Slayer: Kerry King fala sobre sua relação com religiões

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Demian Filipe Ferreira da Silva, Fonte: ArtistDirect.com
Enviar correções  |  Ver Acessos

O site ARTISTdirect conduziu em agosto de 2007 uma entrevista com o guitarrista do SLAYER, Kerry King.

Slayer: veja trailer teatral de Repentless Killogy, que será lançado nos cinemasDuff McKagan: "Nikki Sixx, do Motley Crue, é um gênio!"

ARTISTdirect: Você nunca se intimidou em atacar a religião organizada em suas músicas - diretamente e sem desculpas - e a coisa foi ainda mais forte em "Christ Illusion". Mas freqüentemente isso parece uma louvação a Satanás, o que parece um pouco estranho.

Kerry: Na verdade, em 'Cult' ["Beware the cult of purity / Infectious imbecility / I've made my choice / 666" - "Cuidado com o culto da pureza / Imbecilidade infectante / eu fiz minha escolha / 666"] o verso "666" era pra ser "Atheist" (Ateu) para mostrar o que eu realmente sinto. Mas não resultaria em uma boa música. Garotos adoram gritar "666" [risos].

ARTISTdirect: O SLAYER viajou por todo o planeta e conheceu fãs através do mundo. O que faz a América mais suscetível à religião organizada?

Kerry: Poder. Não há pensamento livre; em qualquer outro lugar no mundo as pessoas têm suas próprias opiniões. Há religião em todo lugar, mas você vai a qualquer lugar no mundo e as pessoas dizem "Vocês americanos são realmente controlados pela sua religião". Hey, eu não! [risadas] Eu estou tentando deixar isso claro.

ARTISTdirect: E a América é tão vasta que é fácil ver um grupo e perder visão de quão extremamente diferentes outros grupos podem ser. Los Angeles, por exemplo, é provavelmente uma cidade menos religiosa que Topeka.

Kerry: Sim, mas logo que você chega a 60-75 milhas fora de L.A., como onde eu vivo, é como se estivesse num mini-cinturão da Bíblia. Todos têm seus adesivos "Not of This World" e "Jesus Freak" (N.T.: Ambos são grupos cristãos americanos). De onde essas pessoas vêm? Isso é de certo modo de onde "Cult" veio, de observar tudo isso. Quando você chega ao limite e diz "Eu sou um Satanista e eu vou pintar 666 em minha janela ou 'Satan Freak' em minha janela", um punhado de cristãos vai riscar seu carro e rasgar seus adesivos. Isso mostra o quão obcecados eles são. Isso é o que me incomoda. Mas eu não posso arrancar os adesivos deles por causa da vizinhança - eles acabariam comigo.

ARTISTdirect: Você escreve músicas em reação a coisas que você vê e experimenta?

Kerry: O que eu faço é, se eu vejo uma frase religiosa, se eu a puder inverter, eu a usarei. Isso é bem como eu consegui a letra de "God Hates Us All" (Deus odeia todos nós). Eu vi um outdoor enquanto dirigia, dizia algo como "Lembre-se, Deus ama todos nós". Eu disse, "Não, ele não ama. Ele me odeia pra caralho. Eu estou preso no trânsito". Instantaneamente virou "Deus odeia todos nós" e eu guardei a frase até que eu tivesse onde usá-la.

ARTISTdirect: Então as sessões de composição vêm depois?

Kerry: Sim, e nós normalmente fazemos a música primeiro. Eu diria que em 95% das vezes as músicas são feitas antes de nós ainda considerarmos escrever letras para elas. Então eu me trancarei em um quarto e pensarei em brutalidade até chegar onde eu preciso estar. Quando eu conseguir o título ou o verso que me dê o incentivo para ir a alguma direção, então eu partirei daí.

ARTISTdirect: A música pesada oferece um tipo de exorcismo ou algo parecido?

Kerry: Bem, eu sou apenas um cara normal - a única coisa que me separa dos garotos que me assistem é que eu achei três caras que gostavam da mesma coisa que eu gostava musicalmente e nós nos tornamos melhores juntos. Eu ainda vou aos shows quando eu estou em casa. Eu vou ao House of Blues - eu provavelmente poderia apenas entrar e não estar na lista de convidados, como "Ei caras, estou de volta" [risadas].

ARTISTdirect: Há alguém que ainda faria você voltar à juventude e ser apenas um fã?

Kerry: Sim, até recentemente. Nós estávamos na Holanda fazendo um festival e o HEAVEN AND HELL estava lá conosco - eles estavam na nossa frente, na verdade, o que me deixou louco. Tony Iommi - eu não conseguia falar com o cara. Dessa vez, eu estou no vestiário sozinho e ele bate em minha porta e eu me sinto como "Tony, não bata na merda de minha porta - entre sem bater!" Eu entendo a coisa do respeito, mas, ei, você pode fazer o que quiser!

ARTISTdirect: Os fãs do SLAYER são muito leais e depois de todos esses anos e álbuns e turnês e filmagens dos bastidores, alguns deles chegam a se identificar com vocês em um nível muito pessoal. Quanto da imagem que eles vêem é real?

Kerry: Eu tenho certeza que há um punhado de bosta, mas há também acesso a muita informação. No meio disso tudo, há algo que é pura bobagem e totalmente falso - mas você lê noventa por cento disso e é "Como diabos eles sabem disso?" É lisonjeiro - e perturbador - quando você conhece o tipo de cara que é obcecado por você. Mas eles estão em contato com o que eles gostam; eu não tive acesso a isso quando era garoto. Eu tinha de achar revistas que eram poucas e raras e ir a shows e ver por mim mesmo.



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Satanismo e Ocultismo"Todas as matérias sobre "Slayer"Todas as matérias sobre "Kerry King"


Slayer: veja trailer teatral de Repentless Killogy, que será lançado nos cinemasSlayer
Veja trailer teatral de Repentless Killogy, que será lançado nos cinemas

Slayer: show será exibido em cinemas do Brasil; veja cidadesSlayer
Show será exibido em cinemas do Brasil; veja cidades

Em 09/10/1990: Slayer lançava Seasons In The Abyss

Em 07/10/1986: Slayer lançava Reign In Blood, o maior clássico do thrash metalEm 07/10/1986
Slayer lançava Reign In Blood, o maior clássico do thrash metal

Jornal Nacional: Bonner reclama de barulho de metaleiros do Rock in Rio em pontoJornal Nacional
Bonner reclama de barulho de "metaleiros" do Rock in Rio em ponto

Slayer: no Rock in Rio, o adeus com clássicos e até sinalizadores; vídeosSlayer
No Rock in Rio, o adeus com clássicos e até sinalizadores; vídeos

Slayer: confira o repertório da banda para o Rock in Rio 2019Slayer
Confira o repertório da banda para o Rock in Rio 2019

Slayer: vídeos em HD do show em São Paulo

Slayer: Como seria se a banda fizesse a trilha sonora do fim do mundo?Slayer
Como seria se a banda fizesse a trilha sonora do fim do mundo?

Grandes covers: cinco versões para "Angel Of Death", clássico do Slayer

Slayer: mais de 8 mil fãs foram ao show de despedida em São Paulo, diz jornalSlayer
Mais de 8 mil fãs foram ao show de despedida em São Paulo, diz jornal

Slayer: Em São Paulo, uma despedida tão grandiosa quanto o legado da bandaSlayer
Em São Paulo, uma despedida tão grandiosa quanto o legado da banda

Rock in Rio 2019: horários do dia do metal passam por pequena alteraçãoRock in Rio 2019
Horários do "dia do metal" passam por pequena alteração

Slayer: veja vídeos e repertório do último show solo da banda no BrasilSlayer
Veja vídeos e repertório do último show solo da banda no Brasil

Slayer: Henrique Fogaça cozinha para eles e diz que foi um dos melhores dias da vidaSlayer
Henrique Fogaça cozinha para eles e diz que foi um dos melhores dias da vida

Slayer: banda vira tema de carro da NASCARSlayer
Banda vira tema de carro da NASCAR

Kerrang!: os 50 maiores discos de metal segundo a revistaKerrang!
Os 50 maiores discos de metal segundo a revista

Carreira solo: 7 músicos que nunca lançaram projetos paralelosCarreira solo
7 músicos que nunca lançaram projetos paralelos


Duff McKagan: Nikki Sixx, do Motley Crue, é um gênio!Duff McKagan
"Nikki Sixx, do Motley Crue, é um gênio!"

Iron Maiden: o pior momento de Bruce Dickinson no palcoIron Maiden
O pior momento de Bruce Dickinson no palco

Rock Nation: rádio elege melhor do Hard Rock dos 80sRock Nation
Rádio elege "melhor do Hard Rock dos 80s"

Massacration: saiba quem é o baterista que tocava de verdadeMassacration
Saiba quem é o baterista que tocava "de verdade"

Rock In Rio: por que ladrões agem menos no dia do Metal?Rock In Rio
Por que ladrões agem menos no dia do Metal?

Bandas: você consegue associar os nomes a imagens?Bandas
Você consegue associar os nomes a imagens?

Bebel Gilberto: Quando conheci o Cazuza, todos fazíamos loucuraBebel Gilberto
"Quando conheci o Cazuza, todos fazíamos loucura"


Sobre Demian Filipe Ferreira da Silva

Nascido na desconhecida cidade de Cornélio Procópio no Paraná, em 1989, começou a se interessar pelo Rock e Heavy Metal através de bandas como Iron Maiden, Metallica, Megadeth, Slayer e não parou mais, tendo interesse por blues a thrash metal. É guitarrista da banda de Heavy Metal Nightstalker e colecionador de discos de vinil e fitas VHS de filmes trash.Atualmente cursa Jornalismo na Universidade Estadual de Londrina.Apoia o blog sobre bandas undergrounds Garagem do Metal (http://garagemdometal.blogspot.com)

Mais informações sobre Demian Filipe Ferreira da Silva

Mais matérias de Demian Filipe Ferreira da Silva no Whiplash.Net.