Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemGene Simmons faz passagem de som antes de show do Kiss com roupa inusitada

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemRegis Tadeu explica porque o vinil e o Spotify vão despencar e o CD vai bombar

imagemBill Hudson comenta sobre falta de público de Angra e outras bandas nos EUA

imagemMax Cavalera e o conselho dado por Ozzy Osbourne: "ambos nos sentimos traídos"

imagemJames Hetfield se emociona profundamente no show de BH e é amparado pelos amigos e fãs

imagemDez grandes músicas do Iron Maiden escritas pelo vocalista Bruce Dickinson

imagemDave Mustaine mostra a forma curiosa como se aquece antes de um show do Megadeth

imagemMax Cavalera é criticado por ucranianos pelo apoio a Rússia em 2014

imagemConheça a "melhor banda com as melhores músicas" para Robert Smith, do The Cure

imagemAbba e a imensa importância do Deep Purple na sonoridade de suas músicas clássicas

Marcello Pompeu: ele conta por que não se posiciona politicamente, apesar de cobranças

imagemQueen e a artimanha infantil de Roger Taylor pra ganhar mais dinheiro que os outros

imagemBlind Guardian divulga capa, nomes e duração das faixas de seu novo álbum


Stamp

Steve Perry: 5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do Journey

Por Samuel Coutinho
Fonte: Metal da Ilha
Em 22/01/13

Nascido em Hanford, Califórnia, em 1949, os pais de Perry eram donos de uma pequena estação de rádio chamada KNGS. Durante a adolescência, ele tocou bateria em uma banda marcial e também começou a se apresentar com bandas locais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Perry se juntou ao Journey em 1977, substituindo o vocalista Robert Fleischman, e levando a banda em uma direção mais melódica. Formada por ex-membros do Santana, o Journey se inclinou mais para o rock progressivo, antes de Perry entrar.

A versão do Journey com Perry proporcinou um enorme sucesso ao longo dos anos 70 e 80, incluindo hits como como "Don't Stop Believin'" e "Open Arms". Depois da banda se separar no final dos anos 80, o grupo se reuniu com Perry para o álbum "Trail By Fire" de 1996. Citando problemas de saúde, Perry deixou a banda e desnde então eles continuaram na batalha com uma sucessão de vocalistas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em um tributo a Perry, o site Noisecreep reuniu uma lista rápida com algumas curiosidades sobre o lendário vocalista.

Amplamente considerado como um dos melhores vocalistas de rock, Perry foi apelidado de "The Voice" (A Voz), por Jon Bon Jovi nos anos 80. O jurado do American Idol, Randy Jackson, foi um membro do Journey no álbum de 1986, "Raised on Radio", e descreveu Perry como "a voz de ouro".

Antes de sua brilhante época no Journey, Perry liderou o projeto Ice and Alien no anos 70.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Perry escreveu a letra do primeiro hit do Journey, "Lights" de 1978, como um tributo a Los Angeles, antes de se juntar ao grupo. Mais tarde ele mudou as palavras e o significado da canção como uma homenagem a São Francisco, já que o Journey surgiu lá.

O primeiro álbum solo de Perry, "Street Talk" de 1984, foi um grande sucesso comercial, rendendo dois singles de sucesso, incluindo "Oh Sherrie". Ele começou a trabalhar em um segundo álbum, "Against the Wal", mas acabou por ser arquivado. Perry só lançou seu então segundo álbum solo em 1994, "For the Love of Strange Medicine".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma faixa que ficou de fora de "For the Love of Strange Medicine", chamada "Young Hearts Forever", foi escrita por Perry como um tributo ao vocalista/baixista do THIN LIZZY, Phil Lynott, a lenda do hard rock irlandês que morreu em 1986, devido aos anos em que abusou das drogas e do álcool.

Comente: Sente falta de Steve Perry no Journey?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net



publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho.