Zakk Wylde: "tocando pelo puro amor de tocar"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Giovane Cintra, Fonte: Brave Words, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Simon Minlburn, da The Metal Forge, recentemente conversou com Zakk Wylde, guitarrista das bandas BLACK LABEL SOCIETY / OZZY OSBOURNE, que falou sobre seu empenho para assumir o posto, ocupado anteriormente por músicos do quilate de Jake E. Lee e Randy Rhoads.

2030 acessosOzzy Osbourne: escolhendo álbum do Alice in Chains no seu Top 105000 acessosPiadas sobre músicos

Aos 19 anos de idade, quem realmente sabe onde vai estar daqui a poucos anos, daqui a cinco, dez ou até mesmo vinte anos? Quando o desconhecido 'debulhador' Zakk Wylde foi escolhido para substituir Jake E. Lee na banda de OZZY OSBOURNE em 1987, esse adolescente que bebe cerveja, evoca o inferno e queima os trastes não tinha idéia de onde seu novo trabalho o levaria. Sua primeira performance ao lado do Príncipe das Trevas seria no álbum “No Rest For The Wicked”, de 1988, e tão cedo quanto Osbourne agitou com “No More Tears” (1991) e “Ozzmosis” (1995), a presença de Wylde e sua estatura cresceram de acordo. Zakk Wylde se ramificou com “Pride & Glory”, uma gravação solo (“Book of Shadows”, de 1996) e eventualmente sua própria banda, BLACK LABEL SOCIETY. E por todo esse caminho, seu compromisso como braço direito de OZZY OSBOURNE nunca foi quebrado.

Depois de seis anos, os fãs de Ozzy foram recompensados com “Black Rain” (2007) e embora Osbourne (que vai fazer 60 anos) esteja procurando reduzir a marcha de alguns aspectos de sua carreira, a banda - que ao lado de Osbourne e Wylde consiste no baixista Rob 'Blasko' Nicholson (ex-ROB ZOMBIE) e o baterista Mike 'Puffy' Bordin (ex-FAITH NO MORE) está finalmente voltando a destruir as audiências australianas com seu perverso ataque sonoro.

Aproveitando um tempinho em casa na Califórnia (EUA), o guitarrista Zakk Wylde está "só esfriando a cabeça, levantando uns pesos, praticando; levando a vida como sempre" como ele suscintamente cita. Perguntei a Wylde sobre a volta de Ozzy à Austrália, o processo de composição de um álbum do Ozzy, as metas de Wylde como um escritor e guitarrista, e sobre como é irreal pensar que o garoto que já teve 19 anos de idade tem compartilhado o palco com uma das maiores lendas do Metal de todos os tempos por mais de vinte anos.

"É loucura! Ficamos só rindo outro dia, eu tinha 19, tenho 41 agora. Pode não ser (irreal) aos 41, mas contemos isso em anos caninos: isso me faz ter cerca de 523 anos de idade agora", brinca o guitarrista.

Tão assustador quanto um novo trabalho poderia ser para alguém tão novo, Wylde pegou tudo em seu passo com uma forte concentração, particularmente quando se tratou das expectativas que ele tinha sobre sua nova ocupação. "Vou ficar bom e bêbado pra caralho. Era só isso. Não, você sabe, só tentei e fiz o melhor trabalho que eu poderia fazer e sair com Randy (Castillo, baterista da banda de Ozzy Osbourne que morreu em 2002), e o pessoal, sabe? Era só isso. Só fazer o melhor trabalho que poderia, porque eles são gente grande. Era só isso. Só dei duro, tentei chutar uns traseiros e é só isso. Só beber umas cervejas e ficar legal, cara".

Não há dúvida que a vaga de guitarrista de OZZY OSBOURNE ia ser um belo trampolim pra qualquer um que fosse escolhido para preenchê-la. Não estaria só tomando o lugar de Jake E. Lee, mas estaria também na mesma posição uma vez ocupada pelo lendário Randy Rhoads. "Com Randy e Jake, vindo depois de Tony (Iommi, guitarrista do Black Sabbath), você não pode simplesmente calçar os sapatos dos outros. Você tem que chegar e botar a porta abaixo com seus próprios sapatos. Então eu só peguei a vaga depois disso, entende? Você só tem que dar seu melhor tiro e é isso, cara".

Sobre a jornada das duas décadas seguintes, o perfil de Wylde como um guitarrista decolaria desde o humilde começo de um garoto de 19 anos até os dias de hoje, em que ele é visto regularmente em praticamente todas revistas de guitarra que os novos guitarristas lêem.

Mas essa é uma posição que Wylde nunca pensou muito a respeito. "Ahm, não. Não penso que deva pensar nisso. Você simplesmente toca pelo puro amor de tocar, e sempre pode ficar melhor. Não interessa o que você faz, você sempre pode melhorar. Não interessa se é uma técnica ou composição de música ou qualquer coisa - quero dizer, olha pros Beatles! Eles podiam ter parado depois de 'She loves you, yeah, yeah, yeah,' (fazendo referência à música dos Beatles She Loves You, de 1963). Aquilo foi massivo! Tinha muita coisa acontecendo. Então eles começaram a se mexer, e fizeram 'Sgt. Pepper's' ('Lonely Hearts Club Band', lançado em 1967). E foi algo como 'Oh meu Deus! Que que é isso?' Você olha pra trás nos álbuns dos primeiros anos dos Beatles - 'Help', por exemplo, e se eles tivessem parado, eles ainda teriam sido uma banda lendária. Então de repente, eles lançam 'Sgt. Pepper's' e aquilo ficou acima de tudo, depois 'Let It Be', e aquele foi um álbum incrível também".

Leia a matéria completa (em inglês) no www.themetalforge.com.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Setlist e vídeos de primeiro show com Zakk Wylde

2030 acessosOzzy Osbourne: escolhendo álbum do Alice in Chains no seu Top 102406 acessosOzzy Osbourne: em vídeo 3D, as mudanças em sua aparência0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ozzy Osbourne"

Randy RhoadsRandy Rhoads
Os dez solos mais espetaculares do guitarrista

Ultimate GuitarUltimate Guitar
Site elege os 100 melhores solos de guitarra

Coisa de SatanásCoisa de Satanás
As bandas de rock mais perigosas do mundo

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Label Society"

HumorHumor
Como você chama alguém que sai com músicos? Baterista!

Filhos de RockstarsFilhos de Rockstars
Qualquer coincidência é mera semelhança

Guns N RosesGuns N' Roses
A verdadeira história de "Rocket Queen"

5000 acessosMike Mangini: um dos bateristas mais rápidos do mundo?5000 acessosMonsters of Rock: a feijoada que quase derrubou King Diamond5000 acessosPorn Metal: Filmes para inspirar os headbangers solitários5000 acessosMegadeth: Kiko Loureiro nem precisou tocar em sua audição5000 acessosBaladas do Hard Rock: blog elege o Top 20 de todos os tempos5000 acessosWatchmojo: os 10 clipes mais ridículos dos 80's

Sobre Giovane Cintra

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online