Steve Perry: 5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do Journey

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nascido em Hanford, Califórnia, em 1949, os pais de Perry eram donos de uma pequena estação de rádio chamada KNGS. Durante a adolescência, ele tocou bateria em uma banda marcial e também começou a se apresentar com bandas locais.

3600 acessosJourney: Steve Perry era um fenômeno humano, diz baixista do Styx5000 acessosCorey Taylor: sonhando com sexo grupal com Lita Ford e Doro Pesch

Perry se juntou ao Journey em 1977, substituindo o vocalista Robert Fleischman, e levando a banda em uma direção mais melódica. Formada por ex-membros do Santana, o Journey se inclinou mais para o rock progressivo, antes de Perry entrar.

A versão do Journey com Perry proporcinou um enorme sucesso ao longo dos anos 70 e 80, incluindo hits como como "Don't Stop Believin'" e "Open Arms". Depois da banda se separar no final dos anos 80, o grupo se reuniu com Perry para o álbum "Trail By Fire" de 1996. Citando problemas de saúde, Perry deixou a banda e desnde então eles continuaram na batalha com uma sucessão de vocalistas.

Em um tributo a Perry, o site Noisecreep reuniu uma lista rápida com algumas curiosidades sobre o lendário vocalista.

Amplamente considerado como um dos melhores vocalistas de rock, Perry foi apelidado de "The Voice" (A Voz), por Jon Bon Jovi nos anos 80. O jurado do American Idol, Randy Jackson, foi um membro do Journey no álbum de 1986, "Raised on Radio", e descreveu Perry como "a voz de ouro".

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Antes de sua brilhante época no Journey, Perry liderou o projeto Ice and Alien no anos 70.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Perry escreveu a letra do primeiro hit do Journey, "Lights" de 1978, como um tributo a Los Angeles, antes de se juntar ao grupo. Mais tarde ele mudou as palavras e o significado da canção como uma homenagem a São Francisco, já que o Journey surgiu lá.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

O primeiro álbum solo de Perry, "Street Talk" de 1984, foi um grande sucesso comercial, rendendo dois singles de sucesso, incluindo "Oh Sherrie". Ele começou a trabalhar em um segundo álbum, "Against the Wal", mas acabou por ser arquivado. Perry só lançou seu então segundo álbum solo em 1994, "For the Love of Strange Medicine".

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Uma faixa que ficou de fora de "For the Love of Strange Medicine", chamada "Young Hearts Forever", foi escrita por Perry como um tributo ao vocalista/baixista do THIN LIZZY, Phil Lynott, a lenda do hard rock irlandês que morreu em 1986, devido aos anos em que abusou das drogas e do álcool.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Comente: Sente falta de Steve Perry no Journey?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 23 de janeiro de 2013
Post de 22 de agosto de 2014
Post de 23 de maio de 2016
Post de 26 de fevereiro de 2017

JourneyJourney
Steve Perry era um fenômeno humano, diz baixista do Styx

1867 acessosJourney: Neal Schon reclama de Jonathan Cain nas redes0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Journey"

JourneyJourney
Veja garoto de oito anos cantar "Don't Stop Believin'"

GrammyGrammy
Artistas amados que nunca ganharam um

Steve PerrySteve Perry
Ex-vocalista do Journey revela ter tido câncer

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Journey"

Corey TaylorCorey Taylor
Sonhando com sexo grupal com Lita Ford e Doro Pesch

Bruce DickinsonBruce Dickinson
"Olhei para o Paul Di'Anno e pensei que deveria estar lá!"

U2U2
As 10 melhores músicas de todos os tempos da banda

5000 acessosAxl Rose: sugerindo prática oral sexual a Paul Stanley5000 acessosMetal Progressivo: os dez melhores álbuns do estilo5000 acessosLista: as dez melhores músicas para se ouvir na estrada5000 acessosOzzy Osbourne: volta de Zakk Wylde une útil ao agradável5000 acessosAngra: uma sincera homenagem aos mestres Chimbinha e Joelma5000 acessosSlayer: É difícil ser um pai responsável enquanto canta sobre morte?

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online