AC/DC: "gravamos mais álbuns que um monte de bandas"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Oswaldo Marques, Fonte: Undercover News, Tradução
Enviar Correções  

Paul Cashmere, do Undercover News australiano, entrevistou em outubro de 2008 o guitarrista Angus Young, que falou sobre inúmeros tópicos relacionados ao AC/DC.

Undercover News: Que tipo de estilo de vida o dinheiro e a fama te proporcionaram?

Young: "Sempre fui um sujeito simples. Nunca fui daquele tipo de pessoa superficial que gosta de esbanjar. Penso que o mesmo acontece com o resto dos integrantes do AC/DC. Acho que é por isso que permanecemos como sempre fomos. Se você pedir a alguém para descrever um guitarrista de rock essa pessoa não imaginará uma pessoa como eu, usando short e uniforme de escola. Nós sempre fomos diferentes do resto".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Undercover News: E sobre os bens materiais?

Young: "Bens materiais? Eu nunca fui a favor de uma vida superficial e fútil, uma casa grande com uma piscina enorme e um monte de garotas em volta".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Undercover News: Os discos tem rareado ultimamente. Vocês lançaram dois no primeiro ano, cinco nos dois primeiros anos e meio, mas esta produtividade está muito distante agora.

Young: "É verdade, mas temos gravados mais álbuns em nossa carreira que um monte de bandas por aí. Lançamos mais álbuns do que o The Who nos últimos vinte anos. Temos sorte em ter mais tempo de concentrarmos nosso tempo para compor, o que é muito gratificante. Você consegue realmente se concentrar. No passado tinha o prazo final para entrega do material expirando ao mesmo tempo em que havia uma turnê. Muito do material anterior da banda foi escrito e gravado enquanto excursionávamos. Hoje em dia é legal o fato de termos tempo para relaxar e criarmos o que queremos de forma mais tranqüila.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Undercover News: Como a morte de Bon Scott afetou vocês?

Young: "Para mim foi como perder alguém da família. Nós éramos muito próximos. Realmente muito próximos. Uma banda como o AC/DC é como um grupo de amigos de infância. Nós pensamos da mesma forma, há uma conexão muito forte entre nós. Passamos muito tempo juntos e uma perda é algo muito difícil de superar".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Undercover News: O quão difícil foi substituir Bon?

Young: "Isto também foi algo muito difícil. Nós realmente não sabíamos como proceder. Na época alguns diziam 'vão em frente' e outros diziam para pararmos. Não queríamos procurar por um novo vocalista. Tudo que sei é que Malcolm (irmão de Angus e guitarrista base) me chamou um dia e disse que deveríamos continuar juntos e escrever novas músicas. Ele disse que isso nos ajudaria a manter nossas mentes longe do que ocorreu. Você nunca poderia substituir Bon Scott com alguém parecido com ele. Nós tivemos sorte em conhecer Brian Johnson. Ele tem uma personalidade única assim como Bon. Sempre procurei por alguém que fizesse algo diferente no mundo da música. Foi o que aconteceu com Brian Johnson. Ele tem uma personalidade única".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Leia a entrevista completa (em inglês) no link abaixo.


GooInArt Goo336 Cli336 Goo336 Goo336