Onslaught: "nos reunimos para nos divertir"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Demian Filipe Ferreira da Silva, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Dr. Abner Mality, da webzine Wormwood Chronicles, recentemente conversou com o vocalista Sy Keeler da reformada lenda britânica do Thrash ONSLAUGHT:

Mastodon: Brent Hinds diz que "Dream Theater é uma banda Gay!"Fotos de Infância: Jon Bon Jovi

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Wormwood Chronicles: Representando o advogado do Diabo, algumas pessoas dizem que muitas das reuniões de bandas Thrash antigas são apenas para obter lucros. O que você diria para alguém que afirmasse que o retorno do Onslaught é apenas por dinheiro?

Sy Keeler: "Muitos têm perguntado essa questão. Nós não fizemos muito dinheiro nos anos 80, e não temos nenhuma idéia de como este álbum irá vender, então nossas intenções não foram lucrar. Se pudermos ganhar algum dinheiro será ótimo... reformamos para ter alguma diversão, gravar o melhor álbum que pudermos e tocar em alguns shows. Nós todos temos famílias, trabalhos durante o dia e todas as responsabilidades que vão com a vida por estes dias, então nós teríamos que vender um monte de CDs para nos permitir que nos concentrássemos no Onslaught durante o tempo todo".

Wormwood Chronicles: Quando a banda voltou a se juntar, as coisas funcionaram na hora ou demorou um tempo para vocês "se conectarem" uns com os outros de novo?

Sy Keeler: "Demorou um pouco. Nenhum de nós havia pegado em instrumento por anos. Nós tivemos de emprestar primeiro... nós não iríamos gastar punhados de dinheiro em equipamento antes de sabermos que iria funcionar. Os primeiros ensaios foram incríveis. Nós nos reconectamos rapidamente, e dentro de alguns meses estávamos escrevendo novas canções".

Wormwood Chronicles: Você vem da "era de ouro" do Thrash. Você se manteve de olho na cena durante os anos quais são suas opiniões sobre praticantes mais modernos da arte como The Haunted, Lamb of God, Arch Enemy, etc?

Sy Keeler: "Sim, eu fiquei de olho no que tem acontecido nestes anos; Steve e Nige não ficaram, então eu os introduzi a bandas como Arch Enemy, etc. Eu amo música e bandas tais como The Haunted mantiveram o espírito do Thrash 'vivo'. Tantas bandas ótimas esses dias".

Wormwood Chronicles: Você deixou a banda depois do sucesso de "The Force". Qual foi a razão para sua partida e foi fácil voltar?

Sy Keeler: "Eu fui empurrado! Uma combinação da gravadora, produção e administração levaram a isso. Eu não era o cara certo para a banda. Assim eles disseram... Foi um período sujo que agora é uma memória muito distante e esses caras perceberam muito rápido que a decisão errada tinha sido tomada. Eles dizem que a decisão foi o começo do fim para o Onslaught. Os caras me dizem agora, se eu tivesse dito não para a reformação ela não teria acontecido. Eu pulei sobre a chance de me reunir ao Onslaught".

Leia a entrevista completa no www.wormwoodchronicles.com.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Onslaught"


Jamie Slays: 8 riffs que provam que 1986 foi o melhor ano do MetalJamie Slays
8 riffs que provam que 1986 foi o melhor ano do Metal

Thrash Metal: as 10 melhores baladas de bandas do gêneroThrash Metal
As 10 melhores baladas de bandas do gênero


Mastodon: Brent Hinds diz que Dream Theater é uma banda Gay!Mastodon
Brent Hinds diz que "Dream Theater é uma banda Gay!"

Fotos de Infância: Jon Bon JoviFotos de Infância
Jon Bon Jovi


Sobre Demian Filipe Ferreira da Silva

Nascido na desconhecida cidade de Cornélio Procópio no Paraná, em 1989, começou a se interessar pelo Rock e Heavy Metal através de bandas como Iron Maiden, Metallica, Megadeth, Slayer e não parou mais, tendo interesse por blues a thrash metal. É guitarrista da banda de Heavy Metal Nightstalker e colecionador de discos de vinil e fitas VHS de filmes trash.Atualmente cursa Jornalismo na Universidade Estadual de Londrina.Apoia o blog sobre bandas undergrounds Garagem do Metal (http://garagemdometal.blogspot.com)

Mais informações sobre Demian Filipe Ferreira da Silva

Mais matérias de Demian Filipe Ferreira da Silva no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336