Matérias Mais Lidas

imagemDez ótimas músicas do Iron Maiden escritas pelo agitado guitarrista Janick Gers

imagemBruno Valverde diz que preconceito contra ele veio mais da igreja do que dos metaleiros

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagemRegis Tadeu se garante e não retira uma palavra do que disse sobre Di'Anno e Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemA inesperada música do Whitesnake que serviu de inspiração para "Carry On" (Angra)

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemA "traumática" e "desagradável" experiência de ser preso, segundo Arnaldo Antunes

imagemA estratégia usada por Mille Petrozza, do Kreator, para "reaprender" músicas antigas

imagemJon Bon Jovi: quando ele levou um fora de Bruna Lombardi

imagemQuando Chorão, do Charlie Brown Jr, quase levou porrada do Rick Bonadio

Bruna Lombardi: quando ela foi assediada por Jon Bon Jovi e Donald Trump

imagemAC/DC: Angus Young recorda como fazia para ouvir rock em seus tempos de garoto

imagemEpisódio de Stranger Things 4 relembra Ozzy Osbourne e a "mordida do morcego"

imagemComo foram os últimos meses de Renato Russo e a causa da sua morte


Stamp

Steve Vai: Ele não coleciona guitarras

Por Rafael Espinoza
Em 12/10/07

Phillymag.com conversou em outubro de 2007 com a lenda da guitarra STEVE VAI, que falou sobre a inexistência de uma coleção de guitarras e sua fama mundial, apesar de ausente da mídia.

Phillymag.com: Todo garoto adolescente quer comprar uma guitarra e tocá-la. Por quê?

Vai: "Não são só os garotos adolescentes. São os homens em geral, adultos também. É um instrumento muito expressivo, mais do que os outros. Você pode tocá-la alto e com extrema agressividade – ela pode ser mais agressiva que qualquer outro instrumento, mas pode ser também mais serena. É muito sexy."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Phillymag.com: Você tem muitas guitarras?

Vai: "Não, eu não coleciono. Eu costumava colecionar molhos picantes, que é um hobby legal. Eles vêm em frascos muito coloridos, e posso coseguí-los em todas as partes do mundo! Mas acho que satisfiz meu desejo por aqueles frascos".

Phillymag.com: Existe uma certa imagem associada ao Rock N´Roll, uma imagem que você claramente incorporou nos palcos na época do Whitesnake, mas fiquei sabendo que você agora está um cara mais modesto, mais pé-no-chão.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vai: "Nos anos 80, ser um Rock Star era muito chique. As roupas, o jeito que agíamos, a performance de palco, personagens, eu abracei aquilo tudo e foi muito divertido, legal mesmo. Eu gosto de experimentar com estilos e moda. Todas as minhas roupas são feitas por encomenda e eu as troco três vezes por show. Faz parte da minha performance. Mas não me considero um Rock Star. Eu sou uma pessoa extremamente treinada musicalmente que cria composições com o instrumento".

Phillymag.com: Você tem uma quantidade imensa de seguidores, mas alguns dos músicos que tocam com você são grandes nomes (N.T.: Billy Shehan, Tony MacCalpine) que atuam em grandes projetos. Isso te deixa com ciúmes?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vai: "Quando deixei aquelas bandas de Rock e decidi fazer a minha música, pensei que não teria nenhum público. E o fato é que posso viajar o mundo e encontrar público em virtualmente qualquer lugar que eu for, incluindo a China, o que é um privilégio extraordinário. Sou um cara com virtualmente zero projeção nas rádios, nunca apareço na [revista] Rolling Stone, nem na MTV, VH1 ou outro canal, e ainda estou tocando por mais de 27 anos. Eu vejo isto e digo ’cara, é melhor você ser grato’".

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson