Aerosmith: Michael Schenker lembra do teste para a banda em 1979

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Em entrevista ao site Rocknytt.net em 2013, o guitarrista alemão radicado nos EUA, MICHAEL SCHENKER [SCORPIONS, MSG, UFO, CONTRABAND], contou que chegou a fazer testes para entrar no AEROSMITH em idos de 1979, quando o guitarrista JOE PERRY decidira deixar o grupo por suas desavenças com STEVEN TYLER, e formar o JOE PERRY PROJECT.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Aquilo foi estranho, eu fui lá, mas, sabe, eu não estava em um bom estado e tampouco estava Steven Tyler. Então nem começamos a tocar juntos, esquece [risos]. Eu estava sentado em um quarto de hotel por cinco dias só esperando, nada, [risos] e pensava, ‘O que é que está acontecendo aqui?’ Então finalmente nos encontramos e ninguém estava capaz de tocar [risos]… enfim, ‘eu disse, até mais, tchau!’ [nota: reza a lenda que Schenker teria saído do estúdio pisando forte no chão após o produtor GARY LYONS ter feito várias piadas sobre nazistas]. Mas esse foi um tempo em que eu estava na ‘terra do limbo’, sabe, foi logo depois de [o álbum] ‘Strangers In The Night’ [do UFO] ter saído e eu voltei para gravar o disco ‘Lovedrive’ com o SCORPIONS e fazer a turnê e eu tive que parar. Eu não conseguia… o DEEP PURPLE e o WHITESNAKE me convidando, e eu fiquei muito tentado, sabe… mas a palavra final foi: ‘Não, não faz isso!’ Pela mesma razão… quero dizer, qual era a finalidade? Não era para onde eu queria ir. OZZY OSBOURNE também me ligou [nota: logo após o falecimento de RANDY RHOADS, que fora confessamente influenciado por Schenker, inclusive na preferência pelo modelo ‘Flying V’ de guitarra] me pedindo ajuda, mas isso foi depois, quando eu estava gravando o novo álbum com GRAHAM BONNET [‘Assault Attack’]. Mais uma vez… eu fiquei tentado, mas disse a mim mesmo ‘Não faça isso!’."

publicidade

Contudo, um ou dois meses depois do teste para a banda de Boston, Steven Tyler fora internado numa clínica de reabilitação e o empresário de Michael, PETER MENSCH, armou um encontro com a cozinha do Aerosmith, JOEY KRAMER e TOM HAMILTON, o que resultou numa série de ensaios baseados no material do novo álbum solo de Schenker. Mas tão logo Tyler se recuperou, a banda se reuniu e a perspectiva de saírem em turnê juntos de dissipou. Algo semelhante ocorrera com – acredite – NEIL PEART e GEDDY LEE do RUSH, amigos de longa data do músico alemão, o que também não seguiu em frente. A primeira verdadeira formação sólida que Michael teve em sua carreira solo tinha BILLY SHEEHAN e DENNY CARMASSI, substituídos por SIMON PHILIPS e MO FOSTER, que acabaram por lançar o disco do MSG em 1979.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Fotos de Infância: Jon Bon JoviFotos de Infância
Jon Bon Jovi

Top 5 Metallica: About.com elege os cinco melhores álbunsTop 5 Metallica
About.com elege os cinco melhores álbuns


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Goo336 Cli336 WhiFin Goo336