Mad Dog: entrevista com a banda paulistana

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Blog Van do Halen
Enviar correções  |  Ver Acessos


A Mad Dog surgiu e, desde então, tem muita repercussão na região do interior de São Paulo, de onde vem a banda. Os caras fazem um Hard Rock técnico, bem tocado e fora dos clichês. Confira agora a entrevista que a Van do Halen realizou com o guitarrista do grupo, Doug Alqualo.

Guitarristas: os sete mais influentes de todos os temposIron Maiden: As 5 músicas mais fracas da carreira da banda

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Van do Halen: Primeiramente, gostaria que você apresentasse a banda.

Doug Alqualo: Olá, me chamo Doug Alqualo e junto com Lincoln Johnny (vocal), Rogério Junqueira (baixo) e Rafael Dias (bateria), integro a Mad Dog, uma banda de Hard Rock. Somos de Franca, interior de São Paulo, e unimos nossas forças no começo de 2007 com a idéia de seguir uma linha autoral, visando sempre poder trabalhar com som próprio. Começamos a banda já trabalhando com algumas composições e idéias. Fizemos muitos shows desde pequenas apresentações até show maiores como o na Festa de Peão de Barretos em 2009, onde tocamos Rock n' Roll no maior reduto sertanejo do país!! (risos). Mas acredito que cumprimos a nossa missão, que é a de levar o Rock n' Roll a todos os lugares possíveis e sempre fomos muito bem aceitos nisso!!

Van do Halen: O nome Mad Dog é curioso, mas possui um mascote ligado a ele e provavelmente conta com algum significado. Há algum significado ou foi um nome escolhido de forma aleatória?

Doug Alqualo: Quando a banda começou, em 2007, nós não tínhamos um nome e isso me incomodava. Uma tarde, conversando com o Rafael Dias sobre isso em frente ao portão de sua casa, que é o nosso QG, saiu o Ticoso, um vira-lata velhíssimo, parcialmente cego, manco e perdendo pelo calvo! (risos) O Rafael gostava muito do cachorro, e disse "Olha esse cão, ele é muito louco, adoro ele!" Na hora eu pensei MAD DOG!! Tava assim batizada a banda! O Ticoso se foi alguns meses depois! R.I.P Ticoso!!!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Van do Halen: Apesar do conjunto afirmar que não se prende a um gênero musical em específico, há uma grande influência do Mr. Big, e indiretamente do Van Halen, que exerce grande influência sob o Mr. Big. Quais outras influências ou inspirações vocês ressaltam que estão presentes no som?

Doug Alqualo: Isso! Você citou as nossas maiores influencias diretas! Van Halen e Mr. Big, posso também acrescentar a banda paulistana Dr. Sin, que também pode ser considerada uma influencia direta. O mais interessante é que cada integrante tem uma bagagem distinta. Eu gosto muito de Hard Rock, é a minha influencia principal. Gosto de guitarristas que trabalham com uma banda! Não sou muito fã de música instrumental! O Rogério é mais voltado ao Thrash e Prog Metal. Dream Theater, Pantera, Black Label Society e bandas do gênero. Rafael tocou durante algum tempo Heavy Metal Melódico então isso acaba inspirando-o pra criar algumas linhas. O Lincoln gosta dos grandes vocalistas: David Coverdale, Dio, Jorn Lande e o Steve Lee do Gotthard, este que eu, Doug, gosto muito e recomendo! Juntando todos esses elementos variados, tentamos nos direcionar e criar algo bacana e interessante a todos!

Van do Halen: A Mad Dog lançou um CD demo no primeiro semestre de 2010. Como foi o processo de composição, gravação e lançamento?

Doug Alqualo: Compomos bastante material no primeiro ano de banda, fazendo Jam Sessions e juntando o que tínhamos individualmente. Surgiram então, algumas composições e decidimos lançar o CD Demo com quatro delas. Gravamos todo o material em Home Studio, tentando extrair o máximo de qualidade possível com o mínimo de recurso que tínhamos disponível na época. Lançamos as músicas tanto de forma online como de forma física, e a aceitação foi enorme! A tiragem inicial de cópias dessa demo simplesmente esgotou!

Van do Halen: Como está a banda atualmente? Há planos para o futuro? Qual deles está mais próximo de se concretizar?

Doug Alqualo: Estamos finalizando mais algumas músicas que em breve estarão disponíveis online e também como um bônus numa nova tiragem do CD Demo. Reservamos o primeiro semestre de 2011 para trabalharmos em mais idéias e composições, pois queremos lançar em breve o nosso debut. Estamos sendo cobrados por isso pelos fãs! (risos)

Van do Halen: Apesar de produzirem o próprio som, acredito que vocês também sejam plateia e estejam atentos às bandas de Rock que aparecem. O que vocês acham sobre a cena musical na região em que vocês residem e no Brasil como um todo?

Doug Alqualo: Sim, fazemos uma "pesquisa de mercado" muito grande e vemos que tem bastante coisa boa que surge mais que não tem espaço pra pode se firmar. A cena no Brasil é difícil, mas tem grandes redutos e os fãs de Rock mantém a chama viva. Na nossa região é mais complicado, pois o estilo predominante é o sertanejo, e o Rock n' Roll é marginalizado. Mas isto nos dá mais força pra continuarmos levando música de qualidade pra todos!

Van do Halen: Como é a relação da Mad Dog com a Internet? Vocês acreditam que seja uma ferramenta poderosa para os músicos independentes ou preferem o "modo antigo"?

Doug Alqualo: A Internet é atualmente o principal meio de divulgação, temos perfis em vários sites e disponibilizamos nossas músicas neles para serem ouvidas e para download. Acredito que essa é a melhor forma de interação com os fãs, seja para artistas consagrados ou para novas bandas. Atinge um público muito maior e o consumidor de música não precisa sair da sua casa ou da frente do computador, pode ter tudo sempre a mão, com um click. A desvantagem é que tudo se torna descartável por ser muito fácil! A quantidade aumenta mais a qualidade cai! Mas em todos os gêneros tem muita coisa boa a ser ouvida e blogs como o Van do Halen que sempre apresenta material de qualidade!

Van do Halen: Obrigado pela entrevista. Que mensagem você gostaria de deixar para os leitores e fãs?

Doug Alqualo: Primeiramente muito obrigado a vocês pelo espaço. Aos leitores do blog, fica a dica: valorizem mais o som autoral. As bandas que fazem músicas próprias trabalham duro e tem muito pouco espaço, concorrem com todos e principalmente com bandas covers! Tocar músicas clássicas e consagradas é ótimo! Mas o cover só é bom para o original! E descobrir novas bandas de qualidade e valorizá-las é ótimo pra cena e não tem preço!

Ouça as músicas da Mad Dog no site MySpace:
http://www.myspace.com/maddogofficial

Reverbnation:
http://www.reverbnation.com/maddogofficial

SoundCloud:
http://soundcloud.com/mad-dog-2/sets/mad-dog-demo-2010/

Facebook:
http://www.facebook.com/pages/MAD-DOG/104458136282415

Twitter:
http://twitter.com/maddogofficial

Orkut:
http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=8616125390392575619...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Mad Dog"


Guitarristas: os sete mais influentes de todos os temposGuitarristas
Os sete mais influentes de todos os tempos

Iron Maiden: As 5 músicas mais fracas da carreira da bandaIron Maiden
As 5 músicas mais fracas da carreira da banda


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline