Dream Theater: James Labrie e Mike Portnoy respondem curiosidades

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Evandro Saldanha Jochims, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

A Roadrunner inglesa conversou em maio de 2007 com os membros do DREAM THEATER, James Labrie e Mike Portnoy.

Sebastian Bach: descrevendo o horror de urinar com Phil AnselmoLed Zeppelin: as crianças da capa de "Houses Of The Holy"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Declarações de James Labrie (vocal):

Sua idade: "24 anos é claro, hahaha!!! Não, 43."

O álbum que considera o melhor de todos os tempos e por quê? "Jesus, como posso escolher apenas um?! Alguns dos meus favoritos são:

Deep Purple - Machine Head
Pink Floyd - The Wall
Yes - Fragile
Rush - 2112
Rush - Hemispheres
Rush - A Farewell to Kings
Metallica - Master of Puppets
Judas Priest - British Steel
Iron Maiden - Piece of Mind
Queen - A Night at the Opera

Uma música favorita nesse momento "No momento estou ouvindo muito System of a Down... Bom, acho que 'Science'.

O que está tocando no teu I-Pod nesse momento? "A última coisa que coloquei nele foi o álbum novo do Porcupine Tree".

Qual sua melhor experiência numa turnê? "Provavelmente foi quando fomos pra Santiago, no Chile e tocamos lá pela primeira vez, pra 25.000 pessoas. Foi incrível e inesperado. Sabíamos que ia ser legal, mas não esperávamos aquele tipo de recepção. Foi muito legal mesmo."

Qual foi a pior experiência numa turnê? "Tentar cantar com a voz prejudicada. E durou sete anos! Isso foi o que de pior aconteceu durante as turnês, e olhe que tivemos muitas más experiências ao longo destes anos todos!"

Qual foi seu momento mais embaraçoso em cima de um palco? "Ahhaha! Existem alguns! Um deles foi durante a turnê do 'Images and Words'. Tive o cabelo arrancado pelo baixo do Myung! O cabelo ficou preso no captador dele eu acho... Outro foi na Romênia, eu acho, caí do palco e fiquei lá, de costas gritando de dor em frente a milhares de pessoas. Foram momentos bem embaraçosos mesmo!!"

Você segue algum tipo de ritual antes de entrar no palco? "Sim, com certeza! Faço alguns exercícios vocais e alongamentos. Procuro correr cerca de três milhas todos os dias também. No palco, costumo beber muita água morna. São coisas que me permitem obter a melhor performance a qualquer momento."

Com qual banda você gostaria de fazer uma tour e por quê? "Rush! Nem preciso pensar muito. Rush! Se saíssemos em turnê com eles, eu iria pirar! Uma turnê que tivesse Dream Theater e Rush seria a mais espetacular das turnês!!"

Que música gostaria de coverizar e recriar com o teu estilo? "Hmmm... Gostaria de regravar um álbum inteiro do Quuen, se possível. Freddy Mercury é meu vocalista favorito de todos os tempos e gostaria de cantar as músicas que ele cantava com a minha voz, recapturar aquela magia a minha maneira sabe? Ele era o melhor vocalista e líder uma banda de todos os tempos!!"

Quem é o verdadeiro Deus do Metal? "Eu diria que Dimebag Darrell, ele era um mestre dos riffs, tão intenso... o cara era sobrenatural!! Se tivesse de escolher um vocalista, acho que ficaria com Ronnie James Dio e Rob Halford."

Se não fosse músico, trabalharia com... "Acho que seria paramédico ou algo do tipo."

Declarações de Mike Portnoy (baterista):

Idade: "40".

Seu disco favorito e por quê? "Pra mim é mais fácil fazer um top 10 do que um top 1! Serão cinco clássicos e cinco atuais:

1 - Beatles - Sgt. Peppers.
2 - Pink Floyd - The Wall
3 - David Bowie - Ziggy Stardust
4 - Elton John - Goodbye Yellow Brick Road
5 - The Who - Tommy
6 - Beastie Boys - Paul's Boutique
7 - Mr. Bungle - Mr. Bungle
8 - Radiohead - OK Computer
9 - Muse - Absolution
10 - Jellyfish - Split Milk"

Sua música favorita no momento? "Capillarian Crest", do Mastodon. Essa música é incrível!!

O que está tocando no teu I-Pod agora? "Na minha página pessoal no MySpace você encontrará uma coluna atualizada sobre as coisas que eu estou ouvindo no meu I-Pod. De qualquer maneira, tenho ouvido muito os álbuns novos do Machine Head e Porcupine Tree."

Qual sua melhor experiência numa turnê? "Muitas, mas uma das que marcou muito foi a gravação de nosso DVD 'Score', com Orquestra. Foi um momento incrível."

Qual sua pior experiência numa turnê? "Desloquei meu pulso uma vez durante um show: ficou totalmente virado pra trás. Foi em Munique, em 1997."

Qual foi o momento mais embaraçoso no palco? "Em Toronto, em 1994, durante meu solo de bateria, tive um problema nas minhas costas e não pude mais me mover. Tivemos que parar o show e perguntar se havia um médico na platéia. Precisei me tratar nos bastidores durante uns 15 minutos até que eu pudesse voltar. O show precisou ser interrompido nesse meio tempo."

Você tem algum tipo de ritual antes de subir ao palco? "A última coisa que faço antes de ir pro palco é fazer xixi!!"

Com qual banda você gostaria de fazer uma turnê e por quê? "Bem, só restam duas ainda, Metallica e Rush. Todas as outras com o qual queríamos já fizemos..."

Que música gostaria de fazer uma cover e recriar com o teu estilo? "Já fizemos quase todas as que queríamos também, mas uma que acho que poderíamos fazer e que ficaria legal com arranjos nossos seria 'Rhapsody In Blue', do George Gershwin"

Quem é o verdadeiro Deus do Metal? "Dimebag Darrell."

Se não fosse músico seria... "Diretor de cinema".

Qual o melhor conselho que já recebeu? "Levante a tampa da privada antes de urinar! Hahahaha!

Com qual pessoa viva ou morta gostaria de passar algum tempo e por quê? "Minha mãe."

Que lugares gostaria de conhecer? "Ainda não fui pro Hawaii, provavelmente é o único lugar em que ainda não tocamos."

Filme favorito? "Children of Men, um grande filme" [no Brasil saiu sob o título "Filhos da Esperança"].

Diretor favorito no cinema? "São três: David Lynch, Stanley Kubrick e Quentin Tarantino."

Se tivesse que escolher um ator para interpretar você em um filme sobre sua vida, quem escolheria? "Essa é difícil... Vejamos... Sei lá... Woody Allen? Hahahaha!!"

Algo mais que queira dizer? "Para os fãs: parem de gritar "Metropolis" depois de cada música que tocamos!! Hahahaha!!"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Dream Theater"Todas as matérias sobre "Rush"Todas as matérias sobre "James Labrie"Todas as matérias sobre "Mike Portnoy"


Mike Portnoy: Jam do Dream Theater com bateria isoladaMike Portnoy
Jam do Dream Theater com bateria isolada

Dream Theater: as pessoas não ouvem mais discos completos, diz PetrucciDream Theater
As pessoas não ouvem mais discos completos, diz Petrucci


Sebastian Bach: descrevendo o horror de urinar com Phil AnselmoSebastian Bach
Descrevendo o horror de urinar com Phil Anselmo

Led Zeppelin: as crianças da capa de Houses Of The HolyLed Zeppelin
As crianças da capa de "Houses Of The Holy"


Sobre Evandro Saldanha Jochims

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Evandro Saldanha Jochims no Whiplash.Net.

adGoo336