Marduk: "Músicos devem ter vontade de vencer!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Uamoti, Fonte: Lords Of Metal, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Tormentor Erich, do e-zine Holland's Lords of Metal, conduziu recentemente uma entrevista com o guitarrista do MARDUK, Morgan Steinmeyer Håkansson.

Paul Está Morto?: Um Beatle morreu em 1964? O maior boato da históriaMegadeth: Mustaine fala sobre bandas satânicas

Lords of Metal: Morgan, o que você pode nos dizer sobre o título "Rom 5:12"?

Morgan: É um capítulo da bíblia. No início não sabíamos se usaríamos o título, mas ele cresceu em nós durante o processo do disco. Apesar de "Rom 5:12" não ser um disco conceitual o tema geral é a morte, especialmente a morte no período Barroco. Com este disco nós quisemos dar uma impressão sobre a morte naquele período. No fim a morte sempre estará lá. Há até uma frase no capítulo que diz tudo, é assim: "Logo, assim como o pecado entrou no mundo através de um homem, e a morte através do pecado, e assim a morte veio a todos os homens, porque todos pecaram."

Lords of Metal: Na primeira música, "The Levelling Dust", o vocalista Mortuus soa como se estivesse engasgando ou estrangulado ou algo do tipo. O que você fez com ele?

Morgan: Não é preciso fazer muito pra que ele fique daquele jeito. É isso que tanto gosto nele como vocalista, ele usa sua voz pra mais que cantar, não é apenas um instrumento. Ele quer dar uma impressão ao modular sua voz.

Lords of Metal: Em "Cold Mouth Prayer" escutamos novamente o ex-vocalista do MARDUK, Joakim Gothberg. Não foi estranho gravar com ele novamente?

Morgan: De modo algum. Mantivemos contato ao longo dos anos, então não foi como se um estranho nos visitasse. Foi idéia do Mortuus convidá-lo. Ele sempre gostou do estilo do Joakim, e quando os dois estavam juntos foi como mágica. Foi como estar unido pelo sangue.

Lords of Metal: Parece que o MARDUK conhece um lugar especial onde bons bateristas esperam por vocês. Onde você achou este?

Morgan: O novo baterista é o Lars, e ele mora a umas duas horas de nós. Nós o notamos por um tempo e temos essa ideologia para a banda. Queremos que os membros estejam cem porcento comprometidos com o MARDUK. Nós dizemos o que queremos e o que esperamos, e em seguida eles têm de dar conta. O Lars concordou e se juntou a nós. Quando todos os membros trabalham desta maneira, isso te fará melhor, você pode desenvolver tuas habilidades, a confiança na banda aumentará e no fim é isto que importa. Se você não trabalhar desta maneira não funcionará.

Lords of Metal: Então é justo concluir que após dezessete anos de MARDUK, após dez discos e numerosas turnês, a banda ainda está bem viva?

Morgan: Ah sim. Tudo diz respeito à dedicação, e é por isso que o MARDUK teve tantas mudanças na formação. As pessoas devem trabalhar para a banda, elas devem ter essa visão e a vontade de triunfar, e enquanto esta vontade estiver lá isso é bom e nós podemos continuar, e eu com certeza ainda tenho essa vontade e minha visão.

Leia a entrevista completa no link abaixo.



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Marduk"


Marduk: festival cancela show por falta de profissionalismoMarduk
Festival cancela show por "falta de profissionalismo"

Marduk: padre católico da Guatemala afirma que banda não é satânicaMarduk
Padre católico da Guatemala afirma que banda não é satânica


Paul Está Morto?: Um Beatle morreu em 1964? O maior boato da históriaPaul Está Morto?
Um Beatle morreu em 1964? O maior boato da história

Megadeth: Mustaine fala sobre bandas satânicasMegadeth
Mustaine fala sobre bandas satânicas


Sobre Uamoti

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Uamoti no Whiplash.Net.