Blackmore's Night: Candice comenta papel em filme

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Júlio Oliveira, Fonte: Brave Words, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

CrusherMagazine.com conversou recentemente com Candice Night, vocalista do BLACKMORE'S NIGHT, que falou sobre sua atuação no filme "House Of Eternity", previsto para sair em outubro.

Bohemian Rhapsody: recorde batido pelo filme é superado por Vingadores UltimatoPor pouco: 15 rockstars que quase partiram dessa para uma melhor

"House Of Eternity" é o primeiro filme no qual você trabalha. O que motivou-lhe a começar a trabalhar em um filme? Trata-se de um interesse recém descoberto ou algo que você já queria fazer há algum tempo?

Candice: "Eu definitivamente tenho a atuação correndo em meu sangue, e desde os quatro anos de idade eu já participava de aulas de teatro pois achava fácil me tornar uma outra pessoa por alguns instantes, mesmo que achando um pouco daquela pessoa dentro de mim mesma. Quando comecei a escrever músicas, percebi que poderia utilizar a mesma técnica e então me transformar em um personagem que entretanto, deve ter sempre algo que siga em paralelo comigo, o que garantirá que eu me expressarei através daquelas palavras também, mas a oferta de um papel neste filme foi realmente uma surpresa maravilhosa para mim".

Por qual motivo escolheu fazer um filme de terror em sua primeira atuação? Você tem alguma espécie de interesse no gênero?

Candice: "Para ler, eu sou grande fã do gênero do terror psicológico. John Saul é meu autor favorito mas nos filmes às vezes se torna difícil ter o equilíbrio entre te afetar psicologicamente e não ser completamente sobre sangue e 'gore' (tipo de filme onde comumente há banhos de sangue). Eu encontrei no roteiro do filme vários aspectos dos personagens. Há verdade, amor profundo e eterno, romance, comédia, etc. Há também raízes em uma história verdadeira em algo que estava acontecendo naquele período do tempo que adiciona uma certa realidade à história. Então o enredo me chamou atenção de várias formas".

Filmes de terror e rock tendem a ser uma boa mistura. Você também cantará na trilha sonora?

Candice: "Eu encontrei um dos produtores do filme durante uma entrevista para o VH1 há alguns anos. Ele conhecia o tipo de música que nós fazemos no BLACKMORE'S NIGHT e se declarou fã do estilo que funde rock com música renascentista. Quando eu fiz o teste para o filme, coincidentemente eu tinha algumas amostras do meu trabalho solo no carro, então toquei para eles e eles gostaram. É algo mais voltado para o mistério e magia do que um rock direto, então se encaixa perfeitamente no filme".

A entrevista complete pode ser lida no crushermagazine.com.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Cinema e TV"Todas as matérias sobre "Blackmores Night"


Bohemian Rhapsody: recorde batido pelo filme é superado por Vingadores UltimatoBohemian Rhapsody
Recorde batido pelo filme é superado por Vingadores Ultimato

Metallica: Hesher, filme inspirado em Cliff BurtonMetallica
"Hesher", filme inspirado em Cliff Burton

Filmes sobre rock: A história do gênero no cinemaFilmes sobre rock
A história do gênero no cinema

Jim Carrey: batendo cabeça ao som de Cannibal CorpseJim Carrey
Batendo cabeça ao som de Cannibal Corpse


Por pouco: 15 rockstars que quase partiram dessa para uma melhorPor pouco
15 rockstars que quase partiram dessa para uma melhor

Sexo: como se comportam os fãs de cada vertente de Metal?Sexo
Como se comportam os fãs de cada vertente de Metal?

Noisecreep: os 10 clipes mais assustadores do heavy metalNoisecreep
Os 10 clipes mais assustadores do heavy metal

Slayer: Raining Blood é brutal, mesmo com a bateria da BarbieSlayer
"Raining Blood" é brutal, mesmo com a bateria da Barbie

Black Sabbath: Tony Iommi explica como tocar ParanoidBlack Sabbath
Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"

Metallica: Orion Music foi um desastre financeiro, diz JamesMetallica
Orion Music foi um "desastre financeiro", diz James

Alice Cooper: Ke$ha é a versão feminina de Robert PlantAlice Cooper
"Ke$ha é a versão feminina de Robert Plant"


Sobre Júlio Oliveira

Recifense, atualmente divide seu tempo entre trabalhar em Copenhague (Dinamarca) e morar/estudar em Malmö (Suécia). Começou a escutar Metal no início dos anos 90 com os companheiros do Colégio da Polícia Militar e desde então não parou mais, mas nunca se restringindo a um estilo, mas à qualidade da musica em questão. Resolveu começar a colaborar com o site depois de anos lendo as noticias trazidas por outros. "Tava na hora de eu dar minha colaboração também...".

Mais matérias de Júlio Oliveira no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336