Glenn Danzig confirma novo trabalho para 2008

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marco Néo, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em entrevista a D.X. Ferris, do Cleveland Scene, Glenn Danzig explicou como anda a situação do DANZIG, e confirma que está pensando em mais uma continuação da "Black Aria".

Boatos no rock: auto-felação, satanismo, sexo bizarro?Metallica: Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou Reed

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Cleveland Scene: Com o "The Lost Tracks of Danzig" você esvaziou o seu baú de material inédito/raro?

Danzig: "Não. Ainda tenho alguma coisa, mas ninguém vai ouvir".

CS: Você ainda tira fotos?

Danzig: "Estamos planejando lançar um livro de fotos do DANZIG, que seria recheado de imagens, desde o começo até hoje em dia. Fotos da época Punk, fotos atuais, fotos em sets de vídeo, saindo em turnê. Um livro bem legal. Talvez tenhamos fotos muito legais nele. Eu tenho fotos que tirei nos velhos tempos de Sid [Vicious] no palco e os CRAMPS no camarim com a formação original, Richard Hell, todo esse pessoal. Fotos do THE DAMNED de uma temporada de três noites no CBGBs, com os DEAD BOYS abrindo. Eu odiava os DEAD BOYS, eu achava que eles eram uma banda horrível, totalmente poser. Tive que aturá-los para ver o THE DAMNED. Daí eu não consegui tirar muitas fotos do DAMNED, o baixista estava muito drogado pra tocar, estragou tudo".

CS: Como você faz demos para coisas como a música "Lamenta Lilith", do "Black Aria 2", que tem vocais femininos?

Danzig: "Não faço demos. Chamamos os engenheiros de som e tocamos a fita... É como em qualquer outra música: você ouve a música em sua mente e tenta visualizá-la, daí vai e tenta ensinar para a garota como você quer que ela cante. Eu gravei as faixas e falei para a garota começar a cantar. Ela não conseguia, daí eu gravava um vocal para servir de guia e as coisas acabavam progredindo - tive que fazer o que tinha que ser feito para concluir o trabalho. Eu vou fazer uma parte três, já tenho em mente dois assuntos que podem ser tratados. Mas se eu fizer - talvez eu faça sobre o inferno - vai ser bem maluco: muitos arranjos de jazz, arranjos obscuros, assustadores, sinfônicos de jazz. Algo como a minha versão do inferno. Ou talvez eu não faça isso, talvez eu faça algo mais etéreo".

CS: Podemos esperar um novo álbum do DANZIG?

Danzig: "Sim, estive trabalhando em alguma coisa para o DANZIG. Possivelmente em meados de 2008 eu entre em estúdio para gravar algumas coisas básicas".

O artigo completo (em inglês) pode ser visto neste link.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Danzig"


Loudwire: 10 discos fodas com capas toscasLoudwire
10 discos fodas com capas toscas

Danzig: queda do palco eternizada no YouTubeDanzig
Queda do palco eternizada no YouTube


Boatos no rock: auto-felação, satanismo, sexo bizarro?Boatos no rock
Auto-felação, satanismo, sexo bizarro?

Metallica: Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou ReedMetallica
Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou Reed


Sobre Marco Néo

Nascido na primeira metade dos anos 70, teve seu primeiro contato com sons pesados quando o Kiss veio para o Brasil, em 83, mas não compreendeu bem o que era aquilo. A contaminação efetiva ocorreu um ano depois, quando conheceu Motörhead, Judas Priest, AC/DC, Iron Maiden. Desde então, tornou-se um apaixonado colecionador de tudo o que se refere a Metal e Rock'n'Roll, independentemente de subestilos.

Mais matérias de Marco Néo no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336