Beatallica: "tudo começou como brincadeira"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Marco Néo, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Patrick Douglas, do Great Falls Tribune, recentemente entrevistou o baixista Kliff McBurtney do BEATALLICA, uma banda que mistura de forma hilária a proficiência de composição dos BEATLES à música barulhenta do METALLICA.

524 acessosMetallica e Ozzy: a curiosa situação em que eles trocaram baixistas5000 acessosSeparados no nascimento: Dave Mustaine e Mika Hakkinen

Originalmente, o grupo era composto somente dos músicos Jaymz Lennfield e Krk Hammetson, "enganando" em músicas do METALLICA para divertir o público de um festival de Metal no estado de Wisconsin, nos EUA.

"Nós fazemos um evento anual aqui em Milwaukee chamado Spoof Fest (algo como "Festival de Enganação"), em que bandas locais copiam e profanam suas bandas favoritas, e Jaymz e Krk estavam tocando METALLICA", explica Kliff McBurtney. "Em uma certa noite, após muitas cervejas mornas, eles decidiram: 'ei, não seria legal fazer um tributo aos BEATLES?'"

O grupo gravou um CD como uma brincadeira, que acabou caindo nas mãos do professor de física David Dixon, que postou as músicas em seu Web Site para mostrá-las a seus amigos. "Ele era o nosso antigo Webmaster of Puppets. Na verdade foi ele que batizou o projeto de BEATALLICA", disse McBurtney sobre Dixon.

Totalmente através da divulgação boca-a-boca e também graças ao burburinho causado na net, as músicas começaram a circular. Logo a Sony Records tomou conhecimento do projeto e rapidamente enviou uma notificação aos músicos para que parassem de tocar material dos BEATLES. O problema é que eles não eram de fato uma banda e tecnicamente não estavam tocando nada.

"David ligou para o Jaymz e disse a ele que estava agora nessa banda chamada BEATALLICA, que tinha fãs ao redor do mundo, e que havia uma grande corporação que queria processá-lo", lembra McBurtney. "Jaymz não fazia a menor idéia do que estava acontecendo".

Leia o artigo completo no Great Falls Tribune.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Metallica e OzzyMetallica e Ozzy
A curiosa situação em que eles trocaram baixistas

567 acessosMetallica: vídeo oficial de "Battery" ao vivo em Chicago0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

Thrash MetalThrash Metal
A história contada pelos próprios músicos

LoudwireLoudwire
10 incríveis façanhas com baterias

Lars UlrichLars Ulrich
Como ele deixou de usar cocaína?

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Beatallica"0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Dave Mustaine e Mika Hakkinen

Papai TruezãoPapai Truezão
Astros do Heavy Metal em fotos com seus filhos

RushRush
Alex Lifeson lista seus três melhores solos de guitarra

5000 acessosTraduções: Letras de rock relacionadas a ocultismo e satanismo5000 acessosIron Maiden: veja a banda como você não gostaria de vê-la5000 acessosMetallica: os fantasticos carros de James Hetfield5000 acessosPaul Stanley: "Psycho Circus foi como um câncer"5000 acessosOzzy Osbourne: Ele passou pelo camarim do Metallica e eles ouviam Black Sabbath5000 acessosMetallica: Hetfield ficou triste em ver Sabbath separado em 2006

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Marco Néo

Nascido na primeira metade dos anos 70, teve seu primeiro contato com sons pesados quando o Kiss veio para o Brasil, em 83, mas não compreendeu bem o que era aquilo. A contaminação efetiva ocorreu um ano depois, quando conheceu Motörhead, Judas Priest, AC/DC, Iron Maiden. Desde então, tornou-se um apaixonado colecionador de tudo o que se refere a Metal e Rock'n'Roll, independentemente de subestilos.

Mais matérias de Marco Néo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online