Metallica: no futuro, St. Anger será como o Born Again?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Douglas Morita, Fonte: Metallica Remains
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

A Javno postou em novembro de 2008 uma entrevista com o baterista do METALLICA, Lars Ulrich. Alguns trechos da conversa podem ser conferidos abaixo.

Metallica: filmagem profissional de "Now That We're Dead" na Estônia; confiraRolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revista

Javno: Vocês têm reintroduzido algumas de suas músicas mais antigas ultimamente, que não eram tocadas há algum tempo e vocês também vêm tocando músicas do "St. Anger", um álbum que não desceu muito bem quando foi lançado.

Lars: "Mas nós descobrimos que com todo o amor pelo 'Death Magnetic', e todo o amor por todo o retorno ao estilo antigo e tudo isso, agora é um ótimo momento para tocar todas aquelas, como as músicas comerciais do 'Load' e 'Reload'. Nós tocamos na Alemanha noutro dia, nós tocamos uma música do 'St. Anger'. Você precisa dar um pouco de amor ao 'St. Anger'. Um cara que estava fazendo uma entrevista há algumas semanas disse, 'Sabe aquele álbum? Você conhece um álbum chamado 'Born Again'?' Claro que eu conheço. Black Sabbath, 'Zero the Hero', um dos melhores álbuns do Black Sabbath. Ele continua, 'Exatamente, esse é o meu ponto. Daqui vinte anos, 'St. Anger' será o 'Born Again' do Black Sabbath, pois quando o 'Born Again' saiu, todo mundo odiou, e agora é um dos álbuns mais reverenciados do Black Sabbath. Espere e verá, 'St. Anger' será o 'Born Again'".

"Ouça, sabe, em 2004, o primeiro show em Phoenix, nós começamos esta coisa chamada Live Metallica, que é um pontocom ou algo assim, onde você pode ir e baixar o show em uns dois dias depois de termos tocado. Desde aquele show, nós não tocamos a mesma setlist duas vezes. E nós provavelmente tocamos o que, duzentos shows desde então, então toda noite nós mudamos a setlist, e isso é meio o que nós mantém vivo e nos mantém interessados, pois você faz coisas diferentes todas as noites. Na turnê do 'St. Anger', nós provavelmente escolhemos dentre sessenta músicas todas as noite, então toda noite é diferente, e isto é o que planejamos continuar fazendo. Mas sabe, lembre-se que naquelas turnê intermináveis dos anos 90, nós tocamos tanta coisa do álbum preto, 'Load' e 'Reload'. Então na turnê do 'St. Anger' e desde então, nós tocamos muitas coisas dos anos 80 porque nós havíamos tocado muita coisa dos anos 90".

Javno: O que tem no heavy metal que o torna tão atrativos para os fãs?

Lars: "Essa é uma ótima pergunta. Tudo que eu posso dizer é que de viajar por todo o mundo nos últimos anos, o heavy metal está vivo e detonando, e é inacreditável. Escandináva, Europa oriental, oriente, é inacreditável. Eu não sei se é como um ritual de passagem, você sabe quando tem treze anos que você precisa ter seu primeiro empurrão no heavy metal. Eu não sei o que é, mas parece que nos anos 90, sabe, todas as crianças estavam gostando de grunge e todas essas coisas, e seja lá o nome que eles dão, era tudo a ver com rap rock. E Limp Bizkit e todas essas coisas. E agora parece que todas os jovens não estão só fazendo metal de novo, mas eles estão fazendo como o metal dos anos 70 e 80, tem tudo a ver com Iron Maiden, Metallica, Deep Purple, Black Sabbath. Todas essas coisas. E é simplesmente inacreditável. Eu acho que no final, a palavra 'eterno' provavelmente surge. Há uma eternidade no metal, porque está tão alheio a moda, tão alheio a ondas de popularidade e ins e outs e todas essas coisas, pois agumas vezes é, especialmente para a mídia de massa, é meio que considerado o filho feio ou algo assim, o urrgghhh, as crianças fedidas do heavy metal. É tipo, porque você não está nunca associado com nada que está em voga, ou sabe, que ele simplesmente continua e é como herpes ou algo assim: nunca vai embora!"

A entrevista completa, em inglês, pode ser lida clicando aqui.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Metallica"Todas as matérias sobre "Lars Ulrich"


Metallica: filmagem profissional de "Now That We're Dead" na Estônia; confiraGrandes covers: cinco versões para "Enter Sandman", do MetallicaMetallica: a controversa parceria com Lou Reed em Lulu (vídeo)

Metallica: banda doou 100 mil dólares para ajudar a combater incêndios na CalifórniaMetallica
Banda doou 100 mil dólares para ajudar a combater incêndios na Califórnia

Metallica: James Hetfield falou sobre vícios durante show em julhoMetallica
James Hetfield falou sobre vícios durante show em julho

Metallica: Lars Ulrich presta emocionante homenagem ao baixista Timi HansenMetallica
Lars Ulrich presta emocionante homenagem ao baixista Timi Hansen

Sucesso: gráfico em vídeo mostra artistas mais vendidos de 1969 a 2019Metallica: veja "Disposable Heroes" ao vivo em show realizado na FinlândiaMetallica: "Disposable Heroes" ao vivo na FinlândiaClube da Música: 10 bandas de Rock/Metal mais acessadas do YouTube (vídeo)Em 02/11/1962: nascia Ron McGovney, primeiro baixista do MetallicaMetallica: vídeo de "Moth Into Flame" ao vivo na Noruega

Metallica: Kirk Hammett toca bossa nova e traz jazz para a banda, mas é barradoMetallica
Kirk Hammett toca bossa nova e traz jazz para a banda, mas é barrado

Metallica: St. Vincent largou violino para aprender músicas da banda na guitarra

Metallica: ex-baixista nunca se arrependeu de ter saído da bandaMetallica
Ex-baixista nunca se arrependeu de ter saído da banda

Dedo x Palheta: Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debateDedo x Palheta
Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debate

Metallica: versão acústica (e bem diferente) de Enter SandmanMetallica
Versão acústica (e bem diferente) de "Enter Sandman"

Metallica: Kill e Ride foram inspiração para novo álbum, afirma LarsMetallica
Kill e Ride foram inspiração para novo álbum, afirma Lars


Rolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revistaRolling Stone
As 500 melhores músicas segundo a revista

Fotos de Infância: Marilyn MansonFotos de Infância
Marilyn Manson

Lars Ulrich: Eu era o maior fã do Iron MaidenLars Ulrich
"Eu era o maior fã do Iron Maiden"

Dio: as músicas de Heavy Metal/Rock favoritas do vocalistaDio
As músicas de Heavy Metal/Rock favoritas do vocalista

Lemmy Kilmister: Esta coisa de Black Metal me faz rir!Lemmy Kilmister
"Esta coisa de Black Metal me faz rir!"

Saúde: Headbanging pode causar lesões sérias; saiba se previnirSaúde
Headbanging pode causar lesões sérias; saiba se previnir

Gene Simmons: explicando declaração polêmica sobre depressãoGene Simmons
Explicando declaração polêmica sobre depressão


Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336