Homossexualidade: 5 nomes da cena rock/metal que assumiram

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Colaborador MS, Fonte: Washington City Paper, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

A cena metal é marcada por uma forte discussão sobre orientação sexual e não é nenhuma surpresa que músicos de rock que assumam sua homossexualidade sejam difíceis de encontrar. Segue abaixo uma lista de 5 corajosos que saíram do armário e não deixaram de ser respeitados por isso:

Sepultura: saiba mais sobre as visões religiosas de DerrickKing Diamond: O que significa ser Satanista?


5 - Doug Pinnick, baixista do King's X: assumiu no ano de 1998 em uma entrevista à revista Christian Magazine Re-Generation. Desde então, se afastou do cristianismo e agora de define como agnóstico.


4 - Otep Shamaya, vocalista do Otep, nunca esconde sua opção sexual. "Nunca passou pela minha mente por que eu deveria esconder isso. Até hoje, só algumas pessoas pareciam tem problema com isso. Principalmente pelo fato de ser uma mulher e ser a antítese do que todos estão acostumados de como uma mulher é, você sabe, peitos e bunda".


3 - Roddy Buttun, tecladista do FAITH NO MORE: Bottun saiu do armário em 1993. Compôs a música "Be Agressive", que fala sobre fazer sexo oral em um homem. A letra é fácil de ser compreendida, com partes que dizem "eu engulo, eu engulo, eu engulo", e é um grande hit do grupo. Já namorou Courtney Love nos primórdios do FNM.


2 - Rob Halford, vocalista do JUDAS PRIEST: durante décadas, Halford esteve a frente de uma das bandas de heavy metal mais populares do mundo, sempre vestido com todo tipo de roupas de couro. Em 1998, abriu o jogo em uma entrevista à MTV. "Ainda há estereótipos que gays são afeminados e fracos. É claro, isso está longe de ser verdade e lamento que isso ainda seja passado para o público como uma verdade. No meu mundo, você não poderia ter nada mais forte, masculino e intenso".


1 - Gaahl, ex vocalista do Gorgoroth: Esse é barra pesada. Passou nove meses na prisão por torturar um homem por mais de 6 horas, coletar seu sangue e beber em um ritual satânico, e ainda alegar legitima defesa. Assumiu sua homossexualidade em 2008, em uma entrevista à revista Rock Hard, depois que alguns detratores ameaçaram revelar "informações" que fariam Gaahl ser visto de outro jeito. "Minha ideia de arte e black metal, especialmente, é a representação de honestidade sem compromisso. Eu realmente não me importo como outras pessoas reagem a ele ou os sentimentos que poderia provocar."

(Nota do editor: provavelmente Freddie Mercury não foi mencionado na matéria original pois ele se dizia bissexual).



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção CuriosidadesTodas as matérias sobre "Homossexualidade"


Fora do Armário: Ex-membros do Death se assumem como gaysFora do Armário
Ex-membros do Death se assumem como gays

Slash: Ele não tocou em Black or White de Michael JacksonSlash
Ele não tocou em "Black or White" de Michael Jackson


Sepultura: saiba mais sobre as visões religiosas de DerrickSepultura
Saiba mais sobre as visões religiosas de Derrick

King Diamond: O que significa ser Satanista?King Diamond
O que significa ser Satanista?


Sobre Colaborador MS

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin