Matérias Mais Lidas

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemO que Adrian Smith descobriu ao retornar ao Iron Maiden

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon

imagemNick Mason relembra a época que o Pink Floyd desastrosamente tentou tocar reggae

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemMarcello Pompeu agradece mobilização de fãs

imagemO clássico do Helloween que fez Angra mudar nome original de "Running Alone"

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemShavo Odadjian, baixista do System Of A Down, conta quais álbuns mudaram sua vida

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemMetallica divulga vídeo oficial da clássica "For Whom The Bell Tolls" ao vivo em SP


Rock para o Mal: confira músicas usadas para torturar em Guantánamo

Por Rafael Testa
Fonte: Youtube - Fatos Desconhecidos
Em 23/02/15

A Prisão de Guantánamo era uma prisão militar estadunidense localizada em Cuba. A partir do atentado terrorista do 11 de setembro que destruiu as torres gêmeas do World Trade Center, o lugar foi utilizado para interrogar prisioneiros de guerra, começando por combatentes afegãos, com intenção de obter informações sobre a Al Qaeda. Todos os acusados de cometerem atos terroristas contra os Estados Unidos iam para lá.

Nos interrogatórios, táticas desumanas de tortura eram utilizadas, motivo que levou Barack Obama a fechar Guantánamo em 2009. Uma dessas táticas era a de colocar músicas no último volume tocando 24 horas por dia , impedindo o prisioneiro de dormir e de se concentrar até o ponto das funções motoras e cerebrais do corpo começarem a falhar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confira algumas obras do rock'n roll usadas nestas torturas. No fim da matéria, o vídeo da "Fatos Desconhecidos" (http://www.fatosdesconhecidos.com.br/) usado como fonte.

. Metallica - Enter Sandman

O heavy metal clássico do Metallica era colocado no último volume aliado a sessões de tortura não deixando o interrogado dormir, causando uma terrível dor de cabeça.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

. Rage Against the Machine - Killing in the Name

A rebelde música do Rage Against the Machine causou polêmica quando um dos integrantes da banda soube que ela havia sido usada para tortura militar. Ironicamente, na época, a música foi definida pelo site da BBC como um protesto ao complexo militar industrial que justifica mortes em benefício de brancos escolhidos. Na frase "some of those that work forces are the same that burn crosses" ou "alguns dos que estão no poder são os mesmos que queimam cruzes" há uma comparação entre os membros da Ku Klux Klan e os membros da força militar estadunidense.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

. Drowning Pool - Bodies

A música mais usada pelos militares para tortura. A música traz cenários intrigantes. Muitos flashs para deixar qualquer pessoa epilética em estado de ataque, sem contar o tom barulhento e agressivo. A música foi tão sucesso em alcance de confissões que chegou a ser trilha sonora de filmes de ação como o Triple X.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

. Bruce Springsteen - Born in the USA

A canção de Springsteen fala das consequências da guerra no Vietnã. Ela era tocada em uma sala acústica escura e fechada, usada para cansar fisicamente os prisioneiros para os soldados conseguirem o que queriam.


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre Rafael Testa

Nascido em Juiz de Fora, Minas Gerais, tem 23 anos, é estudante de sistemas de informação e torcedor fanático do Vasco da Gama e do Tupi Football Club. Se interessou por rock/metal depois do grande tio Roney mostrar-lhe o Iron Maiden. Tem o gosto musical muito variado, curte do thrash metal do Slayer ao metalcore do All That Remains. Acredita que existem bandas boas atualmente e faz questão de apresentá-las.

Mais matérias de Rafael Testa.