbangers open air’, aonde você pode ver muitas bandas de Metal tradicional. A cena local é menor, mas isto é em todo lugar.

Quais são as principais influências dos membros da SACRED GATE?

Primeiro de tudo certamente IRON MAIDEN, e claro bandas como JUDAS PRIEST, MANOWAR, DIO, RUNNING WILD, METALLICA ou ICED EARTH. Eu também ouço muito do SLAYER antigo, KREATOR e coisas do SEPULTURA.”Beneath the remains” e “Arise” são duas obra-primas do Thrash metal, vocês devem se orgulhar de que uma banda brasileira chegou a tanto.

Como tem sido a divulgação da banda em outros países?

Bem, a banda existe desde 2008, nós somos bem conhecidos na cena local, mas não no exterior. O primeiro sinal de vida da banda em outros países foi feito em setembro de 2011 com o lançamento do EP “Creators of the downfall”. Mas com o debut álbum que será feito agora em março, eu penso que iremos conquistar alguns fãs em outros países.

Atualmente, vocês estão divulgando o EP “Creators of the downfall”. Como tem sido a recepção dos fãs a este lançamento?

O EP contem três sons ao vivo e três do álbum que está por vir. Nós tivemos muitas resenhas boas em todo o mundo e as pessoas estão esperando pelo lançamento do debut álbum “When eternity ends” em Março de 2012. Vocês podem ler as resenhas em nosso website: www.sacredgate.net. Muitas delas estão em alemão, mas há também algumas em inglês.

“Creators of the downfall” é um bom disco, composto por sons empolgantes, refrãos marcantes, como na faixa-título e ‘Burning wings’. Qual característica você acha que melhor define a banda?

Nós temos um grande vocalista. A propósito eu e Jim Over, o vocalista, somos Gregos que vivem na Alemanha. Ele tem uma grande voz, muito única, sua voz é como uma marca registrada da banda. Também temos como características as composições, com os refrãos marcantes, as levadas de guitarra melódica e solos e os riffs agressivos, a sólida bateria de Chris e as linhas melódicas de baixo de Peter. Eu não gosto de sons nos quais não há guitarra solo, não porque eu toco guitarra, mas porque um solo é uma parte básica do som, ele dá vida ao som, afinal de contas, nós tocamos Heavy metal e não alguma merda moderna.

Vocês estão fazendo os arranjos finais para o lançamento do debut álbum. Fale-nos sobre isso. Como será distribuído o álbum fora da Alemanha?

Nós somos muito sortudos por termos encontrado um grande selo, Metal on Metal records da Itália, os proprietários deste selo são Simone e Jowita, ambos metal maníacos. Jowita também desenhará a nossa capa. Eles estão a muitos anos na cena do Metal, então eles tem todas as conexões que você precisa para promover uma banda, especialmente no underground. Eles tem seus distribuidores em todo o mundo, e eu penso que o CD sairá bem. Além disso, eles vão a muitos festivais para promover suas bandas. Eu tenho certeza que farão um bom trabalho.

O que nós podemos esperar do primeiro álbum do SACRED GATE?

Vocês podem esperar algo que é puro Heavy metal, e se você gosta do material antigo de bandas como IRON MAIDEN, JUDAS PRIEST ou ICED EARTH, você gostará muito da música da SACRED GATE.

Você conhece o cenário Metal do Brasil?

Eu sempre gostei de bandas como SEPULTURA, SOUFLY, SARCÓFAGO, HIBRIA e KRISIUN. Eu não conheço muitas bandas do Brasil, mas eu desejo que o SEPULTURA faça uma reunião algum dia. Eu os vi ao vivo em 1993, quando eu tinha 18 anos de idade (Risos). O tempo passada rápido (Risos).

Há planos para turnês em outros países?

Não, agora, nós apenas estamos fazendo alguns shows aqui na Alemanha. Eu espero que nós possamos tocar em alguns festivais maiores este ano. Uma turnê é muito cara e nós não podemos pagar tanto dinheiro no momento. Nós investiremos o dinheiro no estúdio para gravar o segundo álbum este ano. Claro, nós não diríamos não se uma banda famosa nos chamasse para lhes dar apoio em uma pequena turnê, se nós não tivermos que pagar por isso.

Por fim, o espaço está aberto para você deixar uma mensagem aos fãs de Heavy metal no Brasil.

Eu desejo um bom ano à todos, com muito Heavy metal. Seria ótimo se pudermos algum dia tocar na América Latina e Brasil. Nós sabemos que vocês tem apaixonados Metal maníacos aí. Isso é porque o Heavy metal nunca morrerá!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Sacred Gate"

TrollagemTrollagem
Quando as bandas decidem zoar com o playback

DoentioDoentio
Black Metal composto apenas com gritos de pacientes loucos

Top 10 GuitarristasTop 10 Guitarristas
Matéria empolgada no Jornal da Globo

5000 acessosSexo e Rock and Roll: músicas com conotação sexual5000 acessosDuff McKagan: "Justin Bieber é um roqueiro de verdade!"5000 acessosMetal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gênero4609 acessosCovers: quando bandas de Symphonic Metal prestam tributo5000 acessosACDC: A mulher que virou tema de "Whole Lotta Rosie"3438 acessosKiss: a relação de Gene Simmons com o Van Halen

Sobre Écio Souza Diniz

Graduado em Ciências Biológicas e pesquisador na área de Ecologia e Evolução vegetal, sempre foi aficionado por leituras sobre o mundo do Rock/Metal. Além do metal, tem como paixões filmes de terror e épicos. Já participou como vocalista de várias bandas de Death/Grind, mas como nenhuma vingou se encontrou melhor em redigir matérias, fundando há alguns anos atrás o Pólvora Zine. Colabora também com vários sites especializados e com a revista Roadie Crew. Suas bandas preferidas são Iron Maiden, Black Sabbath, Dio, Dorsal Atlântica, Candlemass e Sarcófago.

Mais matérias de Écio Souza Diniz no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online